segunda-feira, 13 de abril de 2015

O BRASIL FAZENDO SUA PARTE PARA O CENÁRIO DOS ÚLTIMOS DIAS?


Sim, aqui está ele...
Modificado e ampliado! Rebatizado? Repaginado?
Bem, este documento que ilustra este post, é muito interessante...
Mas antes, preciso ajustar a informação para quem nunca nem ouviu falar dele, antigamente batizado de "RIC"... Então, calma... deixe-me começar pelo começo.
No dia 5 de maio de 2010, foi publicado no Diário Oficial da União um Decreto do então presidente Lula, regulamentando a criação de um "número único do Registro de Identidade Civil - RIC e o Cadastro Nacional de Registro de Identificação Civil”.
Veja a íntegra do Decreto clicando aqui.
Aparentemente, o tema vem já do governo FHC, quando algo já estava em andamento, conforme você pode você pode ver clicando aqui.
Um documento único para todos os cidadãos brasileiros é algo mais antigo do que sabíamos...
E a é algo de interesse de governo, e independe da ideologia de "quem" esteja no poder. 
Esta medida em si mesma faz todo o sentido e claramente pode ser bem intencionada!
Afinal, todos nós, cidadãos brasileiros, temos diversos documentos para nos identificar junto aos mais diversos órgãos e instâncias, para as mais diversas finalidades. 
E são tantos, que dificultam e muito, a nossa vida diária: CPF, RG, Carteira de Motorista, Título de Eleitor, Certificado de Reservista, Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Cartão de Previdência/FGTS, Passaporte...
Enfim, para a maioria dos cidadãos brasileiros a possibilidade de ter tudo isso em um único documento significaria uma grande facilidade e simplificação de vida, não acha?
Eu, enquanto cidadão, teria a mais absoluta certeza que sim!
Mas à luz do cenário profético, eu creio que esta unificação de documentos pode (ou não) ter outro significado e pode (ou não) vir a fazer parte no futuro de algo maior e apocalíptico...
O que eu creio pela Bíblia, é que em algum momento no futuro adiante de nós, um líder mundial global tomará controle sobre praticamente toda a população do mundo...
E ele vai cadastrar toda a população debaixo de um único número, individual e personalizado, o qual estará associado a um chip ou algo parecido, mas naquele momento, este documento e esta tecnologia estarão também associados a uma religião única!
E farão parte, também, de um sistema único de pagamento global. 
Haverá, provavelmente, uma única moeda ou, no mínimo, uma equivalência monetária mundial.
E quando isso acontecer, segundo a Bíblia, ninguém mais poderá comprar e nem vender nada sem ter esta marca e este número pessoal, e muito menos fará negócios sem prestar culto à imagem da besta, conforme lemos em Apocalipse 13:11-18:

“Vi ainda outra besta emergir da terra; possuía dois chifres, parecendo cordeiro, mas falava como dragão. Exerce toda a autoridade da primeira besta na sua presença. Faz com que a terra e os seus habitantes adorem a primeira besta, cuja ferida mortal fora curada. Também opera grandes sinais, de maneira que até fogo do céu faz descer à terra, diante dos homens. Seduz os que habitam sobre a terra por causa dos sinais que lhe foi dado executar diante da besta, dizendo aos que habitam sobre a terra que façam uma imagem à besta, àquela que, ferida à espada, sobreviveu; e lhe foi dado comunicar fôlego à imagem da besta, para que não só a imagem falasse, como ainda fizesse morrer quantos não adorassem a imagem da besta. A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis”.


Porque publiquei o texto de Apocalipse inteiro?
Para que fique claro que eu não estou dizendo que este documento do Brasil é este do texto bíblico. 
EU NÃO ESTOU DIZENDO ISSO! NÃO É O MOMENTO PROFÉTICO... "AINDA"...
Mas veja que segundo o texto bíblico, a existência de um único número para cada cidadão da terra, sem o qual ninguém poderá comprar e nem vender, estará associado também, e principalmente, ao aparecimento no cenário mundial de alguém que "parecerá um cordeiro, mas falará como dragão, e que fará sinais e milagres."
Pela descrição, parece um líder religioso carismático, embora falso, não acha?
Sim! E este líder religioso apoiará este líder, denominado de “besta” que será adorada na figura de uma estátua...
Você conhece as frases:“... é certo que não morrereis, pois Deus não quer que vocês conheçam o bem e o mal, e se tornem como Ele...” ou ainda “... tudo isso te darei, se prostrado me adorares...”?
Sim, o chip, a marca, o adesivo, o que seja, terá uma poderosa capacidade tecnológica de gerenciar todas as operações financeiras e informações pessoais da vida de todos eletronicamente.
Qualquer que seja a tecnologia que vier, naquele momento também associada a uma questão espiritual, a uma questão de culto a uma pessoa, ser, ou entidade...
E também será, eventualmente, uma questão de sobrevivência obedecer ao seu "Sistema"... 
E eventualmente, estará associada, também, caso aceita, a uma possibilidade de seu portador poder receber os vir a tornar-se participante de poderes espirituais. 
MAS, claro está que todo o sistema tecnológico, de infraestrutura, cultura social e tudo o mais, necessariamente precisará estar pronto para ser usado na hora certa!
Já falei um tanto sobre isso nos textos que você, se quiser, pode consultar aqui, aqui e aqui...
Assim, voltando ao meu raciocínio, para que isso aconteça em algum momento, seria "muito conveniente" que cada cidadão do mundo já tenha um único número em seu país de origem... Simplificaria e muito esta operação global...
Se o que creio está correto, e se entendo bem o que virá pelo texto bíblico, penso que será necessário que todos os países estejam previamente "compliance" com este tipo de controle e infraestrutura...
Pensando em logística e nas dificuldades operacionais, creio que os grandes países de “terceiro mundo” seriam os que mais precisariam antecipar este cadastro, para facilitar o sistema que virá.
Mas voltando, o documento único do decreto, como você pode perceber, pela ausência de informações hoje, e porque você continua tendo uma dúzia de documentos, ainda não saiu do papel, mesmo depois de publicado o decreto...
Eu acompanho este assunto desde o início aqui do Blog e até abordei isso em um texto de dezembro de 2010, quando tratei de alguns temas diversos no mesmo post.
Se quiser conferir, clique aqui... é o terceiro item do post...
Acreditei que iria ser implantado já no ano seguinte, mas isso não aconteceu.
Entretanto, o que foi importante é que pelo decreto presidencial passou a haver um fundamento legal para sua existência.
Este processo de implantação teve um espasmo em 2013 e até mesmo a Globonews noticiou isso!
Mas novamente ficou parado até nossos dias. Aparentemente...
Você pode até achar esta iniciativa de cadastrar cidadãos de países gigantescos algo dificílimo de ser feito, mas não é. Ou se era antes, agora já não é mais!
Talvez você não saiba, mas a Índia, por exemplo, já cadastrou toda sua população biometricamente! Já imaginou isso? Mais de 1 bilhão de pessoas, divididas em castas!
Aliás, estiveram trocando experiências com o Brasil sobre seu sistema, pois também estão produzindo um documento único de identificação para toda a sua população, que será associado a biometria obtida no recadastramento!
Você não acha interessante que grandes países como Brasil e Índia decidam fazer um recadastramento biométrico de toda sua população assim, quase que simultaneamente?
Bem, eu acho...
E aí fiquei impactado em assistir a um vídeo no YouTube, algum tempo atrás, video que recebi de uma amiga querida aqui do Blog, com a nossa Presidente falando sobre isso.
Para ser preciso, este vídeo é do dia 10 de abril último!
Não em uma entrevista mais pública, mas em um evento de entrega de casas populares.
Assista aqui, por favor... é bem curto!
Sim! A meu ver, agora o processo do RIC andou um pouco mais, mas empacou! 
Estou esperando para ver quando será que vai andar mais...
Rebatizado ou substituído pelo “Programa Bem Mais Simples Brasil” pela presidente, que em momento algum faz referência ao "RIC"pelo seu nome original, mas vemos uma sucessão de toda a lógica usada para sua criação! Ou seja, continuamos caminhando na mesma direção da proposta original, e, na verdade, pouco importa o decreto, a lei, o sistema, o nome, as funcionalidades...
O que importa é que o chip unificador mais uma vez parece mais próximo em nosso país.
Se não for neste governo, talvez venha no próximo!
Veja que logo no início ela faz referência justamente à participação do Ministro Toffoli no processo, ele que, como vimos, está envolvido com o pessoal da Índia para este cadastramento!
O documento agora será chamado de RCN - Registro Civil Nacional, para identificação dos brasileiros. A presidente e o Ministro estão tratando de unificar os processos biométricos para as eleições e para este documento, pois os investimentos em ambas estruturas podem custar menos e ser acelerados se forem tratados conjuntamente.
Falaram sobre isso conforme registro aqui, no Valor Econômico.
Claro que será algo útil e facilitador para os cidadãos brasileiros... e quanto a isso não há a menor dúvida... Importante conquista para os cidadãos...
Mas, adicionalmente, estarão contribuindo em alguns aspectos importantes com o cenário profético.
MAS REPITO, NÃO ESTOU DIZENDO QUE ESTE DOCUMENTO É A MARCA DO APOCALIPSE!
NÃO É, E SE VOCÊ RELER O TEXTO BÍBLICO ACIMA, PERCEBERÁ ISSO. 
Este documento não está associado a nenhum culto ou religião.
Não há nenhum líder religioso dando apoio e vinculando isso a nenhuma prática de adoração...
E o anticristo ainda nem se manifestou... "aparentemente".
Outros eventos associados à manifestação do anticristo ainda não ocorreram "eventualmente". Portanto não há nenhuma possibilidade de associarmos este evento ao texto bíblico.
Definitivamente não!
Mas entenda... este documento e a tecnologia associada a sua criação, poderão contribuir (ou não...), para eventos futuros...
Este sistema poderá ser adaptado no futuro a um sistema mundial, e, por este motivo, me chama atenção e me leva a observar tudo o que diga  respeito a sua implantação no Brasil.
E, claro, ainda precisamos aguardar SE o documento virá mesmo, e quando, e qual a sua configuração final...
Deixe-me agora explicar o que quero dizer quanto ao documento eventualmente acelerar o cenário dos últimos dias.
Vamos avaliar as informações sobre o chip dadas pela Presidente em sua fala:
1. Agora teremos um documento único no Brasil com um chip! Sabemos agora, o RCN. Segundo ela, "ainda não estava elaborado, e ainda não andou", mas "estava em discussão, e eventualmente, continuou... ou não...".

2. Por algum motivo, naquele momento precisava ser feito “bem rápido”! Veja no vídeo na minutagem 1:44... mas, por algum motivo, não andou... e a conjuntura política ainda estava melhor...
  
3. Por algum motivo, este documento não é mais um documento que provê apenas e exclusivamente a integração dos diversos documentos ligados em relação ao governo, mas também  incluiu, na mesma cesta de informações dada pela presidente, as relativas a “cartão de crédito”! Veja na minutagem 0:40

4. O decreto tem em seu artigo 12º, item III, a especificação de que a numeração deste documento deverá ter a casa de bilhão! Bem, temos ainda no Brasil pouco mais de duzentos milhões de habitantes, enquanto que a população mundial tem pouco mais de sete bilhões.
Estamos prevendo uma população nacional multiplicada por cinco, ou estamos falando já, obviamente, em integrar nosso documento ou chip com toda a população global?

5. O decreto também prevê em seu artigo 9º que haja uma integração “unívoca” do cidadão.
Unívoca:
adj. Que mantém o mesmo sentido em empregos diferentes (por oposição a equívoco).
Que tem a mesma natureza.
Que tem o mesmo som.
Que só pode ser interpretado de uma forma.
Matemática: Diz-se da correspondência entre dois conjuntos, na qual um elemento do primeiro conduz a um, e somente a um, elemento do segundo.
Ou seja, será um chip que em qualquer lugar do mundo, possa ser interpretado apenas de uma forma! Associado a uma única pessoa! Creio que isso só é possível por meio de uma identificação por sistema de informática, associado ao reconhecimento biométrico, ou não?

Bem amigos aqui do Blog!
A nossa presidente com esta fala, quer saiba ou não saiba, parece que nos revelou mais informações do cenário dos últimos dias ao nos informar que o Brasil, em algum momento, pensou em andar rápido para unificar toda a sua população debaixo de um único chip. Embora tenha desacelerado...
Se tivermos mesmo uma mudança de comando no país, será que voltará a andar rápido?
Quão rápido isso será? 
Quais desdobramentos, se andar, haverão? 
O cenário mundial será transformado enquanto trabalhamos na unificação aqui no Brasil?
O que acontecerá até o final deste ano, quando concluiremos a TETRAD em setembro próximo?
Você entendeu que, “quando for, dependendo de como for” esta plataforma poderá ser muito útil para o sistema que virá, e que está sendo preparada diante de nossos olhos?
Você percebe que A Palavra de Deus está se cumprindo rapidamente em nossos dias, diante de nossos olhos, nas mais variadas áreas?
Você consegue ver “ao fundo” o cenário ficando cada dia mais pronto, diante de nossos olhos, nas notícias que podemos acessar na mídia diária?
Você não consegue ver?

Veja os sinais...
Deus abençoe!

Haroldo Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário