quinta-feira, 7 de junho de 2012

UMA IMAGEM E MIL PALAVRAS...


Bem amigos do BLOG!
No final do milênio passado tivemos um evento tecnológico muito interessante.
Havia um risco de que todos os computadores ao atingirem a fatídica data de primeiro de janeiro de 2000, ou Y2K como era a sigla relativa a esta data em inglês.
Este risco seria de todos os computadores entrassem em pane por não reconhecerem esta data, pois muitos tinham uma programação ultrapassada, que quando criada, não levava esta data futura em conta.
Bancos, empresas de tecnologia, multinacionais, indústrias, e tudo o mais, supostamente parariam ou entrariam em pane...
E haveria um caos mundial pois, já naquele ano, muita coisa estava interligada globalmente via sistema.
Assim, todas as empresas (grandes e pequenas, ricas e pobres, governos, militares e microempresas)foram todas levadas a se certificarem...
Receberem uma marca, um selo, um certificado, de adequadas para o chamado "bug do milênio" e, ao ajustarem seus sistemas para evitar tal caos, publicavam que já estavam compliant...
Ou seja, já estavam "ajustadas ao novo sistema global".
Estavam prontas e faziam parte.
Ninguém tira de minha cabeça que, na verdade, o sistema que virá, mas que aí já está, usou esta situação para interferir em todos os computadores do mundo...
Para fazer o que?
Uma simulação futura?
Um teste?
Uma captura de informações?
Bem...
Deixe isso para outro dia...
Minha questão hoje é que comecei a perceber que há um novo movimento "compliant" de empresas e mesmo governos, que estão se mostrando associadas ao sistema que virá, mas que já está aí.
Agora, a idéia é de publicar que estão de acordo com este sistema.
Fazem parte.
E a melhor forma de fazerem tal afirmação é através de sua logomarca.
O termo grego "logos" significa palavra.
Assim sendo, mais do que uma marca, a logo de uma empresa fala.
E fala o que alguém quer declarar quando aprova uma criação.
Quando passa o "briefing" para uma agência de criação.
Sabemos que "uma imagem fala mais do que mil palavras".
Tendo isso em mente já há algum tempo, encontrei um curioso vídeo na internet em que associa diversas marcas entre si, com símbolos do oculto, como o olho de Hórus, pirâmide,  corujas (associadas biblicamente a Lilith) e outras.
Não apenas logomarcas, mas também lugares como construções, inclusive.
Claro que pode haver um exagero, e determinada empresa usou um símbolo apenas por descuido...
Apenas coincidências em alguns casos...
Mas...
Olhando este conjunto geral da obra, é impossível termos tantas coincidências.
Em especial unindo empresas e marcas tão poderosas em muitos casos.
Claro que há uma ênfase nas empresas do mercado americano, já que o vídeo foi produzido lá, mas, como algumas marcas são globais, vamos reconhecer muitas.
E, claro, espero que este vídeo abra os seus olhos para perceber que muitas empresas brasileiras já estão "compliant".
Veja nas ruas, nas revistas, e na TV.
Recomendo que você veja o vídeo...
E que a partir de agora, preste mais atenção em tudo o que está diante dos seus olhos...
E você ainda não tinha percebido.
Aparentemente, muitas empresas querem deixar claro que estão "compliant" com o sistema que virá, em uma determinada data.
Querem publicar que fazem parte... e que ninguém se engane quanto a isso...
Querem deixar isso claro até determinada data...
Qual data?
Quando será esta data?
O que acontecerá no dia seguinte a este evento?
Por que tantas empresas querem deixar claro que estão "compliant"?

Veja os sinais!

SHALOM!

Haroldo Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário