terça-feira, 9 de abril de 2019

O PLANETA X ESTÁ CHEGANDO MAIS PERTO?



Você que passa por aqui há mais tempo, sabe que eu acredito que um corpo celeste de massa densa com foça gravitacional gigantesca vai se aproximar demais de nosso planeta em algum momento no futuro... E os efeitos desta aproximação terão um papel fundamental no pior período da grande tribulação profetizada na Bíblia. Vai abalar o espaço!
Por que digo que creio nisso? Porque eu creio no que O próprio Senhor Jesus disse em Seu sermão profético: muito do que foi predito acontecerá "... porque os poderes dos céus serão abalados!"
Claro assim e simples assim; mas científico assim e assustador assim!
Se você quiser um estudo bíblico mais profundo sobre os efeitos da passagem desse corpo celeste, sugiro que leia esse meu post: “Porque os poderes do céu serão abalados”.
Para perceber com mais clareza que já há alguns anos "eles" voltaram a "informar a população", sutilmente, que sim, "há algo nos céus, e que está se aproximando", leia essemeu post quando da "descoberta do planeta 9" (sim, agora com outro nome!), ainda no início de 2016.
Para entender com mais clareza que "eles" recentemente tem intensificado essa informação para a população em "mídias confiáveis", leia meu post de outubro do ano passado sobre “a volta do Planeta X”. 
Por que volto ao assunto hoje?
Porque recentemente, no final de março, astrônomos brasileiros conceituados internacionalmente publicaram a descoberta de um "corpo celeste" 17 vezes o tamanho de Júpiter! 
E seu trabalho está sendo publicado internacionalmente. 
Veja que ontem (08/04/2019) entre outros sites, foi publicado na Forbes e na área de ciências do Daily Mirror, que você pode conferir se você lê em inglês. Senão, tente as ferramentas de tradução.
Curiosamente, uma mesma informação da dimensão de um "corpo celeste" também foi publicada na versão online do Daily Mail, em novembro de 2017, por astrônomos que usaram o sistema de telescópios da NASA para fazer seu trabalho. "Curiosamente", a reportagem usa literalmente o nome "Planeta X" que "supostamente", como sabemos, "não existe". Segue o link para quem lê em inglês.
O interessante é que Hollywood tem muitos de seus filmes catástrofe ou apocalípticos baseados em verdades bíblicas. Um deles, o já antigo "Impacto Profundo", tem como personagem um astrônomo mirim que, com seu professor, descobrem um cometa que se chocará com a terra. 
Curiosamente o nome do ator desse personagem no filme é Elijah, ou seja, Elias. Quem conhece profecia sabe da participação do profeta associado ao cenário dos últimos dias. Mas para mim, a grande coincidência é que o nome desse personagem do filme é Leo, que pode ser  um apelido carinhoso para o nome Leonardo. Qual a coincidência aqui? Este é o nome do astrônomo brasileiro! Leonardo! Mas o astrônomo brasileiro, diferentemente do astrônomo mirim do filme, tem uma biografia de "gente grande", para lá de respeitável. Admirável! 
Bem, você que passa por aqui pelo conteúdo que eu posto, ou porque estava fazendo uma busca pelo tema e "caiu aqui" pela indicação do Google, vai encontrar o que creio e como eu fundamento o que creio, ao ler esses textos, cujos links estão acima aqui no post. 
Não sou o dono da verdade, claro, mas quero contribuir com as reflexões dos que procuram mais informações sobre os temas que abordo.
Ao ler meus conteúdos, você vai compreender por essas últimas notícias que sim, "eles" continuam divulgando lentamente, mas cada vez com mais constância, essas "descobertas astronômicas" que já haviam sido divulgadas "equivocadamente(?) ou planejadamente(?)" em 1983!
  

E agora que voltam à mídia com mais intensidade nessa década...



Sim, parece mesmo que tudo vai mudando lenta e decisivamente ao redor, precisamente de acordo com o que Jesus e os profetas disseram que acontecerá nos últimos dias como sinais. Basta abrir os olhos e ver! Você não consegue ver?
Veja os sinais...
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

terça-feira, 2 de abril de 2019

NOVAS ALTERNATIVAS COM CHIP PARA "FACILITAR A VIDA"


Como você pode ver, cada vez mais caminhamos para alternativas tecnológicas que "facilitam" a vida das pessoas, simplificando a maneira de portarem um chip para poder comprar e vender.
Temos visto já em meio a tantas alternativas, o uso de celulares crescendo como meios de pagamento.
Dentro do conceito "wearables" ou "que podem ser vestidos", surge mais uma opção!
Esse banco australiano está divulgando um anel, cuja propaganda declara ser o primeiro no modelo, que vem para complementar soluções como a da pulseira com chip, e assim as mudanças permanecem em franca evolução.
Nós um pouco mais velhos já experimentamos o incrível fim dos talões de cheques, vemos o fim do papel moeda em curso acelerado, vemos a chegada das negociações por celular já substituindo os cartões de plástico com chips e o surgimento das pulseiras, agora temos um anel.
É claro que tudo isso é muito conveniente e facilita a vida de todos. É seguro, prático e simples.
E claro, em breve será ainda mais simples as pessoas poderem ter um chip ou algo parecido implantado na mão, para não haver risco de perdas ou roubos... não parece?
A solução para compras na praia é imbatível... ou não?
Veja as propagandas...

Um desenho para a nova geração, as crianças, em um dia feliz na praia!


E aplicações práticas para a vida diária...


Claro que nada disso é a marca da besta da profecia em Apocalipse.
Mas claro está que há alguns poucos anos, seria absolutamente impossível pensar que haveria uma tecnologia que estivesse "na palma da mão" de qualquer pessoa, em qualquer lugar do planeta, para que pudessem "comprar e vender"...
Mas sim, a derivação futura e claramente perceptível desse desenvolvimento tecnológico leva ao impressionante cumprimento da profecia de João, 2.000 anos atrás, dizendo que haveria um momento futuro em que seria "impossível comprar ou vender", sem uma determinada marca na mão direita ou na testa.

"A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte,  para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome."

Apocalipse 13:16-17

O que será isso efetivamente na prática, provavelmente para nós ainda não está tão claro. Falta ainda algo que substitua ou ofereça uma evolução ao bitcoin, ou algo parecido enquanto moeda digital, que permita haver uma única moeda ou um sistema online de compensação internacional...
Mas que a tecnologia para tudo isso já está PRONTA, bem, isso é inegável.
Você não consegue ver?
Veja os sinais!

Deus abençoe,

Haroldo Maranhão