sexta-feira, 13 de setembro de 2019

PREPARANDO O CAMINHO PARA O ANTICRISTO - DE 25 A 27 DE SETEMBRO?


Antes de iniciar esse post, quero destacar que minha maneira de ver assuntos aqui no Blog é pela lente da Bíblia Sagrada, como um cristão, crente em Jesus Cristo como Senhor e Salvador. Caso não seja sua perspectiva de fé, alguns pontos que trato aqui podem eventualmente ser considerados ofensivos se você for alguém sensível. Se esse for o caso, recomendo que procure outro conteúdo mais adequado à sua visão de mundo. Se não é o seu caso, bem vindo!

Há um fato profético público em curso, que não será percebido por todos, e pode fazer parte da preparação do cenário que prepara o surgimento do anticristo.
Segundo o site “Breaking Israel News” no final do ano passado houve um que reuniu o Sinédrio de Jerusalém, autoridades diversas e membros do Instituto do Templo, além de representantes de nações para a “consagração do altar de sacrifícios para o terceiro templo!” 
Foi então estabelecida a “Organização das 70 Nações”, que visa reunir os descendentes dos 70 filhos de Israel que desceram ao Egito e as 70 nações do mundo que surgiram a partir dos descendentes de Noé. Se você lê em inglês confira informações sobre como foi o evento clicando aqui.
Mas o post de hoje foca na matéria da edição do dia 2 de setembro último, do mesmo site, quando ficamos sabendo que haverá um evento muito importante em Jerusalém entre os dias 25 e 27 de setembro próximo com praticamente os mesmos participantes.
A data é cirúrgica, porque segundo a tradição rabínica, o dia 25 de setembro é a data do 5.780º aniversário da criação do mundo! Curiosidade...
O atual Sinédrio de Jerusalém está convidando participantes dessa “Organização das 70 Nações”, entre outros, para uma conferência no “Jerusalém Gate Hotel”, numa tradução livre, “Hotel Portão (hmmmmm!) de Jerusalém”. Nessa conferência haverá leituras, discussões, e produções de documentos tratando de princípios de um plano batizado de "Joint Comprehensive Plan of Action (JCPOA)" que reflita algo supostamente estabelecido por Noé quando sacrificou ao sair da arca.

“Levantou Noé um altar ao SENHOR e, tomando de animais limpos e de aves limpas, ofereceu holocaustos sobre o altar. E o SENHOR aspirou o suave cheiro e disse consigo mesmo: Não tornarei a amaldiçoar a terra por causa do homem, porque é mau o desígnio íntimo do homem desde a sua mocidade; nem tornarei a ferir todo vivente, como fiz. Enquanto durar a terra, não deixará de haver sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite.”
Gênesis 8:20-22

Entre outras discussões, esse JCPOA tratará em seus painéis de discussões para a criação de um projeto econômico, cultural e educacional universal! E mais, a criação de uma corte internacional baseada em princípios bíblicos! Além de outros assuntos muito atuais do planeta. O importante rabino Yeshayahu Hollander, Ministro para Assuntos Estrangeiros do Sinédrio, declarará uma oração e bênção especialmente criada para esse evento. Ele acredita que um pacto baseado nessas leis de Noé segundo a tradição não bíblica são fundamentais para a sobrevivência da humanidade.
Mas no encerramento do evento, no dia 27, acontece o ponto central deste post: está agendado o sacrifício ritual de um animal! Essa cerimônia será realizada pelos representantes das nações que estiverem presentes naquele dia, que cumpram "'as sete leis de Noé", (diversas nações já confirmaram presença, mas não fica claro se há alguma que cumpra essas leis hoje).
Esse ato será uma reencenação do sacrifício feito por Noé, diante de Deus.
Porque eles rejeitam o sacrifício de Jesus Cristo “O Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, como Único aceitável perante Deus, precisam restabelecer sacrifícios de animais e ofertas de manjares em Jerusalém, para que possam restaurar suas práticas religiosas milenares.
E, claro, tão importante quanto isso, precisam reconstruir o Templo no Monte, que já tem sido objeto de polêmicas globais, inclusive... E estão trabalhando intensamente para restaurar tudo isso.
Segundo a Bíblia, nos últimos dias o farão!
Mas veja que em assim fazendo, vão marcar o momento profético que abre espaço para o anticristo emergir, e cumprir a Palavra de Deus. No post anterior, eu sugeri aos leitores do Blog a criação de um “quadro profético grande”, (convido você a ler o post) para quem quer acompanhar eventos ao redor do mundo, tendo entendimento para filtrar e identificar aqueles que fazem parte do cenário dos últimos dias. E essa conferência pode vir a ser um deles!

“Ele (o anticristo) fará firme aliança com muitos, por uma semana; na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; sobre a asa das abominações virá o assolador, até que a destruição, que está determinada, se derrame sobre ele.”
Daniel 9:27

Sim, se eles forem bem sucedidos e alcançarem num futuro próximo o que desejam, é bastante provável que o anticristo faça parte dos bastidores desse acordo (a “aliança com muitos” do texto) que permitirá o restabelecimento definitivo desses sacrifícios. E, claro, fará parte dos acordos necessários para a (re)construção do Templo. Provavelmente, quanto ao acordo, não saberemos com certeza quem ele é. Mas fica claro pela Bíblia que ele precisará estar envolvido estrategicamente nessa aliança, pois será ele quem “fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares na metade da semana”. E ele terá autoridade para isso. Veja o ensino do próprio Senhor Jesus sobre esse momento profético ainda futuro:

“Quando, pois, virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel, no lugar santo (quem lê entenda), ......... porque nesse tempo haverá grande tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais.”
Mateus 25:15 e 21

Jesus estava se referindo a essa profecia de Daniel:

“Dele (anticristo) sairão forças que profanarão o santuário, a fortaleza nossa, e tirarão o sacrifício diário, estabelecendo a abominação desoladora.”
Daniel 11:31

“Depois do tempo em que o sacrifício diário for tirado, e posta a abominação desoladora, haverá ainda mil duzentos e noventa dias.”
Daniel 12:11

Como você pode ver, a profecia bíblica associa o anticristo a um acordo, um pacto de sete anos com muitos (nações? setenta?). Ele quebrará o acordo no meio da semana de anos (sete anos), e nesse momento vai revelar a sua verdadeira face. Será o gatilho da “grande tribulação como nunca houve nem nunca jamais haverá!” Quero preparar posts sobre essa sequência profética, se Deus quiser, mas por hoje este conteúdo é suficiente para meu objetivo de chamar a sua atenção! Precisamos acompanhar esse evento dos dias 25-27 de setembro, que concluir uma semana muito interessante profeticamente. Vamos ver o que acontecerá (e se acontecerá...) no evento em Jerusalém, e também a partir dele. Vamos acompanhar com atenção os movimentos dessa “Organização das 70 Nações”. Recomendo que você inclua esses itens no seu “quadro profético grande”.
Muitas coisas importantes estão acontecendo em nossos dias. Você não consegue ver?
Veja os sinais... Deus abençoe!

Haroldo Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário