sexta-feira, 16 de novembro de 2012

ISRAEL EM GUERRA? SERÁ A ÚLTIMA?


A tensa situação na Faixa de Gaza e em Israel já se apresenta como uma situação de guerra aparente.
(Como se já não bastassem todos os indicadores que tenho postado por aqui, como terremotos, sinais nos céus, chip, apostasia, vulcões e tantas outras coisas tão importantes para avaliarmos onde estamos no cenário profético...
Aliás, aproveitando o parênteses, depois do que escrevi no post anterior, sobre o terremoto do domingo passado, quero que você saiba que, apenas nesta semana, tivemos SETE terremotos acima de 6 graus na escala Richter...
Algo não muito usual nestes últimos quatro anos que acompanho estes dados.)
Mas, voltando...
Israel....
Ah... Israel.
Israel é "apenas" o relógio profético do Senhor.
E este relógio foi disparado, deixando claro a todos que os últimos dias estavam se aproximando, quando Israel voltou a existir como nação em 1947.
Cumprindo de forma indiscutível a profecia dada pelo Espírito do Senhor ao profeta Isaias, com a pergunta de se seria possível uma nação passar a existir em um único dia...
Sim, é possível quando o Senhor determina!
Aliás, não apenas é possível.
TUDO ACONTECE QUANDO O SENHOR DETERMINA!
Aleluia!
E sim, isso aconteceu, quando Israel, depois de simplesmente deixar de existir como nação por centenas de anos, ressurgiu em 1947, em um único dia.
Na Assembléia da ONU.
Cumprindo assim, literalmente, a Palavra do Senhor.
E acerca da importancia desta data para o cenário dos últimos dias, Jesus foi claro...
Ele disse através da parábola da Figueira (que é Israel), em Mateus 24:32 a 35, que "a geração que assistir a este fato histórico e profético não passará antes que TODAS AQUELAS COISAS ACONTEÇAM"...
Ou seja, as pessoas que estavam vivas em 1947, e viram Israel ressurgir, não vão morrer antes do fim...
E sejamos sinceros... estas pessoas já não está mais tão jovens assim, após passados 65 anos daquela data...
E não estamos falando que criancinhas com um ou dois anos de idade poderiam entender o que significou Israel voltar a existir naquele dia...
Estamos falando de jovens com dezoito, ou vinte anos...
Aliás, para você saber que idade as pessoas deveriam ter naquele ano de 47 para que pudessem entender o que estava acontecendo, pergunte para as pessoas bem jovens à sua volta, se elas sabem o que está acontecendo hoje em Jerusalém...
Este pode ser um bom indicador do número de anos que você precisa somar com 65 para entender quão perto estamos do limite de tempo dado por Jesus, e que está se cumprindo em nossos dias...
Entendeu o raciocínio?
Se um jovem de 20 anos pode entender o cumprimento daquele dia, somado aos 65 anos do fato...
Bem... muitas pessoas de 85 anos hoje estão bastante saudáveis...
Outras nem tanto...
Quanto tempo será que ainda temos?
Voltando...
Se analisarmos todas as modificações políticas que aconteceram durante a assim denominada "Primavera Árabe", o cenário em torno de Israel, aparentemente, não poderia ter ficado pior.
Principalmente com a mudança de regime no Egito.
Foi com isso em mente que tratei da importantíssima profecia de Salmo 83, e expliquei neste post também no ano passado.
Se analisarmos o cenário geopolítico atual, veremos que Israel está hoje completamente cercado por seus inimigos, como há muito tempo não acontecia, como ironizei neste post...
As ações do Hamas hoje, na Faixa de Gaza, estão mostrando que o cenário pode ficar muito pior.
Hoje, por exemplo, caiu um míssil em Jerusalém, o que NUNCA aconteceu neste conflito...
Embora alguns digam que este míssil tenha partido do próprio Egito.
Será?
O que importa é que Israel está cercado como nunca, como já disse aqui.
E ainda mais, hoje foram convocados 75.000 reservistas, dando a entender que há a possibilidade de ação militar na Faixa de Gaza....
Concluindo...
Dependendo da posição de Obama sobre o conflito nos próximos dias...
Dependendo do que a Europa decidir acerca do conflito em Gaza e das ações de Israel...
Do que a Rússia falar...
E a China...
Israel poderá estar isolado...
Ou poderemos ter alinhamentos nacionais diferentes.
Tensos?
Bélicos?
Isso, sem esquecer que ainda há uma pendência nuclear com o Irã, e, claro, a questão de Damasco, como também escrevi, aqui e aqui, e que é outro cenário profético importantíssimo em curso diante de nossos olhos!
O conflito na Síria também continua...
E o Irá continua enriquecendo urânio também... não esqueça...
Mas voltando...
Este isolamento de Israel, e toda a conjuntura possível de que trato neste post...
Me leva a pensar em todo este cenário sendo desenhado exatamente no finalzinho deste aguardado (?) ano de 2012...
Que como já disse, não é o ano do fim do mundo... veja o post aqui ao lado...
Mas... há um movimento em curso...
Aparentemente...
Você não consegue ver?
Então eu me pergunto...
Será que estamos vendo o cumprimento de todo um cenário profético diante de nossos olhos?
Será que já chegou a hora em que Israel ficará completamente cercado para que se lembre do Senhor, como sabemos que irá acontecer em algum momento?
Se sim, quando se vir cercado e isolado, em uma situação política muito pior do que a que estamos vendo hoje, mas que pode estar se iniciando diante de nossos olhos, Israel será apoiado, enganado e socorrido pelo falso messias, ou seja, pelo anticristo...
Isso significaria que ele já está em alguma posição de poder, e nós apenas não sabemos que ele é ele...
Se sim, estaríamos às portas da abertura do primeiro selo em Apocalipse 6:1 e 2?
Se sim, os desdobramentos poderiam ser a abertura do segundo selo, no mesmo capítulo, vs 3 e 4, ou seja, uma guerra com efeito para todo o planeta?
Se sim... é hora de estar com as "malas prontas"... mas... mais do que malas prontas, o "passaporte carimbado".
Por que se sim... a Noiva precisa ir embora neste momento...
Para ser claro, o carimbo é o selo do Espírito Santo, a marca do sangue de Jesus...
Você está preparado?
Não posso afirmar ainda que estamos diante do fim da agenda.
Mas não posso dizer que não estamos...
O que estou dizendo é que precisamos prestar muita atenção nestes acontecimentos.
Não posso dizer que já chegou a hora...
Mas posso dizer que caminhamos a passos largos para este momento.
O que estou dizendo é que os indicadores dados na Bíblia, que devem orientar os que amam a vinda de Jesus a estarem prontos, estão se acumulando mais e mais... como nunca.
Vamos acompanhar os desdobramentos do conflito no Oriente Médio.
Vamos orar pela paz em Jerusalém.
Vamos acompanhar a mídia oficial...
Mas, enquanto for possível, vamos acompanhar a mídia alternativa também...
Afinal, não sabemos em quem podemos acreditar...
Mas sabemos que podemos confiar na Palavra do Senhor.
Vamos acompanhar os sinais...

SHALOM!

Haroldo Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário