segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O CONSELHO DE SEGURANÇA, ISRAEL E O BRASIL...


A votação simbólica que aconteceu hoje na UNESCO embora não tenha efeito prático, tem um claro efeito político.
Mostra que o cerco vai se apertando contra Israel.
Aponta uma tendência política clara, como já disse aqui no BLOG algumas vezes.
Aparentemente, vemos que o cenário e os protagonistas em torno de Israel, conforme predito na Bíblia há centenas de anos para os últimos dias, vai sendo cumprido precisamente.
O texto abaixo, não é meu, mas do ótimo Blog Shalom Israel, que como já fiz algum tempo atrás, recomendo que você inclua em seus favoritos.
Segue o post:

"A quase totalidade dos países árabes, africanos e latino-americanos votaram hoje a favor da adesão da Palestina à UNESCO, juntamente com a França, liderada por Sarkozy.
Nada de surpreender, uma vez que a UNESCO é reconhecida pelas suas inclinações anti-judaicas, sendo também um órgão da ONU merecedor de pouco crédito.
Os Estados Unidos e outros opositores ao voto já avisaram que esta medida poderá afectar os esforços de paz para o Médio Oriente.
Os EUA tinham ameaçado reter cerca de 80 milhões de dólares do financiamento anual para a UNESCO caso esta instituição aprovasse a membresia da Palestina. Só os EUA financiam cerca de 22% do orçamento da UNESCO. Vamos agora ver se os EUA mantêm a sua palavra ou não...
Entre os países que votaram contra estão os EUA, o Canadá e a Alemanha. O Brasil, a Rússia, a China, a Índia, a África do Sul e a França votaram a favor. A Inglaterra, a Itália e Portugal abstiveram-se.
Uma grande aclamação surgiu na Organização para a Educação, Ciência e Cultura das Nações Unidas (UNESCO), logo que os delegados aprovaram a membresia com 107 votos a favor, 14 contra e 52 abstenções. Dos 173 membros presentes da UNESCO eram necessários 81 votos para a aprovação.
"Viva a Palestina!" - gritava um delegado, em francês, numa contrariamente ao habitual tensa e dramática reunião do conselho geral da UNESCO.
Este voto tem um significado meramente simbólico, mas pode dar um novo fôlego à tentativa dos palestinianos de fazerem aprovar um estado no Conselho de Segurança da ONU.
O embaixador dos EUA na UNESCO, David Killion, afirmou hoje que o voto irá "complicar" os esforços dos EUA para apoiar a agência.
Nimrod Barkan, embaixador de Israel na UNESCO, apelidou o voto de "tragédia".
"A UNESCO lida com ciência, não com ficção científica"
- afirmou o embaixador israelita. "Ele forçaram a UNESCO a votar numa questão política fora da sua competência".
O Ministério das Relações Exteriores de Israel anunciou que o seu país rejeita a decisão da UNESCO de aceitar a Autoridade Palestiniana como membro de pleno direito, afirmando que "depois da decisão de aceitar a Palestina como membro regular da UNESCO, o estado de Israel irá considerar que passos irá dar e que continuidade dará à cooperação com a organização". Shalom, Israel!"

De minha parte, lamento muito o fato de o Brasil entrar nesta situação do lado errado.
A Bíblia é clara ao registrar as palavras do próprio Deus com relação a Israel, ao dizer quando chamou a Abraão: "abençoarei os que te abençoarem, amaldiçoarei os que te amaldiçoarem...", portanto, não é uma boa posição estar contra Israel em momento algum da história...
Que Deus tenha misericórdia do Brasil, por conta dos que amam Israel, e que oram pela paz de Jerusalém, conforme Salmo 122:6:
"Orai pela paz de Jerusalém; prosperem aqueles que te amam."
Bem amigos, o cerco vai se fechando.
Deus espera que em breve, Israel volte-se para Ele, e que reconheça que Jesus, O Cristo, é o verdadeiro Messias, O Ungido.
Que se converta a Deus, em Nome de Jesus.
Entretanto, antes disso, vão passar um tempo difícil, que a Bíblia chama de "a angústia de Jacó", durante a Grande Tribulação, a Ira, mas vão reconhecer que Jesus é O Senhor.
Assim como todos, no céu, na terra e embaixo da terra, vão dobrar seus joelhos e confessar que Jesus Cristo é o Senhor.
Alguns farão tal confissão a tempo de serem salvos.
Outros, infelizmente, quando confessarem, será tarde demais.
Qual é a sua situação?
Veja os sinais...
SHALOM!
Haroldo Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário