domingo, 22 de maio de 2011

OBAMA, ISRAEL, A ONU, E A PROFECIA BÍBLICA...

Obama conseguiu gerar um grupo forte, que pode criar certa esfera de divisão e influência em sua própria nação.
Embora existam muitos e muitos absolutamente omissos e alheios a tudo.
Mas este grupo que decidiu se posicionar e dizer que não apóia o discurso anti Israel de seu presidente, tem muita influência.
Representa alguns milhões de pessoas.
Com certeza, judeus americanos, e, claro cristãos que entendem a posição de Israel para os últimos dias, e que sabem também da sua importância para a segurança dos EUA, antes do arrebatamento.
Afinal, a Palavra do Senhor Deus é clara:
"Abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem"...
E eles decidiram se posicionar pública e frontalmente contra seu presidente.
A matéria está aqui, (encontrei a matéria no BLOG "Running from Babylon", um de meus favoritos listados aqui ao lado) no link da publicação do jornal WorldNetDaily.
A manchete é clara: Americanos para Israel: Não dêem ouvidos a Obama!
Na verdade, já criaram uma campanha de comunicação entitulada: Israel, você não está só! Nós estamos com você.


A Campanha foi lançada com uma página inteira no Wall Street Journal na própria quinta feira, dia 19 de Maio e no Jerusalem Post na sexta feira dia 20.
Anúncios na Televisão estão previstos para ir ao ar na sequência, na linha deste:



A locutora diz: Isto é o que acontece em Israel, quando deixa sua terra por paz.
Com certeza, a temperatura vai subir tanto lá, quanto nos EUA.
Precisamos observar este assunto com bastante cuidado e atenção.
Este tema é muito, mas muito importante para nós aqui no BLOG, pelo fato de que esta situação em Israel é um sinal central e fundamental na profecia bíblica dos últimos dias.
Por isso este discurso de Obama foi tão importante, como fiz questão de registrar aqui, na própria quinta feira, logo após tomar conhecimento de seu teor.
Importantíssimo profeticamente.


Navegando pela web, acabei achando um artigo muito certeiro de um estudioso chamado Pastor Brian Roberts, nos EUA.
Se você lê inglês, recomendo investir um tempo.
Gosto muito do que ele escreve.
Ele tem um BLOG de análises proféticas bastante atualizado e profundo.
Ele identificou, com muita clareza, que estamos, talvez, assistindo o início de uma guerra diplomática contra Israel, pelo teor das declarações de Obama.
Seu texto é tão claro na análise, e tão bíblico no pano de fundo, que optei por traduzir uma parte central, para que todos que passeiam aqui pelo BLOG e não lêem inglês, possam ter conhecimento:

“Eu assisti partes do discurso de Obama, e quando ele disse que Israel tinha que voltar para suas fronteiras de 1967, eu sabia que a Guerra diplomática havia começado. Você precisa analisar isso com calma, pois se Israel aceitar este retorno, eles terão desistido de Jerusalém Oriental. E Israel não irá fazer isso. A única maneira de Israel desistir de Jerusalém Ocidental é através da força, o que a Bíblia profetiza que irá acontecer, quando um homem da União Européia virá até Jerusalém Oriental, e as nações dos Gentios vão controlar a Cidade Santa por 42 meses. Obama deixou claro em seu discurso que o último aliado de Israel acaba de mudar de lado, ao se posicionar ao lado das nações do mundo, e confirma que irá dar apoio ao pedido de entrega de Jerusalém Oriental”

“Esta Guerra diplomática vai ser um teste muito importante nos dias e semanas adiante de nós. Obama e Netanyahu têm firmado suas posições de forma clara. Netanyahu não vai desistir de suas posições em favor das demandas de Obama. Javier Solana seguiu o discurso em sua página do Twitter. Outros líderes o seguiram, e Tony Blair deu entrevistas para as maiores redes de notícias globais. Este é o começo da guerra deste verão, sobre Jerusalém. 19 de Maio de 2011 é a data em que o mundo declarou Guerra contra a Cidade Santa. O que vai acontecer nos próximos meses até Setembro permanece ainda oculto, mas os inimigos de Israel receberam sinal verde para pressionar o estado Judeu a ter de fazer concessões inimagináveis. A União Européia deverá ser beneficiada neste momento. A UE não fica com tudo, mas a rejeição sutil de Obama a um mandato da ONU pode mudar quando Israel se posicionar contra as demandas de Obama. Fique ligado, pois o tempo dirá em breve, qual é o momento exato em que estamos no cenário da Profecia Bíblica”.

Por que ele disse isso sobre Obama e sobre Setembro?
Por que a questão das fronteiras de Israel será pauta de discussão na 66ª Assembléia das Nações Unidas.
Veja a matéria do New York Times.
Interessante número, para esta assembléia não?
66ª!
Que coincidência.
E exatamente em Setembro.
Exatos dez anos após a tragédia do 11 de Setembro, tendo ainda a questão da morte de Osama Bin Laden, somadas a tantas e tantas ameaças, e bravatas da Al Qaeda & Cia...
E Obama, ao fazer este movimento, joga um aumento de pressão diária sobre todos, para o momento de decidirem sobre o tema na Assembléia...


Bem, amigos deste BLOG, precisamos ficar ligados na evolução deste cenário até Setembro.
Vou procurar estar atento a qualquer fato relevante, para publicar aqui.
Israel é o relógio profético de Deus para os últimos dias...

Antes de concluir, uma curiosidade que "garimpei" no ano passado, e fiquei impressionado pela coincidência.
Coincidência?
Sei lá...
Veja estes símbolos de moedas bastante conhecidos:
Eu encontrei isso na internet no ano passado, e guardei como muitas outras coisas que tenho arquivadas em meu computador, para, eventualmente, usar aqui no BLOG.
Faz pelo menos uns 10 meses.
Guardei por curiosidade, por que eu achei muito interessante trabalharem com as moedas marcando datas...
Chamou minha atenção pelo fato de que já tínhamos visto a tragédia do World Trade Center, 11 de Setembro.
Portanto, tinha algum sentido possível...
E parecia algo meio aleatório, um prazo aberto para um futuro qualquer...
Guardei, e me esqueci disso.
Até que achei o arquivo nesta semana, ao organizar meu material eletrônico.
E, reconheço, fiquei bastante impactado pelo fato de que o trágico terremoto do Japão aconteceu exatamente em 11 de março!
Achei muita coincidência que duas datas marcadas em símbolos de moedas criados muito antes de 11 de setembro e 11 de março pudessem se cumprir desta forma.
Assim sendo, fiquei mais ligado a partir de agora...
Será que algo vai acontecer em algum 7 de Julho?
Em que ano?
Claro que isso não é bíblico...
Mas por ser manipulável...

Bem amigos deste BLOG.
O mundo não assistiu o arrebatamento ontem.
Ainda não temos uma data marcada para o fim...
Mas é inegável que, cada dia mais, quem conhece mesmo profecia bíblica, percebe que de um determinado momento na história para cá, o tempo tem acelerado.
Inegável.
Indiscutível.
Embora alguns não gostem...
Mas, de minha parte, creio diferente daqueles irmãos do ministério Radio Family.
Na verdade, precisamos orar por todos aqueles que foram enganados pela viagem de seu líder.
Quanto a nós, eu reforço meus alertas:
Não venda nada por promessas de datas de fim do mundo ou arrebatamento.
Não deixe sua vida normal, mesmo que seu líder marque uma data.
Trabalhe duro.
Produza para seu sustento e de sua família.
Faça planos para seu futuro.
Case.
Sirva a Deus com toda a sua força.
Santifique a sua vida em todo o tempo.
Compre.
Venda.
Mas...
Vigie e ore, em todo o tempo.
Mantenha suas vestes limpas, sempre.
Tenha Óleo sobre sua cabeça todos os dias.

"E ore para que você seja achado digno de escapar de todas as coisas que virão"...

Deus abençoe!

Haroldo Maranhão 

Nenhum comentário:

Postar um comentário