sábado, 25 de junho de 2011

O QUE A NASA SABE QUE NÃO SABEMOS?

Creio que este será um de meus posts mais "apocalípticos" até hoje.
Faço isso com muito temor no coração.
Faço também com muito amor por todos os que lêem o que tenho escrito aqui.

Confesso que aqui, com meus modestos botões, não entendi o fim do programa de ônibus espaciais da NASA sem substituí-los por outro.
Esta decisão me parecia uma redução de atividades e investimentos, e, por isso mesmo, não me fazia muito sentido.
Nem mesmo pessoas mais preparadas para comentar do que eu, como os analistas da Revista EXAME, entenderam.
Embora possamos conjecturar, penso que talvez não venhamos nunca a saber o que realmente aconteceu nos bastidores de uma empresa com os objetivos e os investimentos como os que a NASA tem.
Entretanto, sempre tive a mais absoluta certeza que a NASA sabe muito mais do que nos diz, sobre todas as suas pesquisas, informações, e também sobre as descobertas que fez nos últimos anos.
Pouquíssimas pessoas tem acesso a isso.
Talvez seja um segredo maior que o terceiro de Fátima...
Já escrevi sobre isso recentemente, ao considerar que, se ficarmos dependendo apenas das informações dos governos e dos cientistas que trabalham para os governos, não saberemos mesmo NADA do que está acontecendo com o sol como escrevi, com o suposto cometa Elenin, ou com qualquer coisa que traga perigo para a humanidade.
Para a vida como a conhecemos.
Digo isso, por que eles mesmos nos declaram esta verdade claramente, em todos os filmes catástrofe que Hollywood produz.
"Como não há nada que possamos fazer, não avise a humanidade. Não vamos gerar pânico".
Já escrevi isso várias vezes neste BLOG.
Bem, como você talvez possa imaginar, para manter um BLOG, eu leio de tudo.
Ou melhor, tudo o que me é possível ler.
Dos textos bíblicos a textos científicos.
De livros apócrifos a comentaristas antigos.
De ficção científica a teorias da conspiração.
Sim, claro...
Teorias da conspiração.
De teorias da conspiração, a teorias das teorias da conspiração, com conspirações dentro da conspiração.
A verdade travestida de mentira, para que pareça mentira com o objetivo de fazer parecer verdade.
Consegue entender isso?
Preciso melhorar o que estou tentando dizer.
Deixe-me tentar de outra forma.
Existem verdades que nos tem sido escondidas.
Existem mentiras que nos tem sido escondidas como se fossem verdades, para que quando se descobrir que, embora parecessem verdades eram na verdade mentira, por este motivo vão gerar frustração, descrédito e como consequência, alienação.
Dessensibilização.
O maior objetivo deste tipo de informações é fazer com que quando alguma grande verdade estiver prestes a vir à tona, pelas mentiras anteriores, ou pelas verdades mentidas anteriormente, ou pelas mentiras travestidas de verdades expostas anteriormente, ninguém acredite.
Até que seja tarde demais.
Algo como aquele conto infantil: "É o lobo... é o lobo...".
Poderia dizer isso também, com base nas muitas pessoas, bem intencionadas, ou não, como aquele senhor Harold Camping que pregou aos quatro cantos do mundo que o fim do mundo iria começar em 21 de maio último.
Sempre que algo assim acontece, gera relaxamento, piadas e um movimento de alienação.
Por que digo tudo isso?
Tenho lido muito, nos últimos dois anos, sobre o planeta Nibiru/X/Marduck... e vários outros nomes.
Falei muito pouco neste BLOG perto do que penso ou leio, mas veja algo aqui, ou se preferir, clique na tag Nibirú lá no rodapé, lá embaixo.
Faço isso, por que tenho um certo pudor de falar de algo não "oficialmente" científico.
Sempre levei este tema a sério, não pelo que dizem os cientistas e astrônomos oficiais ou não, mas por que há uma frase importantíssima dita por Jesus em Mateus 24, quando nos diz que "os poderes dos céus serão abalados" nos últimos dias.
Portanto, APENAS com base nesta palavra infalível e eterna de Jesus, é que decidi que sempre que um texto ou notícia de fonte séria diz que poderes dos céus podem ser abalados ou afetados, eu acredito, até prova em contrário.
Mas, claro, não necessariamente escrevo.
Guardo comigo.
Recentemente, este tema começou a subir de temperatura nas mídias alternativas.
Nada que viesse a me impressionar, por que não tenho como medir a veracidade de alguma coisa, apenas por que as mídias alternativas falam, e as chamadas mídias confiáveis ignoram.
Ou pior... ridicularizam...
Portanto, se tenho um senso de amor próprio a zelar, não vou me expor aqui ao escrever contos da carochinha contemporâneos, nem assustar pessoas com  hipóteses sem sentido de planetas malucos vagando pelo espaço...
Mas...
Começo a reparar que alguns indicadores VISÍVEIS associados a "poderes do céu abalados" começam a ficar cada vez mais óbvios.
Falo isso acerca dos seguintes fatos:
1. O Sol está ficando estranho. E SE ficamos sabendo que o sol está aparentemente estranho e os cientistas não conseguem entender exatamente o que está acontecendo... E SE este tipo de informação transborda das mídias científicas restritas e chega nos jornais de papel da população mais comum, é por que algo de realmente muito estranho está acontecendo, e por que em breve, algo estará mais visível. É questão apenas de aguardar.
2. Eu acompanho o site do governo americano de terremotos. TODOS OS DIAS. E vejo, para ser ridiculamente redundante, "com meus próprios olhos", que as quantidades diárias de terremoto aumentou, e muito, e mais: a força medida pelos índices de escala Richter de terremotos tem subido. Claramente. Quando comecei a acompanhar, para ter um terremoto 4.5 ou 5, era uma raridade. Talvez um por semana. Acima de 6, que no site aparecem em vermelho, era algo assustador. Raro. Entretanto, desde o início de 2011 vejo, em média, de 4 a 6 terremotos acima de 4.5 TODOS OS DIAS. Ontem mesmo, tivemos um 7.2 nas Fox Islands, Ilhas Aleutas no Alaska, inclusive com alerta de Tsunami que foi depois retirado. Você ficou sabendo? Posso dizer que, com certeza, a terra está balançando muito mais neste ano do que no ano passado e no anterior.
3. Escrevi logo aqui abaixo no post imediatamente anterior, que o número de vulcões em erupção neste ano é algo absurdo. E um aumento de atividade vulcânica aponta para uma influência também de poderes do céu sendo modificados. Não é apenas uma questão interior da terra como fato isolado, mas uma reação a algo externo. Se continuar aumentando, precisamos prestar mais atenção ainda...
4. As mudanças climáticas hoje em curso. Se você observar o número de inundações sérias que tivemos no Brasil, a partir de agora temos inclusive tornados como se fosse algo normal em nosso país... Chuvas de granizo em profusão... percebeu que já está algo acima da média?
Isso sem falar nas inundações na América do Sul, como um todo... na Ásia, as tragédias que tem sido as inundações na China, que afetaram a vida de milhões de pessoas... e, nos Estados Unidos! A temporada de tornados foi a pior da história, e eles estão bastante preocupados com a próxima temporada de furacões que parece que poderá vir a ser algo sem precedentes.
5. Informações a todo o momento sobre corpos celestes passando perto da terra. Nos posts sobre o Nibiru mostrei como eles passaram a falar sobre "descobertas científicas recentes" de que sistemas solares tem planetas com órbitas diversas das conhecidas até então. Ou de planetas errantes vagando pelo universo, com massa escura, impossíveis de serem vistos com telescópios convencionais. Também já postei aqui que em outubro próximo um asteróide vai passar muito perto da terra... Na verdade, fiquei sabendo hoje que um pequenininho vai passar nesta segunda, bem perto... Com certeza, este tipo de informação também aumentou, e aponta para alguma atividade diferente no espaço para ser tão divulgada...
Tudo que estou escrevendo aqui é bastante fácil de achar, e, se você decidir fazer uma rápida pesquisa no Google por conta própria, vai achar muita coisa. Por este motivo, não vou ficar colando links.
Veja por você mesmo...
Mas por que volto a este assunto?
Já tinha visto algumas pessoas dizerem que existe uma janela no Google Sky em que você não tem acesso a um pedaço do espaço.
Você pode navegar por todo o espaço, mas aquela janela foi censurada...
Há um retângulo preto.
Achei estranho, e decidi fazer a experiência por mim mesmo... e o que achei foi esta imagem que apresento abaixo:
Sim, esta não é a que eu vi, por que não consegui copiar da tela do meu computador para colar aqui, mas esta imagem que você também pode encontrar no Google, está em um site que dá as coordenadas atualizadas.
E repito, eu vi esta janela na tela do meu computador.
Ou seja, uma área do espaço no Google Sky está censurada.
Como já disse antes, este corpo celeste estranho teve sua descoberta publicada em 28 de dezembro de 1983 no Washington Post, mas, depois, misteriosamente, esta informação sumiu das mídias ditas sérias.
Publico aqui, novamente, a primeira página do jornal:

E agora, pela primeira vez, a matéria interna. Veja a expressão "monstro espacial misterioso":


Se você lê inglês, segue a íntegra da transcrição da matéria que consegui recentemente:

Washington Post

Mystery Heavenly Body Discovered, a front page story
31-Dec-1983

A heavenly body possibly as large as the giant planet Jupiter and possibly so close to Earth that it would be part of this solar system has been found in the direction of the constellation Orion by an orbiting telescope aboard the U.S. infrared astronomical satellite. So mysterious is the object that astronomers do not know if it is a planet, a giant comet, a nearby "protostar" that never got hot enough to become a star, a distant galaxy so young that it is still in the process of forming its first stars or a galaxy so shrouded in dust that none of the light cast by its stars ever gets through. "All I can tell you is that we don't know what it is," Dr. Gerry Neugebauer, IRAS chief scientist for California's Jet Propulsion Laboratory and director of the Palomar Observatory for the California Institute of Technology said in an interview.

The most fascinating explanation of this mystery body, which is so cold it casts no light and has never been seen by optical telescopes on Earth or in space, is that it is a giant gaseous planet, as large as Jupiter and as close to Earth as 50 billion miles. While that may seem like a great distance in earthbound terms, it is a stone's throw in cosmological terms, so close in fact that it would be the nearest heavenly body to Earth beyond the outermost planet Pluto. "If it is really that close, it would be a part of our solar system," said Dr. James Houck of Cornell University's Center for Radio Physics and Space Research and a member of the IRAS science team. "If it is that close, I don't know how the world's planetary scientists would even begin to classify it."

The mystery body was seen twice by the infrared satellite as it scanned the northern sky from last January to November, when the satellite ran out of the supercold helium that allowed its telescope to see the coldest bodies in the heavens. The second observation took place six months after the first and suggested the mystery body had not moved from its spot in the sky near the western edge of the constellation Orion in that time. "This suggests it's not a comet because a comet would not be as large as the one we've observed and a comet would probably have moved," Houck said. "A planet may have moved if it were as close as 50 billion miles but it could still be a more distant planet and not have moved in six months time.

Whatever it is, Houck said, the mystery body is so cold its temperature is no more than 40 degrees above "absolute" zero, which is 459 degrees Fahrenheit below zero. The telescope aboard IRAS is cooled so low and is so sensitive it can "see" objects in the heavens that are only 20 degrees above absolute zero. When IRAS scientists first saw the mystery body and calculated that it could be as close as 50 billion miles, there was some speculation that it might be moving toward Earth. "It's not incoming mail," Cal Tech's Neugebauer said. "I want to douse that idea with as much cold water as I can."

E o mais interessante...
Marquei em negrito no texto acima, que o planeta "X", ou o que quer que tenha sido descoberto, que teria um tamanho aproximado do planeta Júpiter, teria sido descoberto na direção da constelação de Órion.
Por que isso é tão importante?
Eu apenas levo esta notícia mais a sério pelo fato de que, biblicamente, Órion está associada a textos de juízo do Senhor nos últimos dias:

Jó 9:5-10
Ele é o que remove os montes, sem que o saibam, e os transtorna no seu furor; o que sacode a terra do seu lugar, de modo que as suas colunas estremecem; o que dá ordens ao sol, e ele não nasce; o que sela as estrelas; o que sozinho estende os céus, e anda sobre as ondas do mar; o que fez a ursa, o Órion, e as Plêiades, e as recâmaras do sul; o que faz coisas grandes e insondáveis, e maravilhas que não se podem contar.

Jó 38:31-36
Podes atar as cadeias das Plêiades, ou soltar os atilhos do Órion? Ou fazer sair as constelações a seu tempo, e guiar a ursa com seus filhos? Sabes tu as ordenanças dos céus, ou podes estabelecer o seu domínio sobre a terra? Ou podes levantar a tua voz até as nuvens, para que a abundância das águas te cubra? Ou ordenarás aos raios de modo que saiam? Eles te dirão: Eis-nos aqui? Quem pôs sabedoria nas densas nuvens, ou quem deu entendimento ao meteoro?

Amós 5:6-9
Buscai ao Senhor, e vivei; para que ele não irrompa na casa de José como fogo e a consuma, e não haja em Betel quem o apague. Vós que converteis o juízo em alosna, e deitais por terra a justiça, procurai aquele que fez as Plêiades e o Oriom, e torna a sombra da noite em manhã, e transforma o dia em noite; o que chama as águas do mar, e as derrama sobre a terra; o Senhor é o seu nome. O que faz vir súbita destruição sobre o forte, de sorte que vem a ruína sobre a fortaleza.

Alguns estudiosos, inclusive, crêem que nos dias de Jó tinha acabado de acontecer uma passagem deste planeta pela terra... Se você reler todo o texto do livro de Jó com esta informação em mente, talvez, alguns detalhes do que ele escreve, terão outro sentido em sua leitura... mas não quero tratar disso agora, não é o caso.
Voltando...
Perguntei no título o que a NASA sabe que não sabemos?
Circulou nos Estados Unidos um email postado pelo senhor Charles F. Bolden Júnior para todos os funcionários da NASA.
Ele faz uma série de referências a um recente teste feito pela NASA em conjunto com a FEMA, e diz que seria importante que todos os funcionários da empresa estivessem preparados, e preparassem seus familiares e queridos...
Preparassem para o que?
Para alguma eventualidade como terremotos, vulcões, inundações, fogo ou ataques externos como o que aconteceu em 11 de setembro!
Mais do que isso!
Postou um vídeo falando sobre isso:

Sim, você pode dizer... mas isso está no YouTube, Haroldo... deve ser uma montagem, ou é falso...
E eu direi... sim... postei do YouTube apenas para facilitar a sua visualização, por que, na verdade, está
publicado na própria página oficial da NASA!
E mais...
Na página de emergências operacionais...
Aí, pergunto novamente...
O que eles sabem que nós não sabemos?
Por que uma fonte oficial da NASA viria a público enviar emails e postar um vídeo no site oficial para preparar seus funcionários "na terra e fora dela" como ele diz no seu texto, para alguma eventualidade de uma tragédia aparentemente fora dos níveis conhecidos?
Eu pergunto:
Se é impossível prever estes eventos, por que um aviso assim?
Ou se é possível prever estes eventos, por que um aviso assim?
Pergunto... vai acontecer algo na terra que eles sabem e nós não sabemos?
Eles sabem qual é a data?
Se a resposta for sim, seria neste 7 de julho?

Como já postei aqui depois do terremoto do Japão, achei este arquivo na internet, não me lembro onde.
Achei no ano de 2010, quando já tinha começado a escrever o BLOG.
Guardei por que achei interessante a coincidência com a data de 11 de Setembro.
Muita coincidência...
Mas fiquei realmente espantado quando o terrível terremoto do Japão aconteceu em 11 de Março...
O desastre de 11 de Setembro, por ter sido um atentado terrorista, foi em uma data manipulável...
Uma data escolhida a dedo.
Já o terremoto do Japão, alguns que crêem que seja possível produzir desastres naturais assim, concordariam que é mais uma data manipulável...
Será que algo aconteceria em algum 7 de Julho próximo?
Lembre, isso não é bíblico, nem estou dizendo que vá acontecer neste.
Também não estou falando que é a data do fim do mundo nem da volta de Jesus...
Está claro?
Normalmente já recebo críticas... que sejam pelo que eu efetivamente disse, e, se disse, é por que creio, e não por algo que eu não disse...
Mas voltanto, o que disse é que duas datas darem certo neste arquivo, é muita coincidência...
Mas voltando a minha questão sobre a NASA...
O que eles sabem que nós não sabemos?
Bem... mas na verdade, meu objetivo é virar este jogo, neste momento...
O QUE EU SEI QUE ELES NÃO SABEM?
Eu sei que, se eles estiverem diante de informações de alto risco de destruição ou ameaça para a terra, EU SEI EM QUEM EU TENHO CRIDO E SEI QUE É PODEROSO PARA GUARDAR O MEU TESOURO ATÉ AQUELE DIA.
Se eles acharem que não há saída, que precisariam descobrir um novo planeta para morarem ou que precisam achar lugares para uma proteção de tudo o que estão vendo e não nos avisaram...
EU TENHO UMA PÁTRIA LÁ NOS CÉUS, DE ONDE AGUARDO O MEU SALVADOR, JESUS CRISTO O SENHOR.
E eu estou bem certo que nem anjos, nem principados nem potestades, nem forças do presente nem do porvir, nem qualquer outra criatura pode me separar do amor de Deus, O Pai, revelado em Jesus, O Cristo, O Filho do Deus Vivo.
Minha confiança não está neles...
Minha segurança está em Jesus, Meu Senhor e Meu Salvador.
Não fique preocupado.
Não fique inseguro.
SAIBA EM QUEM VOCÊ CRÊ, e ande seguro...
Leia a Bíblia.
Preste atenção nas notícias...
Saiba em Quem você crê...
E aí sim, receba SHALOM!

Haroldo Maranhão

Um comentário:

  1. oi haroldo,
    tudo bem?
    a paz do Senhor!
    gostaria de saber como você sabe que o último símbolo pode ser exatamente a data 7 de julho e não de junho ou janeiro já, que a única pista é a letra j?
    obrigada.

    ResponderExcluir