quarta-feira, 19 de outubro de 2011

HAL LINDSAY, DAMASCO E APOCALIPSE...


Bem amigos deste BLOG...
A cidade é conhecida.
Quem já estudou alguma coisa sobre a vida do Apóstolo Paulo, vai lembrar que ele fugiu dela em uma cesta...
Cena muito conhecida por quem, como eu, frequentou salas de Escola Bíblica Dominical...
Damasco...
Bem, esta cidade tão antiga faz parte do cenário dos últimos dias...
E trás mais um sinal para acompanharmos hoje.
E mais uma vez demonstra a precisão da profecia dada por Deus, para que estivéssemos atentos aos sinais que precedem a vinda de Jesus para buscar Sua Noiva, e o cenário dos últimos dias.
E mais uma vez mostra que Deus usa até mesmo os que não crêem nEle para cumprir a Sua Palavra.
Por que Ele reina!
E também para me trazer de volta à memória, Hal Lindsey, o nome ligado a profecia bíblica mais forte em minhas recordações quando iniciei meus estudos sobre profecia, há mais de 30 anos.
Lembro até hoje de seu então revolucionário livro "Satanás está vivo e ativo no planeta terra", que revelou para a igreja nos anos 70 algo que parecia até mesmo uma heresia...
Que Satanás estava ativo ainda!
Imagine que muitos criam que ele estivesse "de férias" ou que estivesse procurando outro planeta para perturbar... mas que não influenciava em nada a terra...
Acredita?
E outro livro clássico, este mais focado em escatologia: "O futuro glorioso do Planeta Terra".
Bem, estes temas são para os da minha faixa etária...
E fico feliz por perceber que Hal Lindsey continua "vivo e ativo" em seus insights proféticos.
Vale a pena você conferir em http://www.hallindsey.com/, exclusivamente para os que entendem inglês.
Ele tem um webcast semanal, e publica também alguns textos.
Um deles, este sobre Damasco, que misturei com minhas próprias palavras, foi o que me chamou a atenção.
Assim, parte do texto é meu, mas o crédito é dele.
Como disse, ele chama a atenção para um fato importantíssimo!
Na semana passada, o serviço de notícias Irã "Fars" informou que o presidente sírio Bashar al-Assad ameaçou lançar um ataque com mísseis sobre Tel Aviv se a NATO ou a Turquia ousasse interferir nos assuntos da Síria.
Bashar al-Assad não disse isso "em off", nem foi uma observação feita em um acesso de raiva.
Foi em alto e bom som.
Simples assim.
E ele já havia feito esta ameaça antes.
Em 09 de agosto, Assad disse ao ministro turco de Negócios Estrangeiros que "levaria apenas seis horas para a Síria para devastar Tel Aviv e incendiar o Oriente Médio."
Sim, o prazo já expirou.
Agora, ele ameça de novo...
Mas por mais sinistra que possa parecer a ameaça, ela não é a parte da história que eleva o "alerta vermelho" para os observadores da profecia bíblica.
Afinal, sempre tivemos - e ainda temos - líderes destrambelhados do Oriente Médio ameaçando acabar com Israel por décadas.
Mas vamos para a parte mais séria
A resposta de Israel!
Debkafile.com relata que após a primeira ameaça, Israel enviou um aviso a Síria.
Parte da a mensagem dizia o seguinte: "Se um único míssil explodir em Tel Aviv, Damasco será a primeira a pagar o preço."
Damasco...
Isso causa arrepios, não é?
Não apenas para o povo que mora em Damasco, mas para todos os que entendemos o que isso significa.
Este é o cenário exato predito pelo profeta Isaías milhares de anos atrás.
Ele disse que um confronto teria lugar entre a Síria e Israel.
E de acordo com Isaías, o resto do mundo "fugirá para longe, como a palha nas montanhas diante do vento, ou como um turbilhão de pó antes de um vendaval."
Então, a Síria vai lançar suas bravatas, mas Israel vai atacar mesmo, em algum momento.
E Damasco deixará de existir.
Definitivamente.
Veja como Isaías descreve no capítulo 17: "E no tempo da tarde, eis que não há terror. Antes da manhã, eles não são mais".
Isaías previu que Damasco, a mais antiga cidade continuamente habitada do mundo - que nunca foi destruída - vai desaparecer em uma única noite.
Antes de nossos dias, isso não teria sido ainda tecnicamente possível.
Hoje, com armas nucleares, não vai demorar mais que uma noite.
E agora que a ameaça foi feita publicamente, a resposta de contra-ameaça também já foi dada.
Não estou dizendo quando isso irá acontecer, mas uma vez que um ditador publicamente sugere a possibilidade, creio que as chances de alguém "ajudar a acontecer", faz com que as chances aumentem consideravelmente.
Eu creio que sempre podemos contar com outra possibilidade... a de que um dos aliados da Síria (Irã? Hezbollah? Hamas?) pode, na verdade, ser aquele que vai "apenas" puxar o gatilho contra Israel.
Preciso forçar muito sua imaginação para sabermos que isso é possível?
Afinal eles não crêem na profecia bíblica, mas adorariam ver o circo pegar fogo, literalmente, contra Israel.
Veja que esta não é uma declaração de guerra de Israel, mas a Palavra do próprio Deus.
Que não pode mentir...
Prepare-se!
Assim, para nós que entendemos, temos mais um ingrediente dizendo que a vinda de Jesus, O Cristo, não pode estar muito longe.
Afinal a tecnologia mudou muito.
Tanto, que hoje eu posso escrever este BLOG em um aeroporto...
E este texto pode ser lido em dezenas de países...
Não é impressionante?

Veja os Sinais...

SHALOM!

Haroldo Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário