terça-feira, 28 de julho de 2015

TEXTOS BÍBLICOS SOBRE OS ÚLTIMOS DIAS - PARTE 4



Há algumas semanas comecei esta série, sem data para terminar, nem periodicidade certa para publicar.
Mas já postei três textos, com o objetivo comum em todos eles, de demonstrar que as  informações ou profecias sobre os últimos dias não estão disponíveis apenas no livro de Apocalipse, mas em toda a Bíblia.
Sim, existem diversas informações dadas por Deus, ao longo de todos os escritos bíblicos, que nos trazem revelações importantes acerca dos últimos dias.
Alguns deles bastante claros e explícitos!
Outros meio que escondidos, e que podem ser percebidos apenas quando conhecemos todo o contexto profético dos tempos do fim.
Para encontrar estas pérolas é preciso estar atento, para perceber que há “algo a mais em alguns textos que parecem tratar de outros  tempos”, e ainda saber como entender o que está escrito. E, claro, acima de tudo, contar com o ensino do Espírito Santo de Deus, que “nos ensina todas as coisas” como nos declarou o Apóstolo João.
E este é o meu objetivo aqui nesta Série Especial do Blog: apresentar outros textos que tratam do futuro próximo, embora não pareça, e trazer “insights” para sua consideração.
Meu objetivo não é que você necessariamente concorde comigo, pois como já disse aqui diversas vezes, não sou o dono da verdade, não sou “o cara da revelação”... não!
Sou sim, alguém que quero estar atento, e quero compartilhar o que vejo, e quero contribuir para que todos possamos estar preparados para aquele Dia, aguardando a vinda do Senhor Jesus! Observando os sinais...
Alguns deles, aliás, reconheço, são bastante assustadores!
E quando nos defrontamos com estes, poderemos cair no erro de ficar angustiados, se não lembrarmos quem somos, e não tivermos revelação do que virá...
E se não entendermos que Deus nos  dá todas estas informações para que não sejamos confundidos naquele Dia, pelo contrário, que estejamos seguros nEle!
Se você ainda não leu os meus três primeiros textos desta Série, convido a ler!
Mas fique a vontade em deixar para mais tarde...
Para compreender o texto de hoje não é necessário ter lido os anteriores...
O primeiro texto você vai encontrar clicando aqui; o segundo clicando aqui, e o terceiro aqui.
Esta grande quantidade de textos que pretendo tratar nesta série, se Deus permitir, nos confirma que profecias sobre "o fim do mundo" como o conhecemos, sobre o Juízo que virá, e sobre a volta de Jesus para a terra é algo predominante no texto bíblico como um todo.
Além disso, esta quantidade de informações nos demonstra o quanto este assunto é sério e importante para Deus!
E SE O Senhor considera este assunto sério e importante, eu creio que devemos fazer o mesmo! Não acha?
Afinal Ele investiu muito tempo instruindo Seus servos, os profetas, para que escrevessem diversos textos que, talvez, dezenas ou centenas de anos atrás não fariam tanto sentido quanto fazem hoje.
Nem mesmo, posso pensar, para os profetas que os escreveram, e com certeza, nem para os irmãos que leram estes textos antes de nós...
Mas agora, aparentemente, os "selos" estão sendo retirados...
Veremos que a revelação do que está registrado na Bíblia é progressiva, e que tudo vai fazendo mais e mais sentido quando a história da humanidade “alcança” o tempo profético da Sabedoria da Palavra de Deus, revelada antes de tudo.
Tudo o que já estava registrado na Bíblia, mas nós ainda não tínhamos capacidade de entender, começa subitamente a fazer cada dia mais sentido.
Tudo já estava escrito antes na sua Bíblia e na minha, mas ainda não era o tempo...
Mas agora, é! Pelo menos eu creio que sim...
Nestes dias, tenho cada dia mais a segurança de que podemos começar a entender muita coisa. E na verdade, penso que devemos entender!
Hoje, o meu convite é para avaliarmos um texto curto, um “verso perdido” no meio do livro de Jó! Mas que nos apresenta um conteúdo profético interessante...
Talvez você saiba que Jó é um dos livros mais antigos da Bíblia...
E se tomarmos este texto que proponho para hoje, e o associarmos a outros textos bíblicos, quero demonstrar que teremos mais revelação, confirmação e entendimento importantes acerca do conteúdo dos últimos dias, e que já podemos começar a perceber em nossos dias...
Veja o texto:

“Acaso, entraste nos depósitos da neve e viste os tesouros da saraiva, que eu retenho até ao tempo da angústia, até ao dia da peleja e da guerra?” Jó 38:22-23

Inicialmente, vamos entender que esta expressão usada aqui “tempo da angústia”, se refere a um tempo específico, pois é assim referenciado em outros textos. E que não aconteceu ainda.
Entender isso pela Bíblia vai nos levar a ter certeza, portanto, que estes “tesouros da saraivaestão reservados para um período específico futuro!
Veja comigo esta expressão usada no texto de Daniel exatamente da mesma forma:

Daniel 12:1-4 “Nesse tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, o defensor dos filhos do teu povo, e haverá tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, será salvo o teu povo, todo aquele que for achado inscrito no livro. Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno. Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos conduzirem à justiça, como as estrelas, sempre e eternamente. Tu, porém, Daniel, encerra as palavras e sela o livro, até ao tempo do fim; muitos o esquadrinharão, e o saber se multiplicará”.

Daniel é claro em nos dizer que este tempo de angústia será um período sem comparação com o que aconteceu antes, desde que houve nações, até a data em que vier a acontecer...
Muito importante entendermos isso!
Para aprofundarmos um pouco mais no texto, eu creio que você vai concordar comigo que Jesus conhecia muito bem o livro do profeta Daniel...
Tanto isso é verdade, que Jesus cita nominalmente seu texto em Seu sermão profético...
Isso está registrado em Mateus 24:15:

“Quando, pois, virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel...”

Tendo isso em mente, fica mais claro concordar que a Sua declaração que apresento a seguir, está fazendo a mesma referência à expressão de Daniel, “um tempo como nunca houve”, que demonstrei antes.
Com este entendimento, veremos ainda que Jesus, em meio a Sua Sabedoria e revelação, acrescenta algo mais sobre este tempo: que “nunca jamais haverá” algo parecido!
Sim, será um período único na história da humanidade. Leia Sua declaração:

Marcos 13:19 “Porque aqueles dias serão de tamanha tribulação como nunca houve desde o princípio do mundo, que Deus criou, até agora e nunca jamais haverá.

Podemos então ter por algo claro que não se trata de algo que já aconteceu, mas que ainda acontecerá, vamos ver os textos que falam de “saraiva” de pedras caindo sobre os homens para termos certeza disso.
O primeiro texto está aqui:

Apocalipse 8:7 “O primeiro anjo tocou a trombeta, e houve saraiva e fogo de mistura com sangue, e foram atirados à terra. Foi, então, queimada a terça parte da terra, e das árvores, e também toda erva verde.

Alguns poderiam dizer que se trata de asteroides caindo...
Ou mesmo “lixo espacial” como já aconteceu...
Mas não é isso!
A palavra traduzida para “saraiva” é a palavra grega χαλαζα chalaza, que conforme o comentarista STRONG, sua melhor tradução seria granizo!


Assim, o que Deus está falando é que chuva de granizo sem precedentes fará parte do cenário do Juízo, e que Ele tem este granizo, ou saraiva, entesourado na neve para este ”tempo de angústia que nunca houve antes, nem nunca jamais haverá”.
Um tempo único!
Sim, eu sei que a formação de granizo se dá por conta de mudanças climáticas violentas na atmosfera, encontros súbitos de frentes frias e frentes quentes e tudo o mais...
Ou sim, sei que esta é a explicação científica até agora, e pode até ser...
Mas como estou destacando o texto de Jó, em que Deus nos diz explicitamente que está entesourando esta saraiva na neve, para um tempo especifico, bem...
Eu decido crer que esta palavra do Senhor é a verdade!
E que talvez as mudanças climáticas em curso modifiquem alguma forma a influência de regiões nevadas no granizo, ou liberem alguma alteração que venha a afetar a atmosfera, ou ainda que os cientistas mudem o que ensinam acerca da formação do granizo... para mim, pouco importa...
Pode até ser que Deus esteja falando sobre granizo entesourado na neve no sentido figurado...
Nada disso muda o fato que haverá um tempo de saraivadas de granizo sobre a terra como nunca houve antes...
Pelo menos é o que a Bíblia diz, e por que está escrito, eu creio!
Veja comigo um segundo texto sobre o futuro:

Apocalipse 16:21 ... também desabou do céu sobre os homens grande saraivada, com pedras que pesavam cerca de um talento; e, por causa do flagelo da chuva de pedras, os homens blasfemaram de Deus, porquanto o seu flagelo era sobremodo grande.

Para que você possa entender o tamanho deste flagelo, o peso de um talento bíblico é de cerca de 34 quilos!
Sim... algo assim que nunca aconteceu até agora, acontecerá... pois Deus disse que assim será!
Quando eu comecei prestar mais atenção nas notícias recentes, percebi que há um aumento da incidência das chuvas de granizo em curso, bem como, aparentemente, um aumento do tamanho das pedras de gelo nestas chuvas...
E vejo alguns especialistas dizerem que isso é devido às mudanças climáticas...
Bem , quando ouço ou leio algo assim, sou automaticamente levado a entender que, talvez, a mudança que antecede o que virá, já esteja acontecendo diante de nossos olhos.
Como tenho publicado aqui no Blog sobre todas as áreas que compõem o cenário dos últimos dias.
Sim, parece que o tamanho das pedras de granizo tem aumentado... Como um sinal!
Ou não?
Mas anda assim, embora já tenhamos tido algumas tempestades terríveis de granizo em nossos dias, não tivemos nada parecido com o que a profecia bíblica nos relata que vai acontecer. Para ilustrar o que digo, veja algumas das últimas tempestades mais expressivas:
Por exemplo, nesta semana no dia 26 de julho de  2015, vimos uma tempestade rara aqui no Brasil, em Juíz de Fora, MG. Rara por acontecer no mês de julho, quando deveria ocorrer no verão...
Uma das maiores tempestades de granizo dos últimos tempos, creio, aconteceu nos EUA em 2014.
Neste ano de 2015 também vimos uma no Rio de Janeiro, em 9 de fevereiro, em que o granizo amassou atémesmo um avião!
Também neste ano, na China, em 7 de março, vimos pedras do tamanho de ovos...
E ainda na Áustria, há pouco, no dia 9 de julho, pedras de 5 centímetros!


Bem queridos amigos aqui do Blog.
Alguns discordarão, e dirão que é exagero meu, que as tempestades de granizo sempre aconteceram, e que o tamanho também sempre foi este...
Será?
O que sei é que agora estou prestando mais atenção nisso...
Sim, eu quero investir tempo observando o que acontece ao meu redor, e comparando o que vejo com textos bíblicos...
Assim, creio que terei mais discernimento do que os que observam as notícias despreocupadamente...
Posso até exagerar em minha observação... mas prefiro errar assim, do que ser achado “dormindo”...
Em Lucas 21:11, vemos Jesus nos fazendo importante revelação acerca do que observar...

“...haverá grandes terremotos, epidemias e fome em vários lugares, coisas espantosas e também grandes sinais do céu”.

Sim, coisas espantosas no céu, e sinais DO céu...
Sinais, claro, ligados ao conteúdo que A Bíblia nos disse que haverá nos dias que antecedem o fim...
Paulo nos alerta a estarmos vigilantes para que aquele Dia não nos pegue de surpresa!

I Tessalonicenses 5:4-6 “Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que esse Dia como ladrão vos apanhe de surpresa; porquanto vós todos sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite, nem das trevas. Assim, pois, não durmamos como os demais; pelo contrário, vigiemos e sejamos sóbrios”.

Sim, não quero ser pego de surpresa, mas sim, ser achado vigiando...
E, creio, você, no fundo, pensa da mesma forma, pois se não considerasse esta possibilidade, não estaria aqui lendo este texto não é mesmo?
Eu creio que há uma sede, uma chama no seu interior para entender o futuro, e para estar preparado para enfrentar o que virá. Não é isso?
Sim, O Espírito Santo trouxe você aqui neste Blog, não por que eu tenho a revelação completa, mas por que Ele quer despertar a sua atenção para estudar, meditar, refletir, observar, e estar preparado para tudo o que virá...
Bem, eu creio que sim...
E compartilho aqui, que é assim eu entendo que a palavra de Deus em Jó se cumprirá naqueles dias à nossa frente...
Sei que alguns que passam por aqui ficam bravos comigo, pois acham que eu não deveria escrever algo assim, porque é assustador, que o tempo não é esse, nem agora, e tudo o mais e blá… blá… blá…
Eu os respeito, mas entendo de outra maneira!
Eu penso que SE eu CREIO que que algo assim VAI acontecer em um futuro próximo e não fizer nada quanto a isso, não estou cumprindo meu papel.
Estou entregando pessoas à própria sorte...
Entendo que, na verdade, ao escrever sobre isso, apresento fatos proféticos que, querendo Deus, vão ficar em sua memória e, quando alguns dos “ingredientes” destes textos bíblicos aparecerem diante de seus olhos nas notícias na mídia, você vai se lembrar do que leu aqui, e vai dar mais valor a estas informações...
Este é um de meus principais objetivos neste Blog!
Assim, no caso do conteúdo de hoje, nas próximas tempestades de granizo que aparecerem nas notícias, pelo excesso de tempestades, ou pelo tamanho das pedras, você já estará mais atento ao que está acontecendo.
Perceberá que Deus está dando sinais claros para a humanidade de que as coisas estão mudando... e piorando.
Continuadamente. Gradativamente. Progressivamente...
Diante de nossos olhos...
E segundo A Palavra, O único lugar seguro para estar neste tempo futuro não é um lugar físico, mas sim, espiritual!
O Único Lugar Seguro é O Senhor e Sua Palavra. Ele é A Rocha!
Sinceramente, eu creio que este momento das saraivas será após o arrebatamento da Noiva...
Mas não posso ter certeza...
Ninguém pode dizer com exatidão cabal quando tudo vai acontecer.
O que sabemos é que tudo isso VAI ACONTECER!
Saberemos muito mais coisas nos próximos tempos adiante de nós, quando poderemos, dia a dia, comparar mais dos textos bíblicos com os novos eventos que irão acontecer diante de nossos olhos.
Além disso, por ser a revelação bíblica progressiva, poderemos entender melhor o que A Palavra nos diz, observando dia a dia se o que entendemos está correto ou não.
Há tantos e tantos homens e mulheres sérios, estudando e publicando seus estudos em todas as mídias, que estou seguro que todos estes contribuem para que O Espírito Santo nos traga mais revelação.
E eu quero também fazer minha parte para este conhecimento ser expandido.
Segundo foi revelado a Daniel, "o conhecimento sobre profecia aumentará" nos últimos dias...
Tenho certeza que Sua revelação não falhará na hora mais escura que está por vir…
Tenho convicção que se continuarmos estudando, orando e vigiando, saberemos discernir exatamente o que estará acontecendo, no período que estiver acontecendo.
E saberemos o que fazer...
Para isso, precisamos estudar, discernir, entender e buscar revelação pelo Espírito Santo.
Enquanto não entendemos exatamente os fatos imediatamente futuros, devemos nos aproximar cada dia mais dEle.
A salvação em Jesus Cristo está disponível a todo aquele que nEle crer.
Salvação de graça, pela fé…
Não perca esta oportunidade enquanto há tempo!
Que O Senhor nos abençoe para estarmos preparados para TUDO o que virá.
Afinal, já está vindo…
Você não consegue ver?
Veja os sinais!

Deus abençoe!

Haroldo Maranhão

2 comentários:

  1. "E, creio, você, no fundo, pensa da mesma forma, pois se não considerasse esta possibilidade, não estaria aqui lendo este texto não é mesmo?
    Eu creio que há uma sede, uma chama no seu interior para entender o futuro, e para estar preparado para enfrentar o que virá. Não é isso?" Exatamente assim que me sinto .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Glória a Deus, Altamir!
      Que o Senhor mantenha esta chama em nossos corações.
      Deus abençoe...

      Abraço,

      Haroldo Maranhão

      Excluir