domingo, 23 de dezembro de 2018

TSUNAMI NA INDONÉSIA

E mais uma vez, coincidentemente pouco antes da celebração do natal no ocidente, a Indonésia é afetada por um tsunami, como acabei de ler no site do jornal Folha de São Paulo.
Nada comparável à tragedia de 2004, (aquele causado por um terremoto de grande magnitude), segundo as notícias até agora, mas ainda assim, um evento desastroso, com poucas informações até o momento em que escrevo este post.
Não há como saber ainda a quantidade de mortos e feridos, mas o que se sabe é que a onda devastadora foi causada por um deslizamento de terra submarino resultante da erupção do vulcão Anak Krakatoa, conhecido como "filho" do lendário Krakatoa.
Registro essa notícia aqui no Blog porque creio que esses fenômenos combinam com os sinais bíblicos destacados por Jesus no Seu conhecido sermão profético:

"Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; sobre a terra, angústia entre as nações em perplexidade por causa do bramido do mar e das ondas; haverá homens que desmaiarão de terror e pela expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo; pois os poderes dos céus serão abalados."

Lucas 21:25-26

Sim, reconheço que tenho andado meio "sumido" aqui do Blog, mas creio que você que passa por aqui porque está atento a tudo o que acontece, percebe que tudo está mudando rapidamente, diariamente.
Decidi escrever esse post curto hoje para aproveitar um evento que causa maior comoção em meio aos mais desatentos, para buscar despertar a atenção destes, que talvez estejam pesquisando sobre esse evento e tenham sido direcionados para cá.
Quero destacar para estes que sim, esses eventos "combinam" com os sinais que Jesus apresentou como os que antecederiam a Sua vinda, e o juízo do mundo. Esses fenômenos, segundo Seu ensino, acontecerão, creio, porque os poderes dos céus serão abalados.
Convido você a ler esse texto que publiquei em 2016 onde procuro explicar isso com mais clareza.
Vamos aguardar mais informações sobre mais esse triste evento na Indonésia.
Veja os sinais!
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário