domingo, 15 de setembro de 2013

O PAPA FRANCISCO, OS ATEUS E OS EVANGÉLICOS (SIM, ALGUNS BEM CONFUSOS...)


O senhor Francisco me parece ser mesmo uma pessoa decidida a revolucionar a relação da igreja católica com o mundo ao redor.
Sua comunicação é clara, fácil de ser inclusive reproduzida e multiplicada nas mídias sociais.
Ofereceu perdão de pecados pelo Twiter!
É afável, simpático, carismático, e tem o apoio da mídia, pelo menos, escancaradamente, a  daqui do Brasil.
E, sim, até onde percebo, da própria mídia global.
E, por incrível que pareça, pelo menos para mim, de alguns líderes e cantores evangélicos, perdidos por não saberem com profundidade o que creem.
Se é que creem...
E ouso dizer, por não conhecerem o que a Bíblia diz.
(Aproveito e abro um parênteses para explicar que o fato de não chama-lo de papa é pelo motivo de que papa significa pai, e, definitivamente, ele não é meu pai).
E o senhor Francisco segue publicando e divulgando suas ideias, e a sua maneira de entender o evangelho, seguindo, creio, a tradição católica, as encíclicas, os cânones, os concílios ensinam...
Mas, com certeza, não segundo a Bíblia...
A recente polêmica se deu por seu debate com Eugenio Scalfari, o fundador do influente jornal La Repubblica, editor e conhecido ateu, é interessantemente revelador.
E causou importante repercussão mundial.
Seguem os textos em inglês, que poderá ser lido em português com as ferramentas e tradução na web:
Saiu na ABC, na Vatican Radio, e no WashintonPost, entre tantos outros...
Faça sua pesquisa...
A mim, me surpreendeu o fato de um conhecido ateu como o senhor Scalfari, demonstrar uma preocupação em obter do senhor Francisco, entre outras coisas, a resposta para a sua pergunta:
Deus perdoa alguém que não crê e não obedece a fé?
Não conheço este senhor, mas fico pensando em por que um ateu estaria preocupado em saber se Deus perdoa alguém.
Se Ele não existe, por que se preocupar?
Mas, claro, posso pensar que seu objetivo seria empurrar o senhor Francisco para o canto do corner de uma discussão pública...
Na própria Itália...
E a resposta ponderada do senhor Francisco aponta para um direcionamento óbvio.
Uma busca incessante por ser político-religiosamente correto...
Ser inclusivo com todas religiões...
Não perpetuar a impressão cultivada por dezenas de anos de que “apenas a igreja católica está certa” como expressão de um pensamento supostamente obscurantista...
E uma clara busca por escolher as palavras, para não cair no mesmo erro que já caiu, quando afirmou categoricamente que os ateus poderiam ser salvos se fizessem boas obras...
Quando foi prontamente “auxiliado” pelo padre responsável pela comunicação institucional do Vaticano, padre Thomas Rosicca, que explicou ao mundo que o que o senhor Francisco disse, na verdade, não era bem o que ele quis dizer, embora tenha dito...
Gostei muito da forma como este ministério cristão abordou o assunto...
Embora a resposta do Sr. Thomas nos remeta ao tema de que não há salvação fora da igreja católica...
Mas voltando, você não acha estranho um padre porta-voz desmentindo um papa?
Reconheço que não entendo...
Como não vou voltar a este tema agora, recomendo que acesse este link, pois o assunto foi tema de um post anterior...
Mas voltando, para mim, o fundamental equívoco em sua resposta ao senhor Scalfari é o fato de ele propor que os ateus ou os que não creem, podem ser julgados segundo suas consciências!
E aqui, quero chamar a atenção dos evangélicos confusos para a sua resposta...
Se o senhor Francisco realmente acreditasse que a salvação reside APENAS em Jesus, O Cristo, como nós cremos, por ser o que a Bíblia (evangélica ou católica) diz, não haveria melhor oportunidade para que o genuíno evangélico bíblico pudesse ser pregado!
Já imaginou que plateia maravilhosa para pregar publicamente a um ateu, supostamente sincero em seu questionamento?
Uma carta publicada na primeira página do jornal La Repubblica é um sonho de consumo de qualquer evangelista, que, com certeza, jamais perderia a oportunidade de apresentar Jesus como Senhor e Salvador... se, pelo menos, cresse nisso...
Mas quando o senhor Francisco remeteu os que não creem a “obedecerem” a sua consciência, perdeu a oportunidade de pregar o evangelho da forma que foi pregado por João Batista, por Pedro (pelo menos este deveria ter influenciado o senhor Francisco, não acha?) além de, é claro, o próprio Jesus Cristo!
Leia comigo...
João Batista conforme relato em Mateus 3:1-3:
Naqueles dias apareceu João, o Batista, pregando no deserto da Judéia, dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que diz: Voz do que clama no deserto; Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.
Preparou o caminho para o Senhor Jesus, que iniciou seu ministério como registrado em Mateus 4:17:
Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei- vos, porque é chegado o reino dos céus.
E, na sequência, o próprio Pedro, suposto predecessor do senhor Francisco, para ser mais contundente no meu argumento, respondendo a alguém que pergunta o que fazer, conforme relato que encontramos em Atos 2:37-40:
E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar. E com muitas outras palavras dava testemunho, e os exortava, dizendo: salvai-vos desta geração perversa.
Todos, ao falarem a alguém sobre a salvação, e perdão de pecados, pregaram:
“Arrependei-vos e crede no Evangelho!”
Esta deveria ser a resposta do senhor Francisco, e de todos nós aos que perguntam o que fazer...
Sim, todos podem ser perdoados, de qualquer pecado!
Desde que se arrependam, e creiam no evangelho!
Esta deveria ser a resposta de alguém comprometido com a salvação das pessoas...
Mas ao trazer a consciência para a cena, foi infeliz este senhor...
Paulo tratou da consciência em determinado contexto e sua a conclusão não é das melhores, para avaliarmos a fala do senhor Francisco...
O relato está em I Coríntios 8:5-13 (tanto Bíblia evangélica quanto católica)...
Pois, ainda que haja também alguns que se chamem deuses, quer no céu quer na terra (como há muitos deuses e muitos senhores), todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual existem todas as coisas, e por ele nós também. Entretanto, nem em todos há esse conhecimento; pois alguns há que, acostumados até agora com o ídolo, comem como de coisas sacrificadas a um ídolo; e a sua consciência, sendo fraca, contamina-se. Não é, porém, a comida que nos há de recomendar a Deus; pois não somos piores se não comermos, nem melhores se comermos. Mas, vede que essa liberdade vossa não venha a ser motivo de tropeço para os fracos. Porque, se alguém te vir a ti, que tens ciência, reclinado à mesa em templo de ídolos, não será induzido, sendo a sua consciência fraca, a comer das coisas sacrificadas aos ídolos? Pela tua ciência, pois, perece aquele que é fraco, o teu irmão por quem Cristo morreu. Ora, pecando assim contra os irmãos, e ferindo-lhes a consciência quando fraca, pecais contra Cristo. Pelo que, se a comida fizer tropeçar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para não servir de tropeço a meu irmão.
Ou seja, se a questão de se comer comida sacrificada a ídolos já era um grave problema naquele tempo, principalmente para quem tem a consciência fraca, o que se dirá do perdão de pecados e da salvação eterna para quem não crê em Deus nem no evangelho como este senhor do jornal?
Será que o senhor Scalfari tem a consciência fraca?
Será que tem consciência?
E todos os demais que lerem a carta do senhor Francisco?
Como balizarão suas consciências?
Porque balizar sua fé pelas suas consciências?
Poderá alguém chegar à salvação desta maneira depois que Jesus Se manifestou?
Não deveria o senhor Francisco ser mais claro e contundente na pregação do evangelho a alguém que lhe perguntou "o que deve fazer alguém para ser perdoado por Deus?"
Bem, para mim, a sua resposta não causa estranheza...
Amo os católicos, tenho amigos queridos que são católicos, e os respeito!
De verdade.
Mas, a minha forma de expressar meu amor por eles, é tentar demonstrar, como tenho feito aqui no Blog, diversas vezes, que ambas as instituições (a igreja católica e a evangélica) têm problemas estruturais, mas que as instituições, segundo a Bíblia, não salvam!
Graças a Deus!
A salvação reside APENAS e EXCLUSIVAMENTE em Jesus, O Cristo!
Para os que se arrependem, e creem no Evangelho, pregado pela Palavra.
Os que confessam Jesus como O Único Senhor!
E aparentemente não é bem isso o que crê o senhor Francisco.
A meu ver, ele manteve o senhor Scalfari e os demais ateus em trevas, ao sugerir que consultem suas consciências.
Na verdade, por que é estudioso, deveria, inclusive, saber que estamos nos últimos dias, e que a consciência dos que não creem, segundo nos ensina Paulo, estaria na verdade, cauterizada, como lemos em I Timóteo 4:2-5.
Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos dias alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios, pela hipocrisia de homens que falam mentiras e têm a sua própria consciência cauterizada, proibindo o casamento, e ordenando a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e que conhecem bem a verdade; pois todas as coisas criadas por Deus são boas, e nada deve ser rejeitado se é recebido com ações de graças; porque pela palavra de Deus e pela oração são santificadas.
Interessante que Paulo falando sobre os últimos dais, tratou de consciência cauterizada, e de se receber alimentos com ações de graças, mas também falou sobre a apostasia, de doutrinas de demônios, da proibição de casamentos...
De quem ele estaria falando?
Bem amigos!
Nossos queridos amigos católicos precisam ler suas Bíblias, para poderem identificar quando alguém em posição de liderança ensinar algo contrário ao texto que diz crer.
Ateus precisam de arrependimento e depositar sua fé no evangelho, crer no Deus Único, Criador de todas as coisas que nos enviou Jesus para a nossa salvação, que existe!
E os evangélicos que dizem crer em Cristo, devem parar de falar bobagens de achar que cremos praticamente nas mesmas coisas que os católicos, que podemos louvar juntos, gravar CDs juntos, fazer shows juntos, que é tudo a mesma coisa...
O mesmo Reino...
Não é, pois acabamos de ver publicamente o que o líder máximo da igreja crê!
Os evangélicos que assim creem e ensinam, jogam a verdade do evangelho exclusivo em Jesus no lixo, e perdem preciosa oportunidade de pregar a verdade a estes queridos.
Verdade que as igrejas evangélicas podem estar em crise em muitos aspectos, mas a instituição para nada serve, senão pregar a única verdade.
Não há salvação em nenhum outro, pois há Um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, Homem!
SE há um Único Mediador entre Deus e os homens, não cabe uma mediadora, pois se assim fosse, entre Deus e os homens haveriam dois mediadores...
Veja o texto!
I Timóteo 2:5-7 Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, o qual se deu a si mesmo em resgate por todos, para servir de testemunho a seu tempo; para o que (digo a verdade, não minto) eu fui constituído pregador e apóstolo, mestre dos gentios na fé e na verdade.
Bem meus amigos...
Como vimos no texto de I Timóteo 4, o que Paulo disse iria acontecer nos últimos dias, já acontece hoje.
Mais um sinal entre tantos, como os 50 motivos bíblicos pelos quais creio que estamos nos últimos dais, que publiquei aqui...
“O papa é POP”, mas não prega o evangelho.
Alguns líderes evangélicos acham que o “papa é legal”, que “prega a Bíblia”, e acreditam que tudo vai bem se “promovermos unidade”...
Os ateus são justificados por Deus para a salvação, sem nem mesmo crerem em Deus...
E no meio de tanta confusão, Jesus O Cristo vai sendo posto de lado, conforme Ele mesmo sabia que aconteceria perto de Sua volta...
“Quando vier o Filho do Homem, porventura achará fé na terra?” (Lucas 18:8)
Quanto a mim, digo: Maranata!
Vem Senhor Jesus, e nos ajude a perseverarmos na fé até o fim...
Apesar de todas as coisas...
Pelo Espírito Santo de Deus, e pela Sua Palavra...
Em Nome de Jesus.

Veja os sinais!

SHALOM!

Haroldo Maranhão
PS: Meus amigos católicos aqui do Blog, por favor, não me queiram mal.
O que eu desejo, de coração, é que façam como eu faço...
Eu não como pela mão de nenhum líder evangélico, mas confronto se o que pregam está de acordo com o que está escrito na minha Bíblia.
Se pregar algo contrário, não serve... Afinal, é a minha alma e meu destino eterno que está em jogo... Não posso terceirizar um assunto tão importante para mim, não acham?
Façam o mesmo, em relação a qualquer líder da sua igreja... comprem uma Bíblia católica, ou obtenham a versão eletrônica gratuita, e leiam os textos, e confrontem o que está sendo dito nas igrejas com o que está escrito...
Façam isso em Nome de Jesus!
Por favor...
Façam isso para o bem de suas almas...
Deus abençoe...

Nenhum comentário:

Postar um comentário