quarta-feira, 28 de agosto de 2019

O ANTICRISTO ECOLÓGICO



Bem amigos, reconheço que estou bem “bissexto” em publicar aqui no Blog.
A vida vai tão corrida, com tantas atividades, com o ministério e minha vida profissional. Tenho ainda desenvolvido um projeto devocional diário, #meditandonaspalavrasdejesus. 
Assim que reconheço a dificuldade em sentar e organizar o que tenho observado na agenda dos últimos dias, para produzir o conteúdo aqui desse Blog.
Nesses últimos dias temos visto a nossa Amazônia assumir uma visibilidade internacional sem precedentes. Esqueça sua posição escatológica por um momento, bem como suas posições político/ideológicas. Pouco importa se a origem da discussão é baseada em fatos ou "fakenews". 
De direita ou esquerda. O que importa é que há um clamor popular global crescente sendo estabelecido acerca da causa ecológica.
Em paralelo a isso, fenômenos “naturais” estão causando estragos nunca vistos na agricultura e infraestrutura em diversos lugares. Pouco importa se estamos falando de um “aquecimento global”, de “extremos climáticos” ou de “efeitos espaciais geomagnéticos sobre a terra”.
O fato é que estamos vivendo para ver coisas muito diferentes no que diz respeito ao clima. O aumento das inundações, dos ciclones, das ondas de calor com temperaturas jamais vistas, de frio extremo, degelo de lugares inesperados, e até o Ártico está com incêndios florestais (!!) ativos em nossos dias, além de outros fenômenos. Se você parou para ler esse Blog, creio que sabe disso.
Mas a maioria das pessoas quer fazer de conta que tudo está como sempre, aceitando assim a pílula do esquecimento de Morpheus, do filme Matrix. Muitos percebem o que está acontecendo, e argumentam que tudo isso é o efeito da mão do homem, enquanto outros também reconhecem, mas dizem que é impossível o homem causar tudo isso.
O ponto que que quero propor aqui é que creio que tudo isso que está acontecendo diante de nossos olhos, e também o que virá, segundo Deus, é causado pela mão do homem.
A Bíblia nos ensina que Deus depois de criar Adão e Eva, o mandou cuidar da criação, enquanto ainda estavam ainda no Éden, mas o homem falhou em sua missão. Pecou, e permitiu que satanás, o pecado e a morte entrassem em nosso mundo, e tudo se perdeu. A partir disso, e ao longo dos séculos, o homem tem feito cada dia mais algo pior em relação ao planeta que foi criado para cuidar.
E ao ler o texto abaixo, vamos saber que, sim, O Juízo de Deus sobre a terra virá, entre outros motivos, porque o próprio homem está destruindo a terra. Direta ou indiretamente.  

"Na verdade, a terra está contaminada por causa dos seus moradores, porquanto transgridem as leis, violam os estatutos e quebram a aliança eterna. Por isso, a maldição consome a terra, e os que habitam nela se tornam culpados; por isso, serão queimados os moradores da terra, e poucos homens restarão."
Isaías 24:5-6

"Ouvi a palavra do SENHOR, vós, filhos de Israel, porque o SENHOR tem uma contenda com os habitantes da terra, porque nela não há verdade, nem amor, nem conhecimento de Deus. O que só prevalece é perjurar, mentir, matar, furtar e adulterar, e há arrombamentos e homicídios sobre homicídios. Por isso, a terra está de luto, e todo o que mora nela desfalece, com os animais do campo e com as aves do céu; e até os peixes do mar perecem."
Oséias 4:1-4

"Na verdade, as nações se enfureceram; chegou, porém, a tua ira, e o tempo determinado para serem julgados os mortos, para se dar o galardão aos teus servos, os profetas, aos santos e aos que temem o teu nome, tanto aos pequenos como aos grandes, e para destruíres os que destroem a terra."
Apocalipse 11:18

Creio que fica claro pelos textos, que a destruição profetizada por Deus se manifestará também pela ação dos destruidores do planeta e violadores da aliança com Deus, e, nesse caso, posso afirmar que tudo isso que vemos, continuará crescendo. E que a responsabilidade pelo que está acontecendo é do homem!
E porque o anticristo é uma antítese dO Cristo, ele também conhece as escrituras, e está buscando ocupar um lugar em que convença as pessoas que Ele é o próprio Messias de volta. E sabemos também que por certo tempo será bem sucedido nisso. Em assim sendo, porque não imaginar que ele possa se apresentar como um “protetor ambiental” por excelência? 
E para prosseguir nesse caminho, por que não manipular as multidões de pessoas a clamar pela criação de uma autoridade internacional supra nacional para ajudar a cuidar do planeta? Com poderes para tanto?
Bem, um ponto da fala de Macron - sim, Macron (!!) - ao propor a doação de recursos do G7 ao Brasil é emblemático: “a criação de um status internacional para aAmazônia pode ser uma questão, se algum país tomar medidas contra o planeta!
Claro que Macron não é o anticristo, e pouco importa se ele usou a palavra “status” ou “estatuto” em francês. O foco é entender: o que algum país pode fazer ecologicamente contra o planeta? Não inibir incêndios florestais? Não cuidar de seu ecossistema? Não permitir a internacionalização de sua água? Não proteger os animais silvestres? Ou os índios? Ou crescendo e ampliando, não permitir imigração compulsória? Não vacinar sua população contra epidemias assim consideradas pela OMS? Não aceitar se sujeitar a um organismo internacional, supranacional, aceito e incensado pela mídia, por lideranças notórias engajadas em causas ambientais, ainda que não eleitas para isso? Contrariar a opinião dos especialistas? Ok, em alguns pontos há ironia!
Mas o mais importante é saber: quem vai decidir se o que está sendo feito é contra o planeta?
Bom, você já entendeu o que penso. Creio que o “sistema” que virá, vai achar uma maneira de levar a população mundial a, em meio a uma histeria midiática, agir como já vimos tantos, se movendo em “efeito manada”. Insuflados. Obscurecidos de entendimento. Manipulados! Em breve, rejeitando seus presidentes, primeiros ministros ou quem quer que seja, resistindo agressivamente diante de qualquer voz ponderada, por acreditar que estarão diante de uma “ameaça clara ao planeta”. 
Que poderão contar apenas com um organismo que imponha a internacionalização como salvação, organismo esse que tenha uma pessoa carismática como seu líder, e com carta branca para agir.
Bem amigos aqui do Blog, creio ser muito provável que essa questão seja discutida mais cedo ou mais tarde, porque na verdade, já está sendo. Esse cenário já está começando a ser viável em algum momento futuro. Se não for nesse formato exato, em algo muito parecido. 
Já há muita coisa em curso, inclusive mudanças de legislação.
A questão que quero propor é saia das discussões políticas e religiosas extremadas, porque você precisa considerar a possibilidade que sejam dois lados de uma mesma moeda, já que ambos têm seus erros e suas irresponsabilidades. São apenas sistemas humanos. Aliás, em nossos dias podemos perceber que há até mesmo mais variáveis... talvez, seis lados de um mesmo dado!
Se você crê na Bíblia, estude os temas escatológicos dados a nós por Deus para você possa desenhar seu "quadro grande", para que “não seja enganado” com a agenda dos últimos dias...
Tudo vai mudando rapidamente ao redor. Você não consegue ver?
Veja os sinais! Deus abençoe...

Haroldo Maranhão

4 comentários:

  1. Se o Marcos estivesse aqui, com toda certeza estaria falando e alertando a igreja sobre esse assunto ... estamos muito mais perto do arrebatamento e os tempos do fim do que podemos imaginar !! Maranatha !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande honra essa menção ao Pr. Marcos! Deus a abençoe... sim. Maranatha!

      Excluir
  2. pastor, acompanho o teu blog já tem muitos anos, gostaria de recomendar a leitura do livro "Anti-Cristo: O Messias esperado pelo Islã" de joel richardson e opinasse no teu blog sobre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por acompanhar o Blog. Embora não tenha lido o livro, já acompanhei vídeos dele no YouTube sobre o tema e não há como negar que é uma tese possível. Não creio ser possível agora chegar a uma posição definitiva, embora respeite posições contrárias. De minha parte, o ideal é haver realmente um arrebatamento anterior ao surgimento do anti-cristo... vamos vigiar e orar. Deus abençoe!

      Excluir