domingo, 21 de agosto de 2016

O IMPORTANTE NÃO É COMPETIR. É VENCER!


E chegamos no dia da festa de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
O que quero propor a sua reflexão é observar a bela, mas mentirosa frase, que inspira todos os Jogos, e que acabou, também, de maneira absurda, sendo absorvida por muitos cristãos.
Embora não seja o autor da frase – ela é creditada a um bispo de Londres, que a teria dito antes dos Jogos de 1908 –, o Barão de Coubertin levou a fama.
Ele foi quem a adotou como um lema, que se tornou famoso mundialmente:

“O importante não é vencer, mas competir. E com dignidade”.

Veja o quanto esta frase não reflete a verdade nem em relação aos jogos...
Quantos se lembram de competidores desta Olimpíada ainda em curso que não venceram?
Pensando no fato que mais de 10.000 atletas competiram, mas apenas por volta de 1.000 deles ganharam medalhas, constatamos que vamos lembrar mais dos que ganharam ouro.
E mesmo assim de modalidades de nosso interesse. Como, por exemplo, do futebol.
E principalmente, por impacto emocional, dos novos atletas que surgiram e ganharam o ouro...
E ainda assim será, por algum tempo, e depois passará.
Ou veja você mesmo, se lembra realmente dos medalhistas de prata de 2012? De 2008?
Sim... provavelmente, não lembramos deles...
Porque?
Porque que me perdoem os bons competidores, mas o importante é vencer...
Mas ainda assim, haverá uma memória curta desta vitória, a não ser para os que apreciam determinada modalidade, são aficionados por esportes, ou conhecem ou se identificam com os vencedores de outras Olimpíadas.
Porque veja você mesmo... você lembra de medalhistas de ouro de 2012? 2008?
Talvez, de um ou outro porque estamos em meio dos Jogos e a imprensa divulgou a exaustão toda sorte de informação acerca deles, por que sem isso, talvez, não lembre de ninguém!
Mas o que tem este conteúdo com este Blog?
O fato que, pensando acerca dos últimos dias, tema do blog, reitero que nós, que fomos comprados por preço, precisamos ser vencedores em Cristo!
Muitos cristãos estão passando pela vida achando que o “importante é competir’, ou seja, fazer o melhor que puderem, da maneira que puderem, com pouco ou nenhum sacrifício pessoal porque afinal “A Graça” cobre tudo... e no final, Deus é bom e vai receber todos os Seus... Mesmo que não cheguem a lugar algum...
E eu pergunto: será?
De onde você tirou este entendimento?
Quais textos fundamentam este estilo de vida?
Vamos ver alguns textos que expressam exatamente o contrário:

"Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível. Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar. Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado". 
I Coríntios 9:24-27

Achei interessante Paulo usar aqui uma ilustração em seu texto que remete, provavelmente, aos Jogos Olímpicos de sua era... afinal, Corinto era uma cidade grega.

Veja qual é a palavra grega traduzida para Atleta e suas alternativas de tradução:
αγωνιζομαι agonizomai 1) entrar em uma competição: competir nos jogos olímpicos 2) competir com adversários, lutar 3) metaf. competir, lutar, com dificuldades e perigos 4) esforçar-se com zelo extremo, empenhar-se em obter algo

Sim, alguém que entra até mesmo em "agonia", no limite, para vencer, para obter algo.
Não sei se você leu alguma entrevista ou reportagem sobre os atletas olímpicos de alta performance, a sua alimentação, seus treinamentos, sua decisão de não fazer um monte de coisas, por quatro anos no mínimo, mas na verdade, por vida inteira... até parar de competir...
Em troca de uma medalha olímpica!
A delegação russa teve vários atletas eliminados porque, inclusive, usaram doping para vencer. Outros fizeram infiltrações, cirurgias, e tantas e tantas coisas por um objetivo na vida!
Eu li várias reportagens assim, e acho que isso está fresco em minha memória...
Paulo disse no texto que o atleta faz de tudo para alcançar o prêmio, mas lembra que aquela coroa é corruptível. Passageira...
Por isso que não lembramos de cara o nome de tantos vencedores anteriores, que fizeram tantos sacrifícios em suas vidas, a não ser que consultemos os registros históricos e sim, os nomes dos vencedores estará lá...
Que figura profética não?
Esta é a maneira que Deus espera que venhamos a decidir correr a carreira cristã: para vencer!
E correr a carreira significa fazer obras e pregar o evangelho!
Mas aqui, para ganhar a coroa incorruptível, ETERNA!... que, portanto, não será dada aos que não fazem o melhor para vencer. Que depositarão, naquele Dia, esta coroa aos pés de Cristo!
Aliás, o próprio Jesus deixa claro em Apocalipse que Seu compromisso é com os vencedores... Os prêmios celestes não são dados aos que “competiram”, senão aos que venceram! Misericórdia!

"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus".
Apocalipse 2:7
"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte".
Apocalipse 2:11
"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei do maná escondido, bem como lhe darei uma pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe".
Apocalipse 2:17
"Ao vencedor, que guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações, e com cetro de ferro as regerá e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro; assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas".
Apocalipse 2:26-29
"O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas".
Apocalipse 3:5-6
"Ao vencedor, fá-lo-ei coluna no santuário do meu Deus, e daí jamais sairá; gravarei também sobre ele o nome do meu Deus, o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte do meu Deus, e o meu novo nome. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas".
Apocalipse 3:12-13
"Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas". 
Apocalipse 3:21-22

Veja que as falas de Jesus estão registradas em cartas para as Suas igrejas!
Ele não está falando com ninguém que não sejam os santos...
Ou seja, Jesus recompensará apenas quem vence! O tempo todo...
E o livro de Apocalipse finaliza assim:

"Disse-me ainda: Tudo está feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida. O vencedor herdará estas coisas, e eu lhe serei Deus, e ele me será filho". 
Apocalipse 21:7

A questão é que, diferentemente da figura dos Jogos Olímpios, esta vitória não é contra outros irmãos para ver quem fez mais para Deus.
Não é também denominacional para saber quem tem mais membros, porque Deus nem criou as denominações.
Aliás não é baseada no que é visível, porque é interior...
Ela é baseada em Sua avaliação sobre nossa vitória contra nós mesmos. 
Nossa carne... o pecado que ainda habita em nosso corpo mortal. 
Diz respeito ao nosso arrependimento diário, a maneira com que fazemos qualquer coisa ao Senhor.
A maneira como pregamos o evangelho...
E principalmente, o que vai em nosso coração quando fazemos o que fazemos... 
E, claro, SE fazemos...
Leia as cartas inteiras, nos capítulos 2 e 3 de Apocalipse e veja o que Jesus tem em mente...
Porque quem não tem nada preparado para apresentar naquele Dia... bem, segundo A Palavra, com certeza, não será considerado vencedor. 
E o que isso significa?
Sinceramente, não estou seguro. Não quero teologizar nem polemizar, mas sei que não será bom não ser vencedor... leia os textos... tire suas próprias conclusões...
Você e eu não podemos rasgar textos bíblicos porque eles não combinam com nossa teologia.
Rasgue a sua teologia se ela não combina com textos que registram palavras de Jesus!
O que sei é que todo aquele que realmente nasceu de novo tem este peso, este chamado, este entendimento que precisa pregar o evangelho, precisa usar seus dons, precisa andar nas obras que O Senhor preparou, precisa fazer o melhor para Deus.
Se não está fazendo ou está fazendo pouco, terá este peso, este arrependimento, este desejo de mudar, e este chamado para mudar...
Quem não tem nada disso, acha que é assim mesmo e ainda acredita que nasceu de novo deveria parar para se analisar com toda a sinceridade diante da Palavra...
O que sei é que todo aquele que realmente nasceu de novo tem arrependimento em seu coração e o desejo de mudar gerado pelo Espírito Santo de Deus em seu interior.
A questão é que não entendemos muito bem a figura da "agonia" do atleta.
Muitos fazem o que dá, quando sobra tempo, quando não há outras opções, quando não está chovendo, e por aí vai...
Se Paulo compara o cristão com um atleta vitorioso dos Jogos Olímpicos, veja que absolutamente esta figura não se aplica a quem serve a Deus desta maneira.
Aos que competem de qualquer jeito, "por que Deus conhece meu coração"... e se não der para ganhar, Ele sabe... fiz o que podia...
Não, Ele não sabe o que esta pessoa "acha que Ele sabe"... Ele sabe o que Ele sabe! Ele é Deus!
Queridos, não sabemos quanto tempo temos, e pouco importa marcar datas neste momento.
A questão é COMO viveremos nestes dias que temos ainda pela frente.
COMO serviremos a Deus.
Como lutaremos contra nós mesmos, para fazer a diferença diante do Senhor.
E lembre-se, que, SIM, Ele vê o coração... e isso é uma bênção ou uma maldição!
Depende do que realmente vai em seu coração...
Que Deus nos abençoe a sermos frutíferos como NUNCA no tempo adiante de nós.
Que O Espírito nos fortaleça a sermos mais que vencedores, em Nome de Jesus!

"Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou". Romanos 8:37

Sim, as coisas não são exatamente como pensávamos que eram.
Ainda mais quanto às coisas que falam dos últimos dias.
Você não consegue ver?
Veja os sinais...
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

2 comentários:

  1. E a nossa vitória será conquistada com perseverança, como disse o Senhor:

    Mateus: 24.12. e, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. 13. Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo.

    Abs! Ronei

    ResponderExcluir
  2. Muito bom querido irmão!
    Estou sempre visitando o seu blog e gosto muito do conteúdo do mesmo. Muito boa a iniciativa. Que a graça e a paz de Cristo esteja em perfeita medida em sua vida!

    ResponderExcluir