segunda-feira, 23 de junho de 2014

A TRAGÉDIA DA GRANDE CEIA




"Lucas 14:15 E, ouvindo isto, um dos que estavam com ele à mesa, disse-lhe: Bem-aventurado o que comer pão no reino de Deus. 16 Porém, ele lhe disse: Um certo homem fez uma grande ceia, e convidou a muitos. 17 E à hora da ceia mandou o seu servo dizer aos convidados: Vinde, que já tudo está preparado. 18 E todos à uma começaram a escusar-se. Disse-lhe o primeiro: Comprei um campo, e importa ir vê-lo; rogo-te que me hajas por escusado. 19 E outro disse: Comprei cinco juntas de bois, e vou experimentá-los; rogo-te que me hajas por escusado. 20 E outro disse: Casei, e portanto não posso ir. 21 E, voltando aquele servo, anunciou estas coisas ao seu senhor. Então o pai de família, indignado, disse ao seu servo: Sai depressa pelas ruas e bairros da cidade, e traze aqui os pobres, e aleijados, e mancos e cegos. 22 E disse o servo: SENHOR, feito está como mandaste; e ainda há lugar. 23 E disse o senhor ao servo: Sai pelos caminhos e valados, e força-os a entrar, para que a minha casa se encha. 24 Porque eu vos digo que nenhum daqueles homens que foram convidados provará a minha ceia".

Bem amigos deste Blog!
Ao longo destes anos escrevendo sobre o cenário profético dos últimos dias, há uma coisa que aflige demais a minha alma e não é o que vejo acontecendo dia a dia ao redor.
É o que vejo em pessoas que estão dentro de igrejas...
Já estive pregando em diversos lugares, conversando com pessoas, recebo e-mails e comentários...
E vejo nas pessoas o que me aflige.
Que considero como a tragédia do título do post...
E, creio, o que me aflige demais a alma, é o que aflige muito mais ao próprio Deus.
Ou pior, segundo o texto acima, na verdade deixa Deus INDIGNADO!
É quando as pessoas que foram convidadas, encontram no mundo coisas “mais importantes para curtir” do que estar na Casa do Pai, para a Ceia do Senhor!
Meu Deus!
O Senhor está aguardando este momento precioso para reunir Sua família.
A Bíblia tem diversas referências sobre este momento!
Por exemplo, o Senhor Jesus, ao celebrar a última ceia, que é justamente uma manifestação profética acerca desta Mesa futura, disse em Mateus 26:26 que apenas tomaria novamente do fruto da vide naquele Dia, no Reino do Pai!
Ele está dizendo, portanto, que aquele Dia é algo especial para Ele!
Em Apocalipse 19:9 lemos que bem aventurados são aqueles que são chamados à Ceia das Bodas do Cordeiro!
Será uma bênção incomparável estar naquele Dia, diante daquela Mesa, para celebrar as Bodas do Cordeiro!
Se houve na história da humanidade um evento imperdível, é este!
E podemos perceber que todos os sinais à nossa volta apontam para o fato que estamos chegando ao fim do tempo dado por Deus para que a humanidade se volte para Ele...
Antes do juízo!
Mas quando prego sobre isso, muitas vezes já ouvi alguém dizer: Mas Haroldo, agora que a minha vida está indo bem, que tantos planos estão andando, você vem aí me dizer sobre o fim do mundo? Me poupe... quero curtir primeiro estas coisas... depois vamos falar na volta de Jesus e tudo o mais...
Que triste engano das trevas...
O que vejo neste momento é que tantas pessoas dentro da igreja precisam da exortação de João:

I João 2:15 Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. 16 Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. 17 E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

Veja que todos os exemplos usados por Jesus no texto base deste post são de coisas passageiras como desculpas para terem um “compromisso mais importante” do que estar na Ceia da casa do Senhor!
A compra de um imóvel (um campo adquirido), usufruir de um carro novo (junta de bois), ou casar parecem que sempre são coisas mais importantes do que estar diante de Deus...
Veja que todas estas coisas são bênção de Deus.
Inclusive, Deus assim trata em outros lugares da Palavra.
Mas não, NUNCA podem ter valor, se comparados com aquele evento, naquele Dia...
Mas parece que desde aquela época nada mudou...
As desculpas ou prioridades que eu ouço hoje, ainda são as mesmas dos dias de Jesus...
Impressionante!
Parece que “curtir a vida” aqui neste mundo é mais importante do que estar definitivamente no ambiente da realidade da Presença do Autor da Vida!
Incrível uma comparação tão pobre e sem sentido...
Afinal, foi Deus Quem criou a vida.
Ele criou o mundo. Ele criou em nós, inclusive, o que nos dá prazer...
Ele sabe melhor do que ninguém o que é bom para a humanidade usufruir...
Ele criou TODAS as coisas.
SE você acha as coisas que foram criadas boas, (e eu também acho) saiba que quando Deus as criou Ele também as achou boas... “E viu Deus que (o que Ele criou) era bom!” é uma frase que encontramos repetidas vezes em Gênesis capítulo 1 sobre a Sua criação...
E lembre que você o que você acha bom nos dias de hoje, do que Deus criou, está contaminado, estragado, e tem sido destruído pelo pecado!
Mas ainda assim, nos dias de hoje, ainda podemos encontrar muitas coisas lícitas e boas por que o que foi criado por Deus tem tanto do Seu poder, que nem mesmo a contaminação e destruição trazida por satanás conseguiu destruir tudo... ainda...
Então, SE você acha esta vida boa, e quer usufruir disso, saiba que Deus tem algo infinitamente melhor aguardando pelos que são Seus...
Lembre que Ele vai reconfigurar toda esta criação para vivermos em “novo céu e nova terra” como Ele nos promete em Apocalipse 21:1, o que será incomparavelmente melhor!
Ele nos convida a vivermos a vida REAL projetada por Ele, e não esta vida caída, contaminada e prejudicada pelo pecado.
Entenda, ELE, o AUTOR da vida, sabe REALMENTE o que é vida!
NADA que você possa achar bom hoje se compara ao que ELE ACHA QUE É BOM!
Porque Ele SABE o que é bom!
Pelo amor de Deus, reavalie seus valores enquanto há tempo...
Quando eu e outros falamos dos últimos dias, este tema só é uma tragédia para quem não é de Deus, para quem não tem prazer nas coisas de Deus, para quem não tem interesse na Palavra de Deus, para quem não tem vontade de andar segundo os ensinamentos de Deus...
Por que?
Porque quem não tem prazer em planejar se encontrar com o Senhor, quem não considera a coisa mais preciosa da salvação a certeza de um dia estar com Ele, precisa rever se REALMENTE um dia se converteu...
Porque é impossível amar mais as coisas que foram criadas que o próprio Criador!
E SE estas pessoas não tem pressa em estar com Ele, não tem alegria neste encontro, não tem prazer em perceber que este Dia está chegando...
Talvez não tenham o menor prazer nEle...
E pergunto: Se estes claramente não tem prazer nEle nem na companhia dEle, por que Ele deveria ter prazer em tê-los junto a Si pela eternidade?
Veja que o texto é claro!
As palavras do Senhor são: ESTES NÃO PROVARÃO DA MINHA CEIA!
Ou seja, "quem não quer vir, que não venha"...
Meu Deus...
Misericórdia...
SE você fica chateado em pensar que está perdendo alguma coisa desta vida pela volta de Jesus, porque acha que Deus irá fichar “chateado” pela sua ausência na eternidade?
Eu fico perplexo com cristãos que não querem estar com Jesus...
O Apóstolo Paulo era um homem rico, famoso, poliglota, influente, eloquente e tinha autoridade.
Tinha tudo o que muitos crentes buscam hoje... e  ele tem uma opinião interessante acerca destas coisas...

Filipenses 3:4 Ainda que também podia confiar na carne; se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu: 5 Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu; 6 Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível. 7 Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. 8 E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, 9 E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; 10 Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte; 11 Para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dentre os mortos.

Para ajudar sua compreensão quanto ao que Paulo pensava acerca do que eram todas as coisas que ele supostamente perdeu, e pelas quais tem muitas pessoas lutando desesperadamente para conseguir, o que aparece aqui traduzido como “escória”, na verdade, no grego, 'skubalon’, que poderia ser traduzido como “excremento de animais”, ou seja, fezes de animais...
Esta foi a comparação de valor do que ele tinha, que era muito, quando comparado com a realidade vindoura de sua revelação de Deus!
Que tremendo!
Salomão que teve mais do que provavelmente qualquer pessoa hoje na terra, cansou de considerar tudo o que amealhou como “vaidade de vaidades” e “correr atrás do vento”...
Salomão se perdeu em suas riquezas ao final de sua vida, e tanto se perdeu que chegou mesmo a sacrificar a ídolos e por isso perdeu o reino...
Já Paulo, perseverou até o fim porque desejava desesperadamente chegar à ressurreição dentre os mortos...
Que diferença.
Que inspiração.
Por este motivo Paulo pode escrever com toda a autoridade o que está registrado em II Coríntios 4:18:

“Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que não se vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que não se vêem são eternas!”

Meu querido, minha querida...
Se você está aqui neste meu espaço, neste dia, é porque Deus o trouxe para uma reflexão que confronte a sua vida.
Com muito amor, com muito respeito, mas com muita firmeza e temor, pergunto:
Como você se sente quando lê acerca das coisas que estão acontecendo à sua volta?
Falo especificamente acerca das coisas que mostram claramente que o tempo profético da vinda de Jesus está às portas...
Você sente seu coração bater mais forte, e embora sejam tempos que de certa forma causam uma expectativa diferente, pensa que está mais perto de encontrar com o Senhor e isso o alegra?
Isso faz com que você tenha mais temor de seus pecados?
Faz com que você pense que precisa se consagrar mais, evangelizar mais, cumprir seu ministério plenamente, ou o mais plenamente possível?
SE você se sente assim, é um bom sinal...
E digo ainda que, mesmo que você fique até mesmo lá no fundo com certo medo do que virá, saiba que isso é normal...
Tanto é normal que Jesus, ao falar sobre o que virá, disse em João 14 para não ficarmos com medo em nossos corações. Ele virá nos buscar pois foi nos preparar lugar...
Não haveria porque nos dizer para não temermos se Ele não soubesse que este tema trás um certo temor para o ser humano...
Ele nos conhece...
Mas junto com o temor vem a certeza dada pelo Espírito Santo, de que o mesmo Deus que “anuncia o fim desde o princípio”, que já nos falou acerca de tudo o que irá acontecer para nos assegurar que Ele reina, irá nos livrar de todas estas coisas como prometeu que fará.
Livrará os que creem. Os que nEle confiam. Os que anseiam por Sua vinda...
Como Paulo diz:

Romanos 14:8 Porque, se vivermos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morreremos. Quer, pois vivamos ou morramos, somos do Senhor. Foi precisamente para esse fim que Cristo morreu e ressurgiu...

Que tremendo!
Mas se você não fica feliz com a volta de Jesus, pelo contrário, fica com certa sensação de perda de “viver seu momento”... de estabelecer “seus sonhos”... “seus projetos”...
Eu quero sinceramente pedir para você parar agora e reavaliar se realmente nasceu de novo...
SE realmente Jesus é seu Senhor e Salvador.
SE realmente o Espírito Santo de Deus fala em sua vida...
E me aponte um único texto bíblico que fundamente sua maneira de viver...
Deus espera que amemos a vinda de Jesus, que aceitemos sem reservas o convite para estar na Sua Mesa, espera que dEle seja o primeiro lugar em nossas vidas.
Hoje é tempo de rever sua posição...
Enquanto há tempo.
Porque é inegável que vivemos os últimos dias...
Não percebe?
Veja os sinais...

SHALOM!

Haroldo Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário