Postagens Recentes

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

NINGUÉM SABE O DIA, NEM A HORA...


Um dos maiores problemas para um entendimento claro acerca do que a Bíblia diz sobre um determinado assunto, é quando tiramos um texto fora do seu respectivo contexto.
Se isso já é um problema em todo o ensino bíblico, o que se dirá acerca do ensino profético?
Com base neste conceito é que quero refletir sobre uma frase de Jesus, que tem sido muito usada fora de contexto: a Sua declaração de que “ninguém sabe o dia nem a hora”.
Qualquer pessoa que cresceu na igreja, e aqui eu mesmo me incluo, lembra de ter ouvido que Jesus virá como um ladrão à noite. Que, em outras palavras, ninguém tem como saber quando será a Sua vinda.
Será uma absoluta surpresa!
Viva sua vida, e não pense muito sobre a vinda de Jesus.
Afinal, ninguém sabe…
E ponto.
Será?
Bem, vamos para a Bíblia.
Um dos textos que fala sobre isso, é I Tessalonicenses 5:2-6.
Porque vós mesmos sabeis perfeitamente que o dia do Senhor virá como vem o ladrão de noite; pois quando estiverem dizendo: Paz e segurança! Então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que aquele dia, como ladrão, vos surpreenda; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas; não durmamos, pois, como os demais, antes vigiemos e sejamos sóbrios. Porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embriagam, embriagam-se de noite; mas nós, porque somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação; porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançarmos a salvação por nosso Senhor Jesus Cristo.
Os versos 2 e 3 também tem sido usados como fundamento do ensino de que as pessoas serão pegas de surpresa na volta de Jesus. Mas os versos 4 e 5 acrescentam algo sobre este tema:
Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que aquele dia, como ladrão, vos surpreenda; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas; não durmamos, pois, como os demais, antes vigiemos e sejamos sóbrios.
Aqui nós descobrimos que existem pessoas que não serão pegas de surpresa pela vinda de Jesus.
Ou não deveriam ser.
Embora tenhamos sido ensinados de que Jesus virá como um ladrão a noite, encontramos aqui uma declaração clara, (pelo menos clara para mim), de que Jesus não virá como ladrão a noite para os filhos da Luz. Jesus é a luz do mundo (João 8:12).
"... porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas."
Portanto os filhos da luz somos nós, os salvos pelo poderoso Sangue de Jesus.
Este texto é para nós. E o verso 6 nos diz para vigiar:
"... não durmamos, pois, como os demais, antes vigiemos e sejamos sóbrios."
Esta declaração não diz respeito às pessoas do mundo, pois é óbvio que não saberão de nada. Eles terão, inclusive, o espírito do erro agindo sobre si.
O texto fala das que são nascidas de novo.
Salvas por Jesus.
Que não deveriam estar dormindo…
Isso fica ainda mais claro em Apocalipse capítulos 2 e 3, quando vemos que Jesus endereça suas cartas para as igrejas, para aqueles que são seus; é a eles que Ele diz que se não vigiarem, Ele virá como um ladrão a noite para eles. Portanto, para os cristãos que não vigiarem, será uma SURPRESA!
"Lembra-te, portanto, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. Pois se não vigiares, virei como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei." (Apocalipse 3:3)Vamos encontrar outra admoestação a vigiar e não dormir em Marcos 13:35-37:

"Vigiai, pois; porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã; para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo. O que vos digo a vós, a todos o digo: Vigiai.”
Portanto, Ele está falando para os cristãos.
Os crentes.
Os nascidos de novo.
Para mim.
E espero, para você que lê este texto!
Muitos de nós “ouvimos o galo cantar, mas não sabemos onde”
Muitos de nós, que temos sido ensinados que não podemos ter suficiente conhecimento acerca do tempo do fim, nunca lemos o texto bíblico.
Nunca decidimos gastar tempo com isso.
Mas, SE Jesus não quisesse que soubéssemos o dia e a hora, teria gasto tempo relacionando todos os sinais que antecederiam Aquele Dia?
Veja o este texto para refletir sobre o que eu digo:
Mateus 24:36 Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai.
Ele deu uma pista em seguida.
Mateus 24:42 Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor.
Primeiro, DIA E HORA.
Depois, não mais o dia e hora, mas, apenas DIA.
Claro está que há uma progressão.
Nos tempos de Jesus, e para todos ao longo da história antes de nós, eles não sabiam o dia nem a hora.
Para eles, a sensação da iminência da volta de Jesus era importante para que pudessem vigiar, orar, e se fortalecer.
E também para que Deus, em Sua justiça, lhes pudesse dar acesso a ganharem a Coroa da Justiça, preparada para aqueles que amam a Sua Vinda. Mesmo que ANTES do tempo!
II Timóteo 4:8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.
Se não fosse assim, este seria um galardão disponível apenas para os que vivemos nos últimos dias.
Mas como amar a vinda de Jesus, naquele tempo, se todos tivessem a informação de que a data de Sua volta seria apenas depois do ano 2.000?
Para eles, não seria bom que soubessem quanto tempo realmente faltava.
Deus os tratou com justiça, como sempre, para que tivessem a mesma oportunidade que os da última geração.
Mas à medida que o tempo passa, e os sinais apontados por Jesus se acumulam, percebemos que a revelação da proximidade, está disposta a nós, que obedecemos e vigiamos.
Para que não sejamos pegos em trevas, mas na LUZ.
E a mesma Coroa está disposta para nós.
Mas como vigiamos?
Nós vigiamos estudando a Palavra de Deus cuidadosamente.
E observando os sinais que Ele mesmo apontou.
Apocalipse 3:3 Lembra-te, portanto, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. Pois se não vigiares, virei como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei.
Recebido e ouvido, diz respeito à Sua Palavra.
A Palavra revela sobre o tempo e o juízo.
Eclesiastes 8:5 e 6: Quem guardar o mandamento não experimentará nenhum mal; e o coração do sábio discernirá o tempo e o juízo. Porque para todo propósito há tempo e juízo; porquanto a miséria do homem pesa sobre ele.
Ao longo da história, Deus sempre revelou as datas de Julgamentos!
Revelou o dia exato para Noé, quando chegou a hora:
Porque, passados ainda sete dias, farei chover sobre a terra quarenta dias e quarenta noites, e exterminarei da face da terra todas as criaturas que fiz. Genesis 7:4
Fez o mesmo para Jonas, quanto a Nínive:
E começou Jonas a entrar pela cidade, fazendo a jornada dum dia, e clamava, dizendo: Ainda quarenta dias, e Nínive será subvertida. Jonas 3:4
Fez o mesmo com Ló, para que ele e sua família pudessem escapar antes da destruição de Sodoma e Gomorra:
Então disseram os homens a Ló: Tens mais alguém aqui? Teu genro, e teus filhos, e tuas filhas, e todos quantos tens na cidade, tira-os para fora deste lugar; porque nós vamos destruir este lugar, porquanto o seu clamor se tem avolumado diante do Senhor, e o Senhor nos enviou a destruí-lo. Genesis 19:15
Fez o mesmo a Moisés, antes de tirar o Seu povo:
… Amanhã fará o Senhor isto na terra. Êxodo 9:5
… amanhã, por este tempo, farei … Êxodo 9:18
Assim diz o Senhor: A meia-noite eu sairei pelo meio do Egito. Êxodo 11:4
Podemos aprender algo acerca de como Deus vai agir no futuro, observando como Ele se comportou no passado:
Lembrai-vos dos vossos guias, os quais vos falaram a palavra de Deus, e, atentando para o êxito da sua carreira, imitai-lhes a fé. Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente. Hebreus 13:7 e 8
Desde que Ele deu informações antecipadas sobre as datas precisas para julgamentos no passado, quando chegou o tempo, podemos crer que teremos a oportunidade de não sermos surpreendidos em nossos dias.
Ele vai revelar a data para o fim, se vigiarmos, e estivermos atentos à Sua Palavra.
E obedecermos.
E também usará os Seus Profetas contemporâneos.
Sejam eles como Jonas, Moisés, Ló, ou Noé.
Sejam eles como você e eu.
Diante deste conteúdo, a sua posição não pode ser de alienação.
Mas de compromisso.
Obediência.
Expectativa.
Portanto, a partir de agora, vou acrescentar algo aqui.

Veja os sinais, e Estude a sua Bíblia!

Vigiar e Orar.

SHALOM

Haroldo Maranhão

3 comentários:

  1. Bom dia Haroldo Maranhão.A paz do Senhor! Estudar a bíblia é de suma importância nos nossos dias, parabéns pelo seu trabalho,saiba que por intermédio desse estudo desenvolvido por você,pude obter um valoroso esclarescimeto ha respeito da vinda do Senhor. Muito obrigado... Que a paz do Senhor esteja entre nós...Amém.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Cláudia!
    Glória a Deus!
    Fico muito feliz em ver mais pessoas estudando a Bíblia e discernindo os tempos e as épocas.
    Deus abençoe ricamente sua vida, e... continue acompanhando o BLOG!
    Haroldo

    ResponderExcluir
  3. Mateus 24:36 Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai.
    Ele deu uma pista em seguida.
    Mateus 24:42 Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor.
    Ami esse trecho da Bíblia e é muito esclarecedor e com os devidos apontamentos de Haroldo Maranhão.
    Como é bom apreciar as Escrituras e ter nelas regra única de fé e prática.
    Fica na Paz e Graça em Jesus Haroldo e demais leitores.

    ResponderExcluir