sexta-feira, 21 de setembro de 2018

CRISTÃOS PERDIDOS NAS ELEIÇÕES



Ao longo dos últimos anos vejo algo incompreensível acontecer e piorar. Irmãos em Cristo brigando com outros irmãos!
Eleição após eleição, em um tom cada vez mais alto, alguns até rompem amizades por divergência acerca de políticos, partidos, ideologias, e "justiça social"... o que quer que realmente seja isso. E me parece que cada a dia os que se dizem evangélicos sabem menos quem são.
Penso que muitos não sabem de que reino ou de qual espirito são! 
Tenho quase que certeza que muitos, se tivessem fé suficiente para crer que poderiam mandar descer fogo do céu sobre os irmãos que apoiam uma candidatura a governo contrária à sua, o fariam!

Lucas 9:54-55
"Vendo isto, os discípulos Tiago e João perguntaram: Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para os consumir? Jesus, porém, voltando-se os repreendeu [e disse: Vós não sabeis de que espírito sois]".

E a temperatura sobe dia a dia, quanto mais as eleições se aproximam. E me entristeço porque vejo até mesmo irmãos semeando contendas entre irmãos, com base na agenda eleitoral!
Não, não estão mais discutindo os "velhos temas gospel" como predestinação ou livre arbítrio, se o batismo bíblico é por imersão ou aspersão, ou se a maneira que o Espírito Santo agia no início da igreja cessou ou não...  
Agora estão discutindo candidatos! Políticos!
E aparentemente acreditam mais neles do que no evangelho que dizem abraçar, porque estão prontos até para passar vergonha, sofrer afronta ou xingamentos por seus candidatos, como deveriam fazer apenas e tão somente por Jesus!
E parecem não crer na Bíblia pois por discussões políticas semeiam contendas entre irmãos, o que é algo que O Senhor abomina!

Leia Provérbios 6:16-19 na íntegra, pois vou citar apenas a parte que se aplica aqui: "Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos... ... e o que semeia contendas entre irmãos".

Na verdade, não é suficiente dizer que cristãos não deveriam semear contendas entre irmãos, mas sim, que deveriam estar promovendo reconciliação entre as pessoas... Nesse caso, creio que podemos aplicar o texto entre os que pensam diferente politicamente. E é o que estou tentando fazer aqui. 
Mas essa reconciliação não acontece forçando alguém a mudar de posição política ou ideológica para que pensem a mesma coisa, mas um bom começo pode ser convencer irmãos que pensam diferente para que concordem que precisamos todos orar juntos pelo país! Mesmo que continuemos a pensar política diferente.

II Coríntios 5:18-20
"Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus".

Sim, precisamos orar e muito porque me parece que estamos à beira de uma tragédia social, com causa política e eleitoral, e nós que sabemos quem somos em Cristo somos os portadores da solução...
Mas a solução que cremos não é política, mas sim, espiritual: é a reconciliação com Deus! 
Somos os portadores das boas notícias, do evangelho da graça de Jesus Cristo, e não de candidatos que para muitos parecem ser divinos em seus propósitos e realizações futuras prometidas (e nunca cumpridas)!
Precisamos orar por que da maneira em que estamos agora, qualquer que seja o eleito, dada a polarização tensa que vivemos, nos levará depois das eleições ao risco de encontrarmos um país dividido até de maneira violenta, porque me parece que será muito difícil que os “perdedores” do processo eleitoral aceitem com calma a derrota, quase como se fossem torcedores de times de futebol que perderam o campeonato.
Precisamos orar porque qualquer que seja o eleito, NÃO SERÁ A SOLUÇÃO PARA O BRASIL! 
Fico impressionado que muitos cristãos defendam seus candidatos como se fossem infalíveis, incorruptíveis, sinceros, honestos, e os únicos capazes de solucionar todos os problemas nacionais.
Bem, se você já passou aqui outras vezes, sabe que eu as vezes me permito “viajar” um pouco a mais na minha agenda apocalíptica aqui do Blog, e esse é o conteúdo real deste post hoje...
Explico!
Creio que é possível que já estejamos vivendo dias que antecedem tempos em que não fará mais a menor diferença quanto a quem serão os eleitos, porque estaremos provavelmente elegendo alguém que já está vinculado ao sistema que virá e que já chegou. Os candidatos atuais, penso, surgem a partir de um sistema que já está agindo por trás, nas sombras, e implantando o que se chama de "Nova Ordem Mundial". 
Assim sendo, se eu estiver correto (posso não estar) creio que já não é mais possível saber se o eleito faz ou não parte do "sistema" que virá e já chegou. Esse "sistema" será estabelecido porque terá autorização de Deus para agir por algum tempo, em especial por 42 meses...
Esse sistema agirá tomando o mundo todo debaixo de sua autoridade. Terá esta autoridade! Aliás, terá autoridade a tal ponto que até mesmo perseguirá e matará os santos!
Leia Apocalipse 13:1-10...
Veja o verso 7 por exemplo: "Foi-lhe dado, também, que pelejasse contra os santos e os vencesse". Veja o verso 10! "Se alguém leva para cativeiro, para cativeiro vai. Se alguém matar à espada, necessário é que seja morto à espada. Aqui está a perseverança e a fidelidade dos santos".
Enganará inclusive, e se possível, os eleitos (os salvos, não os políticos), realizando feitos extraordinários!

II Tessalonicenses 2:9 
"Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira".

Mateus 24:23 
"... porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos".

Sim, chegará um tempo (será que já chegou?) em que fará pouca diferença quem elegemos, - pois precisaremos escolher sempre entre aqueles que "alguém" nos oferece – pois o "sistema" terá controlado (já tem?) os partidos, e portanto, poderá bloquear pessoas "não alinhadas" e liberar apenas as "alinhadas". Ou você acredita, sinceramente, que os candidatos que temos para votar são realmente os melhores gestores do país? Que na multiplicação dos partidos atuais temos mesmo algumas opções isentas, com agendas não comprometidas?
E que se surgirem algumas dessas pessoas isentas, vencerão? Se vencerem, tomarão posse?
E se tomarem posse, realmente governarão segundo seus programas de governo?
Bem, respeito os que acreditam nisso, mas quero falar aqui aos que tem alguma dúvida, querem olhar por outro ângulo, e acompanham a agenda aqui do Blog...
Todo esse meu raciocínio é fundamentado na profecia bíblica que compartilho agora.
A Bíblia nos diz que vai chegar um tempo no futuro em que, aparentemente, as nações da terra vão abrir mão de suas soberanias elegendo algo equivalente a 10 "reis" sobre si, provavelmente divididos em 10 blocos supranacionais ou regionais. Como, coincidentemente, aparece proposto neste plano do Clube de Roma, que ilustra o post. Apenas coincidência, mas uso como ilustração...
Estes 10 reis futuros entregarão o poder a alguém, em uma cerimônia que vai durar uma hora. 
Essa pessoa que receber este poder global, vai mesmo estabelecer perseguição e sofrimento aos santos, entre outras coisas. Ao longo de 42 meses, ou 3 anos e meio, ou um tempo, tempos e metade de um tempo. Ou exatamente a metade de um período de 7 anos... preste atenção quando estes períodos de tempo são citados na Bíblia.
Para que isso aconteça, é necessário que todos ou a maioria dos governantes de todas as nações estejam "alinhados entre si", mesmo que aparentemente sejam sistemas políticos completamente diferentes uns dos outros, até que chegue o momento de fazer "tudo isso acontecer"... 
Ou seja, não se trata de um fenômeno apenas aqui do Brasil, mas de todas as nações. 
Veja quantas delas estão passando por mudanças políticas surpreendentes em suas eleições, com o surgimento de "outsiders" ou mesmo políticos desconhecidos... ou herdeiros estão assumindo tronos, ou ainda presidentes estão sendo depostos por corrupção e sendo substituídos por outras pessoas, ou...
Assim sendo, pouco importa quem esteja no poder das nações "naquele dia". Tudo isso vai acontecer porque a Bíblia diz que VAI acontecer... Nesse caso, pouco importa, portanto, quem será o presidente do Brasil naquele dia. Necessariamente estará alinhado...

Daniel 7:24-25
"Os dez chifres correspondem a dez reis que se levantarão daquele mesmo reino; e, depois deles, se levantará outro, o qual será diferente dos primeiros, e abaterá a três reis. Proferirá palavras contra o Altíssimo, magoará os santos do Altíssimo e cuidará em mudar os tempos e a lei; e os santos lhe serão entregues nas mãos, por um tempo, dois tempos e metade de um tempo".

Apocalipse 17:12-13
"Os dez chifres que viste são dez reis, os quais ainda não receberam reino, mas recebem autoridade como reis, com a besta, durante uma hora. Têm estes um só pensamento e oferecem à besta o poder e a autoridade que possuem".

Mas vejo que um dos motivos pelos quais muitos cristãos estão preocupados com as eleições, é porque querem a todo o custo ter paz apenas pensando em sua família, suas finanças, suas propriedades, sua vida passageira nesta terra, focada apenas no que é natural. 
E sua esperança está no eleito!
Esquecem que tudo isso que vemos, vai passar. Vai ser destruído. Vai ser desfeito...

II Pedro 3:10-11
"Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas. Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade".

Sim... somos chamados a viver piedosamente, buscando mais santidade, com foco no que é eterno, porque nossa vida realmente começará a fazer pleno sentido quando deixarmos este corpo. 
Enquanto isso, enquanto estamos aqui, Jesus nos chama a armazenar tesouros que sejam eternos.
Se não fosse esse o foco do evangelho, o que fariam nossos irmãos que vivem em regimes opressores nos dias de hoje, que nem mesmo podem cultuar a Deus em liberdade, não podem possuir nada, e se são identificados como cristãos ainda correm o risco de morrer?
Como eles podem prosperar materialmente em um regime assim? Na verdade, são convidados a ser prósperos para a eternidade! Como nós também somos!

Lucas 12:20-21
"Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus".

Essa é a verdadeira prosperidade que o cristão deve ter em mente quando pensa realmente no que é a vida. Sim, aqui onde estamos e em outros países como o Brasil, ainda é possível ter certo sossego  para viver, e para desenvolver uma vida quase que normal, se é que sabemos o que é uma "vida normal"...
Mas não sei mais até que ponto isso é bênção para nós, porque (em tese) somos mais de 40 milhões de (supostos) evangélicos, que, (infelizmente) não fazemos a menor diferença espiritual em nosso país. Digo isso apenas considerando a política nacional, o que a mídia produz e é largamente aceito, a sociedade e seus valores presentes e o evangelho que é vivido e pregado aqui... estou errado?
Sim, o motivo pelo qual os cristãos engajados na política estão quase que desesperados para "emplacar" seus candidatos é porque acreditam sinceramente que a solução para o nosso país está nas pessoas que julgam ter as melhores propostas. A melhor ideologia. O melhor caráter. A melhor postura de liderança. Acreditam piamente que esses homens e mulheres são a solução para nós. Será?
Não! Estas pessoas definitivamente não são a solução para o Brasil, senão que a solução para o país é a nossa oração... Afinal quem estabelece e remove reis é O Senhor! 
Sempre foi e sempre será assim. Mesmo no regime democrático.
Se gastássemos mais energias para orar como cristãos genuínos e se depois, em segundo plano, mas ainda em oração, avaliássemos as agendas e os programas de governo dos candidatos para votar, aí sim estaríamos em uma melhor perspectiva espiritual.
Decididos a enfrentar afrontas pela oração, pela pregação da Palavra, por identificação com Jesus Cristo, e NUNCA pelos candidatos... façam-me o favor!
Enfim irmãos...
Creio mesmo ao observar o que está diante de meus olhos nessa eleição que estamos caminhando para os últimos dias... quanto tempo temos? Não sei...
Mas ao ouvir textos bíblicos sendo distorcidos para apoiar candidatos, ver pessoas comprometidas com as trevas falando em diversos púlpitos como "autoridades" por serem candidatos, e ao perceber o nível do debate entre irmãos, muitos deles queridos meus, fico realmente perplexo.
Vejo que tudo isso faz parte do cenário apocalíptico que tenho acompanhado nos últimos anos, e registrado aqui para os que passam por este Blog já há mais tempo.
Que Deus nos ajude a passar firmes por tudo o que vamos passar nos próximos tempos...
Que Ele tenha misericórdia de nós e que enquanto isso nos levante pelo Seu Espírito para sermos os ministros da reconciliação à qual fomos chamados.
Que caia por terra toda a divisão, facção e semeadura de divisão entre irmãos!
Que sejamos ministros da Reconciliação, em Nome de Jesus!
Sim, precisamos compreender que há uma transformação de tudo o que conhecemos em curso, e que, na verdade, já está diante de nossos olhos... você não consegue ver?
Veja os sinais!

Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

UM CANDIDATO VALE MAIS QUE SEU IRMÃO?




Para as próximas eleições, os eleitores, ou em especial, os partidários mais agressivos, estão absolutamente seguros de suas posições políticas. 
Cada dia mais!
Seus candidatos são os melhor preparados, os mais honestos, com a melhor biografia e, sem eles, não há esperança para o Brasil.
Precisam ser eleitos para o bem dos nossos filhos e netos! Para consertar o que está aí...
E levam isso a sério a tal ponto que o desencanto e a ansiedade invadem suas vidas ao simplesmente imaginarem a possibilidade de seu ungido não ser o próximo presidente da república do Brasil...
E o horror: imaginar que o pior candidato (segundo sua opinião), seja o eleito!
E embora muitos dos adversários apontem diversas transgressões supostamente verdadeiras, públicas e por todos conhecidas acerca de seu preferido, estão seguros que tudo o que há contra o seu ungido, é uma farsa. São claramente "FakeNews" que, ainda que eventualmente venham a ser comprovadas como verdadeiras, são claramente insignificantes perto das iniquidades reais, indiscutíveis e incomparáveis dos candidatos adversários. Quaisquer que sejam. 
E o tempo provará quem têm razão!
Ainda que até mesmo o STF, o STJ, TSE, o "STJD", e a CONMEBOL, ou se for o caso, até mesmo a FIFA, a ONU e a UNESCO venham a acolher e aprovar os recursos às instâncias superiores (pelo menos as terrestres) condenando-os sem qualquer outra possibilidade de recurso, nem mesmo a Bíblia(!) os fará mudar de ideia.
Seu candidato é o melhor e os demais são abomináveis.
Na verdade, o seu candidato é o próprio salvador da pátria. Não há vida inteligente fora dele, não há esperança sem ele, não há solução para o Brasil em nenhum outro, senão em seu plano de governo. "Sem ele, nada do que precisa ser feito se fará!"
Mas em cantos opostos, agora há irmãos na fé. 
Capazes até de romper uns com os outros em favor de alguém que não conhecem, a não ser de ouvir falar pelas mídias, ou por pessoas pagas para divulgar sua imagem institucional. Seu plano de governo. Suas ideias. Sua página do Facebook.
Sim, em cantos opostos, agora há irmãos na fé. 
Capazes de se tornarem inimigos, mesmo sendo pessoas que professam a mesma fé, no mesmo evangelho, no mesmo Senhor e Salvador Jesus Cristo. Com opiniões políticas (?) divergentes...
Em cantos cada vez mais opostos há irmãos na fé.
Escolhendo o adversário errado, o inimputável errado. O salvador errado! "Se a nossa esperança em Cristo se resume a essa vida, somos os mais infelizes de todos os homens" (I Coríntios 15:19).
Se há um lugar em que a unidade deve existir, é entre os irmãos de fé em Jesus Cristo.
Se há uma esperança para o nosso país, é na unidade destes irmãos de fé, orando pela nossa nação.
Se há uma esperança para o nosso país, é nós, os que cremos, votarmos segundo nossas consciências, nossas ideologias e nossas preferências enquanto cidadãos brasileiros, sabendo que QUALQUER UM QUE FOR ELEITO, poderá ou não ser uma bênção para o Brasil.
Isso vai depender de nossas orações.
QUALQUER UM sim! Sabe porquê?
"Porque bendita é (APENAS!) a nação cujo Deus é O Senhor." (Salmo 33:12) E de todas as nações atuais e contemporâneas, qualquer delas hoje, incluindo a nossa, Ele não O é...
Ele não é O Senhor segundo o coração delas e dos governantes, embora seja Senhor sobre TUDO!
Assim, o eleito, qualquer que seja, não tem poder algum para fazer nada durável ou abençoador SE O Senhor não nos abençoar "através" dele. 
QUALQUER UM!
O eleito, qualquer que seja, não controla todas as variáveis...
O eleito, qualquer que seja, não tem poder para transformar vida e caráter de quem está ao redor, ou de quem são seus interlocutores... como saber?
O eleito, qualquer que seja, tem, sim, poder para ser presidente da república, mas terá que negociar com o congresso, com o sistema financeiro, com a imprensa, com a população, com seu partido, com os agentes internacionais, com as sociedades secretas, com o mundo espiritual, com ...
E aí, talvez, consiga implantar partes de seu programa de governo para o qual foi eleito, (aquele que ele disse que vai cumprir e muitos acreditam...) plano que é falível como todos os demais que vem do coração do homem, que não Lhe são sujeitos, e não O agradam, diz O Senhor... (Provérbios 5:10, Isaías 30:1, Salmo 51:10)
Mas QUALQUER UM pode ser o caminho da bênção para a nação... sabe porque creio?
Porque TODA a autoridade vem do Senhor – mesmo aquela que você não elegeu - (I Pedro 2:13-14, João 19:10-11, Romanos 13:1-6), e ainda que o que for eleito venha a ser um péssimo governante e leve o país a algo ainda pior do que vivemos hoje, não necessariamente será porque "não sabemos votar", mas porque O Senhor também traz juízo sobre as nações pelos seus pecados. E o faz até mesmo através de governantes ímpios, os quais Ele mesmo Se encarrega de julgar depois...
E nesse caso, de uma eventual eleição de alguém que não seja uma bênção para o Brasil, a culpa não será nossa enquanto "eleitores" em "urnas eletrônicas seguras e confiáveis", mas será nossa culpa enquanto nação! Pelos pecados nacionais!
Enfim, queridos e queridas, irmãos e irmãs...
Vamos divergir, vamos debater, vamos expor nossas opiniões e nossas ideias sobre quem, em nossa visão, deve ser o próximo presidente, e também governador, senadores e deputados... 
Mas não vamos romper com nossos irmãos, nem vamos nos levar a sério demais como eleitores...
Vamos nos levar a sério como intercessores, porque Deus nos vê assim, (I Timóteo 2:1-4) lembrando que a solução para o Brasil passa por concordarmos acerca de que Quem deve reinar sobre o Brasil é O Senhor Jesus, e que são as nossas orações a chave para que isso aconteça.
Passa também por haver em nós arrependimento pelos pecados nacionais, como tantos ministérios cristãos sérios e influentes tem profetizado e ensinado ao longo de anos... Arrependimento do qual estamos longe enquanto nação! Ou não?
Para que Ele se agrade de nós, e abençoe o Brasil através de QUALQUER PRESIDENTE eleito.
Oremos pela nação, para que haja paz, e tenhamos paz também... (I Timóteo 2:1-4 e Jeremias 29:7).
O adversário não é o irmão que vota diferente do que pensamos, mas é aquele que "veio para roubar, matar e destruir" (João 10:10a) e que, lembre, inspira "aquele que semeia contendas entre irmãos", (Provérbios 6:16 e 19) a quem O Senhor ABOMINA!
Até porque, repito, "se a nossa esperança em Cristo se resume a esta vida, somos os mais infelizes de todos", segundo ensina o apóstolo Paulo (I Coríntios 15:19).
Lembremos ainda que "nossa pátria (definitiva) está nos céus, de onde aguardamos O Salvador, que é Jesus Cristo, O Senhor"! (Filipenses 3:20-21)
Sejamos os melhores brasileiros que pudermos ser, porque devemos ser (Romanos 13:1-6)...
Mas sejamos os melhores cidadãos do Reino, para a eternidade, porque é isso que importa...
Posto esse texto no blog, porque o que vejo nesses dias reflete um dos tantos aspectos que, creio, são parte da Agenda das trevas para os últimos dias. Tempos em que podemos ver claramente a (necessária?) globalização e o (fundamental) enfraquecimento das nações e seus governantes; a manifestação cada dia mais clara da Agenda 2030 quanto a sua influência em diversos temas que geram discussões políticas, sociais e religiosas, sendo súbita e violentamente harmonizadas em todas as nações simultaneamente... além de serem defendidas por políticos (explícita ou implicitamente) de quase qualquer ideologia partidária, apoiados por comunicadores dos meios de comunicação (e manipulação subliminar?) de massa, através das (poucas) agências de notícias e mídias diversas (supostamente?) plurais, mas controladas por poucos.
Sim,esses são os visíveis entre outros tantos ingredientes menos visíveis, que emergem claramente nas discussões destes conteúdos em nossos dias, e nas análises dos formadores de opinião "famosos". Mas veja bem... tudo isso é APENAS a minha opinião, é como eu (ainda) exerço (enquanto posso) o meu direito de interpretar (ainda livremente) o que eu vejo. Você não consegue ver?
Veja os sinais...
Vote bem! Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

ACELERANDO A INVERSÃO DOS POLOS MAGNÉTICOS DA TERRA




Ao longo destes anos estudando profecia bíblica e acompanhando seu impressionante cumprimento na vida diária, procuro observar as reações das pessoas ao redor.
Algumas embora percebam que muita coisa muda rapidamente ao redor, mas fazem de conta que nada acontece. Outras exageram e transformam qualquer coisa em algo apocalíptico, mesmo quando não há o menor fundamento para fazer tal associação.
Já algumas pessoas que até professam ser cristãs, e talvez sejam mesmo, sabem mais dos "Illuminatti", de teorias da conspiração, de previsões das trevas, Nostradamus, e até mesmo uma série de outras linhas quase que esotéricas e ufológicas, são incapazes de associar nada disso com textos bíblicos claros. Pelo simples fato que não os conhecem! 
Se pelo menos fossem cristãos de linha teológica diferente das predominantes, e discordassem teologicamente, seria melhor, mas nem mesmo uma linha teológica tem. Estão imersos em confusões que levam muitos a marcar datas, associar eventos que supostamente irão acontecer como parte daqueles que desencadearão no fim do mundo, e em assim fazendo, porque nada se cumpre, lançam cada vez mais descrédito, frieza de coração e desencanto no coração daqueles que sabem pouco, mas tinham um fio de esperança para crer... e se perdem.
Mas há outros, dos quais espero, sinceramente, fazer parte, que são os que buscam sinceramente entender o que acontece, mas procuram associar apenas com A Palavra, mais que qualquer coisa.
Como já disse aqui no Blog, comecei a aprender sobre profecia bíblica em 1974 quando era ainda um adolescente. O que tínhamos naquela época era os textos bíblicos que apontavam para um futuro distante, e alguns pastores apresentavam interpretações que naquela época não podiam ser questionadas nem comprovadas. Era apenas um estudo de conhecimento dos textos sobre o futuro. Assim, o que importava mesmo era o nome de quem pregava, porque se fosse alguém importante e influente, sua tese teria mais facilidade de ser aceita que a de alguém mais desconhecido. E reconheço que muitos fizeram trabalhos brilhantes, como nossos irmãos ainda dos séculos XVIII e IX, que acertaram em muitas coisas acerca dos últimos dias, e contribuíram para nossos estudos de hoje. Pelo menos ainda na perspectiva que vivemos, em meu caso, mais de quarenta anos depois, embora algumas das impressões somente saberemos em algum tempo que pertence apenas a Deus, quanto a sua assertividade. Enquanto outros tantos, estavam errados, mas nenhum problema nisso já que claramente, "ainda não era o tempo, embora, creio, agora já seja"!
Assim que quando me senti encorajado a escrever esse Blog, demorei um pouco até ajustar com clareza minha, digamos, "linha editorial", o que acho pretensioso demais para minha capacidade, mas pelo menos define com clareza o que quero publicar nesse espaço. O que procuro ter como foco aqui é a observação de fatos impactantes e públicos, e associá-los a textos bíblicos do contexto dos últimos dias, para que eu possa contribuir com os que estudam com sinceridade e mente aberta. 
Quero compartilhar aqui minhas impressões sobre, segundo minha visão, o avançado da hora. Creio que fazendo assim, vou poder colaborar com quem estuda. Mas quero, principalmente, se Deus me permitir, trazendo pessoas aqui para ler estes textos, chamar a atenção dos que não entenderam ainda tanto, que tudo vai mudando rapidamente em nossos dias. Que os cientistas de tempos em tempos atualizam e publicam informações que nos afetam, e que podemos (e devemos) associar essas informações deles comestes textos de dois ou três mil anos atrás, que falam claramente sobre o que eles acabaram de descobrir ou decidiram divulgar, porque provavelmente já sabem há muito tempo.
E isso é o que aconteceu essa semana, e que recebi de uma amiga querida aqui do Blog.
A matéria científica saiu no UOL do dia 21 de agosto de 2018, cuja imagem ilustra esse post. 

A questão da inversão dos polos magnéticos da terra!

Esse tema é algo que me aflige há alguns anos, desde quando entendi sua realidade profética. Sim, um dia algo vai acontecer com nosso planeta que será muito parecido com a interrupção súbita de seu movimento de rotação, dando início a um movimento de rotação no sentido oposto ao de hoje. Assustador não?
A matéria científica publicada no UOL fala sobre o tema, e afirma ainda mais, que algo assim já aconteceu há milhares de anos, fala também sobre breves inversões que não chegaram a afetar a vida da humanidade, mas sinaliza para a possibilidade desta inversão severa acontecer em um tempo futuro mais próximo do que eles esperavam anteriormente. Dizem isso, sem especificar datas.
O que acho interessante na matéria é que não citam ninguém nem qualquer outra instituição além do cientista alemão Jurgen Matzka, o que não é problema se você pesquisar seu trabalho. Para mim, apenas acrescenta pois já li muito a respeito, e não tenho dúvidas sobre o tema. Mas para quem nunca leu nada parecido, fica algo que embora pareça sério, porque afinal de contas o UOL Ciência (e outros sites brasileiros) publicou, pode parecer algo duvidoso por ter poucas fontes. E também parecer um assunto "indigesto", assustador, e não necessário para a vida diária.
Bem, para mim que estou acostumado a observar isso, não é estranho. Me parece que a mídia quando decide publicar algo assim, assume uma posição mais distante, com o objetivo, penso, de se eximir de sua responsabilidade futura de não ter avisado a todos o que teve acesso. De que esta possibilidade da matéria publicada (no caso em tela, a inversão dos polos) existe, mas por outro lado, não se associa aos "conspiradores" que falam que algo assim vai acontecer - porque nem tudo que os "conspiradores" falam é "FakeNews" - e a comunidade científica sabe disso.
Tenho lido muito sobre o problema do enfraquecimento do campo magnético da terra nos últimos anos a uma velocidade sem precedentes. Embora não tenha formação na matéria, e conhecimento básico sobre o assunto, vejo que apesar de muitos cientistas não terem certeza quanto aos motivos, eles creem que há alguma coisa já acontecendo "lá fora", seja a partir de algum ponto no espaço, ou até mesmo a partir do sol, que afeta a performance do nosso "escudo de proteção" ao redor da terra. A causa exterior segundo eles, afeta não apenas o que acontece no "em torno da terra" e tem efeitos na terra, mas também afeta o núcleo do planeta, como afirma a matéria.
Sim, alguma coisa lá fora nos afeta “aqui dentro”!
E sim, há também algum conflito entre as linhas de compreensão das escolas científicas e há também interpretações diversas de quais seriam os efeitos no planeta. Alguns até tem dúvidas de que algo assim realmente aconteça, enquanto outros estão certos que sim, é possível, e acontecerá em breve.
E diante disso, quero me posicionar aqui enquanto responsável pelo conteúdo do Blog porque diante do que eles e outros publicam, adquiri a convicção que o que estamos vendo é profético. 

Sim, tenho CERTEZA que vai haver essa inversão dos polos ou algo parecido! 

Como pode ser isso? Como posso estar seguro de algo que entre os cientistas não há convicção ou, se há, eles tem receio de publicar o que sabem? Bem, por um motivo muito simples. 

A Bíblia fala sobre algo muito parecido com isso. Assim sendo, creio porque a Bíblia diz!

E quero compartilhar essa impressão que adquiri pelos estudos que tenho feito nos últimos anos, que me levaram a firmar essa convicção, para sua consideração, para que você chegue a suas próprias conclusões.
Antes de avançar, veja que há, digamos, 40 anos, seria impossível pensar que algo assim pudesse acontecer com o nosso planeta, inverter a rotação de seus polos magnéticos, ou algo semelhante. Seria impossível! Mas hoje, pelas descobertas científicas espaciais, pelas informações dos satélites geoestacionários, dos telescópicos de última geração que estão em órbita e além, e ainda pela ciência da computação que permite a elaboração em questão de segundos de cálculos que antes levariam anos, podemos hoje entender coisas que antes não era possível nem sonhar...
Tendo isso em mente, a sofisticação das informações, a conclusão científica de que há uma inversão dos polos magnéticos em curso, e dos impactos possíveis de uma mudança dessa magnitude, quero que você conheça ou reveja textos bíblicos que se tornam claros e dão suporte para nossa análise das informações científicas da matéria que é conteúdo do post de hoje. Veja comigo:

Jó 38:31-33
"Ou poderás tu atar as cadeias do Sete-estrelo ou soltar os laços do Órion? Ou fazer aparecer os signos do Zodíaco ou guiar a Ursa com seus filhos? Sabes tu as ordenanças dos céus, podes estabelecer a sua influência sobre a terra?"

Escolhi esse verso para começar, porque aqui temos algo importante para associar com outros textos: as referências literais às constelações de Sete-Estrelo e Órion, e Deus ensinando a Jó que as ordenanças ou leis dos céus "espaciais" têm influência sobre o que acontece aqui na terra. E podemos pensar ou saber que Ele associa essas constelações a algo que influencia nosso planeta. E podemos pensar ainda que Jó não sabia naquela época, porque ainda não era o tempo, mas nós podemos saber hoje, por que é a hora... será?
Veja que existem apenas três textos com as mesmas constelações mencionadas, e vamos ver os demais para perceber que o que vai acontecer na terra no futuro, está associado por algum motivo a elas. Deus registrou para que saibamos que literalmente ou por figura, seus efeitos na terra serão exatamente os mesmos que estamos vendo nessa matéria do UOL, e que já li em tantas outras!

Amós 5:7-9
“Vós que converteis o juízo em alosna e deitais por terra a justiça, procurai o que faz o Sete-estrelo e o Órion, e torna a densa treva em manhã, e muda o dia em noite; o que chama as águas do mar e as derrama sobre a terra; SENHOR é o seu nome. É ele que faz vir súbita destruição sobre o forte e ruína contra a fortaleza.”

Veja que Ele convida as pessoas a procurá-lO, pois é Ele quem torna densas trevas em manhã e muda o dia em noite. Veja que de alguma maneira, ele associa isso às constelações ou "algo que venha em nossa direção a partir delas", e o resultado, aparentemente, é a noite ser mudada em dia e vice-versa, e, claro não estamos falando em eclipse! Diante do texto científico do UOL, há,  aparentemente, uma inversão da rotação do planeta, e assim, o amanhecer se tornará em noite em um lugar da terra, enquanto o anoitecer em dia em outro... percebe? 
Aparentemente algo vai influenciar a terra para inverter seu curso... e mais. As águas do mar serão lançadas sobre a terra, reforçando, aparentemente, essa impressão de uma súbita inversão de curso do movimento do planeta, além de seus efeitos magnéticos sobre as marés...
Mas ainda há mais. Venha comigo, por favor. Há mais informações neste outro texto:

Jó 9:5-10
“Ele é quem remove os montes, sem que saibam que ele na sua ira os transtorna; quem move a terra para fora do seu lugar, cujas colunas estremecem; quem fala ao sol, e este não sai, e sela as estrelas; quem sozinho estende os céus e anda sobre os altos do mar; quem fez a Ursa, o Órion, o Sete-estrelo e as recâmaras do Sul; quem faz grandes coisas, que se não podem esquadrinhar, e maravilhas tais, que se não podem contar.”

Novamente Deus associa as mesmas constelações ou algo que venha em nossa direção a partir delas, com sua decisão de remover a terra, o planeta, de "seu lugar", o que é algo sem precedentes. Parece que Ele o fará como reflexo de algo que acontecerá no espaço, e veja que "o sol não sai", e até mesmo os montes serão removidos de seus lugares. Podemos pensar que estarão acontecendo terremotos sem precedentes e em escala planetária. Sim, o cenário é assustador.
E veja que isso é exatamente o que acontecerá quando, segundo outros cientistas, essa inversão de polos magnéticos definitiva ocorrer. Aparentemente, eles recentemente começaram a nos dar pistas do que pode acontecer, e agora começam a informar que isso pode se tornar uma triste realidade "antes do que previam", embora não deem datas. Ainda... E mais.
Agora que entendemos pela Palavra o que acontecerá quando algum fenômeno sobrevier associado a Orion e ao Sete Estrelo, com efeitos espantosos na terra, podemos comparar outros textos que nos descrevem os mesmos fatos, (associados, claro, à Sua ira) mesmo que não mencionem as constelações, e podemos compreender que estão associados a mudanças das mesmas ordenanças celestiais, porque afetam a terra da mesma maneira:

Amós 8:9
"Sucederá que, naquele dia, diz o SENHOR Deus, farei que o sol se ponha ao meio-dia e entenebrecerei a terra em dia claro."

Sim, novamente efeitos no dia e na noite. Mas esse texto é mais claro! Deus fará com que o sol se ponha ao meio dia e a terra escureça. Para isso se cumprir, entendemos que parte do verso acontecerá em um lado do planeta, e a outra parte, no outro lado. Mas A Palavra do Senhor terá seu único cumprimento simultaneamente. E mais:

Isaías 24:18b-20
"... porque as represas do alto se abrem, e tremem os fundamentos da terra. A terra será de todo quebrantada, ela totalmente se romperá, a terra violentamente se moverá. A terra cambaleará como um bêbado e balanceará como rede de dormir; a sua transgressão pesa sobre ela, ela cairá e jamais se levantará."

Algo acontecerá no alto que será como que "represas celestes abertas", e então os fundamentos da terra tremerão! Seria alguma referência ao nosso campo eletromagnético que "represa" e nos protege de muitas coisas do espaço exterior? Será?
Bem, o fato é que como consequência disso, a terra se moverá de sua órbita, "cambaleando como um bêbado", combinando literalmente com o texto de Jó, logo acima, quando lemos que a terra "sairá de seu lugar"... Será?
Bem amigos do Blog, para mim, esse tema da inversão dos polos magnéticos tem muito fundamento bíblico, e poderíamos associar ainda outros textos. Esse é, para mim, o motivo pelo qual levo muito a sério essas notícias científicas, e procuro estar atualizado acerca delas. 
Outros efeitos que cientistas dizem são os mesmos que encontramos em Mateus 24, e outros textos que descrevem o Juízo, ou ainda, associado ao próprio texto de Jó 9, a Ira.
Isso não significa que estou marcando datas, mas que sim, se percebermos aumento de atividades sísmicas e vulcânicas, podemos pensar que esta influência das ordenanças dos céus sobre a terra está em curso, afetando o núcleo do planeta... E que se isso for verdade, estes efeitos visíveis irão aumentar gradualmente em sua intensidade exatamente como "dores de parto", expressão usada pela Palavra como "figura" acerca dos últimos dias.
Bem amigos, quem está prestando atenção vê que tanta coisa já acontece ao redor, tantas que não podemos mais ignorar que o planeta está mudando dramaticamente, embora a imprensa apenas nos diga que estamos vivendo "extremos climáticos" ou "fúria da natureza", sem explicar qual a causa. Seria mesmo "apenas efeitos da mão do homem"? Enfim, você já entendeu meu ponto...
Quero chamar sua atenção para acompanhar as notícias sobre "inversão de polos magnéticos da terra", ou "enfraquecimento do nosso campo eletromagnético" com outros olhos.

Com informações bíblicas para comparar. 

E quero encorajar você a observar os "extremos climáticos" e as atividades vulcânicas e sísmicas pensando na profecia bíblica como "causa de fundo". Confira sempre os acontecimentos com A Palavra de Deus e não apenas com as opiniões dos especialistas.
Sim, meu convite é o de sempre: Veja os Sinais!
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

domingo, 22 de julho de 2018

UMA PALAVRA PROFÉTICA DE ENCORAJAMENTO



Além de escrever aqui desde 2010, tenho compartilhado em minha página do Facebook uma meditação que chamo de “Manhãs de Domingo”, que é uma reflexão semanal que publico há pouco mais de dois anos, com o desejo de inspirar as pessoas a congregarem em suas igrejas locais.
Além disso, escrevo uma meditação diariamente, baseada nos versos em sequência do livro de Provérbios, com aplicação para a vida prática. E fazer isso, registrar um breve texto para inspiração daqueles que Deus me dá alcançar, como faço há quase seis anos, tem normalmente uma carga emocional mais leve para mim.
Hoje porém (um domingo quando escrevo), excepcionalmente, escrever esse texto foi algo tão intenso em meu coração que senti de transformar em um post especial aqui para o Blog. E você vai entender ao ler até o fim.
Fazia tempo que não escrevia no Blog, embora tanta coisa aconteça ao redor, e hoje entendi porque...
Aos domingos é sempre mais complexo do que escrever para a vida diária, porque sou levado não mais a pensar em pessoas iniciando seu dia de vida, de trabalho, em família e algo assim...
Eu penso no que acontece no final de semana na vida da Igreja. Nas igrejas locais...
E então, eu escrevo algo não apenas para a minha igreja, mas sim, para todos aqueles que O Espírito Santo direcionará a passar pela minha página e, neste texto, aqui pelo Blog.
Pessoas que são da Igreja de Jesus Cristo, a Única, da qual a igreja local que pastoreio é apenas uma pequena parte.
A igreja de Jesus é Única, e não está dividida porque se Ele é O Fundamento, A Pedra de esquina, O Cabeça, estamos falando do mesmo “edifício espiritual”.
Vejo a Igreja Única de Jesus manifesta visivelmente como tantos veem, em endereços “locais”, maiores ou menores, vivendo a vida cristã, crescendo, alcançando e discipulando vidas a Cristo, ensinando A Palavra, experimentando momentos congregacionais poderosos de adoração, sendo cheias e crescendo no Espírito Santo, envolvidas em ação social e missões, e sendo preparadas dia a dia para encontrar com Jesus.
Mas também vejo outras tantas praticando um evangelho que me parece tão distante do que recebemos pela Palavra. A graça para nossa salvação sendo transformada em uma liberdade para se viver como quiser enquanto supostamente alcançados por ela.
Quase que liberados para pecar!
E isso me parece tão longe do evangelho, que me preocupo se quem vive assim realmente nasceu de novo. Não, não falo de obras para a salvação porque isso é impossível. Salvação somente pela Graça, pelo preço pago pela obra poderosa de Jesus Cristo na cruz.
Falo de obras porque fomos salvos para viver na prática delas. Para expressar e manifestar uma vida transformada. Nossa gratidão! E falo de buscar receber em nossas reuniões como Igreja, também palavras de confronto e encorajamento para sermos transformados.
Não digo produzir uma palavra exterior para nos forçar a uma transformação interior incompatível, mas justamente porque há uma transformação interior em andamento, também vamos amar ouvir palavras de confronto e encorajamento para nos fortalecer e para manifestarmos essa transformação que está em curso desde nossa conversão.
Quem não nasceu de novo ou vive na carne rejeita esse tipo de palavra como se fosse religiosidade ou algo associado ao desejo de se fazer algo pelo braço. Ou como se fosse um julgamento! Não é isso...
Quem nasceu de novo e quer viver no Espírito, entenderá exatamente o que digo, e sabe também que muitas vezes se sente até desencorajado, porque vislumbra o alvo maior que quer alcançar, mas se percebe ainda longe dele.
E é com você que quero falar hoje, para encorajar a prosseguir nessa direção porque esse sentimento de inadequação é exatamente o que precisamos viver aqui até Aquele Dia!
Se você tem esse sentimento de que ainda não é o suficiente, você está no caminho certo.
Se você se sente frustrado quando se sente assim, mas percebe que isso não ecoa e não se transforma em apoio de outros cristãos que vivem uma vida rasa, você está no caminho certo.
Se você sente até mesmo solidão, tantas vezes!
Se você se sente assim, é com você que quero falar através deste texto!
Saiba que essa é a luta de quem nasceu de novo verdadeiramente, e que entende exatamente que precisa experimentar e manifestar mais do que está vivendo agora. E é exatamente essa impressão no coração deve nos impulsionar para irmos além.
Para enfrentar nossa carne, para viver nossos dias aqui em busca constante por alcançar a vida para a qual fomos comprados por alto preço.
De alguém que está no mundo, mas não é mais do mundo...
Não permita que o inimigo de nossas almas faça você parar ou desanimar, pelo contrário. Saiba que esse desejo interior e esse confronto exterior para que você retroceda é exatamente o que as trevas querem gerar em seu coração porque ao permanecer nessa direção, você se tornará alguém muito perigoso para seu “sistema” que já está estabelecido hoje.
Ser esta pessoa é exatamente o que Deus espera de mim e de você, e é exatamente por isso que não podemos retroceder, nem parar, senão que precisamos avançar contra tudo o que nos impede de sermos quem fomos chamados para ser, para a glória dEle!
Não retroceda. Não desanime. Não aceite propostas cristãs baratas de vida espiritual, senão que busque aquelas que motivam você a ir além. Há muitas pessoas que se sentem como você e eu nos dias em que vivemos. Deus vai nos por em contato pelo Espírito para que possamos nos encorajar uns aos outros. Oro para que o Blog também possa ser um ponto de contato.
Não se permita acolher pensamentos de que você está “exagerando” em sua busca por santidade, que a vida está passando e você “não aproveitou” tudo o que poderia dela, quando isso significa abraçar o sistema do mundo.
Seja sua alma fortalecida no espírito pelo Espírito Santo de Deus!
Seja sua carne sujeita ao seu lugar, para que naquele Dia, quando estivermos diante do Senhor possamos entender que valeu a pena ter corrido a carreira de maneira decidida.
Que possamos nAquele Dia ter algo para receber de Suas mãos para depois depositar a Seus pés. Então a vida eterna estará apenas começando...

Filipenses 3:13-14
“Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

Deus abençoe!

quarta-feira, 9 de maio de 2018

ISRAEL 70 ANOS!



E sim, no próximo dia 14 de maio a nação de Israel estará celebrando a emblemática marca de 70 anos de ressurreição. Sim, o vale de ossos secos recebeu vida, e o que era impossível, aconteceu. 

Ezequiel 37:12-14

"Portanto, profetiza e dize-lhes: Assim diz o SENHOR Deus: Eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu, e vos trarei à terra de Israel.  Sabereis que eu sou o SENHOR, quando eu abrir a vossa sepultura e vos fizer sair dela, ó povo meu.  Porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e vos estabelecerei na vossa própria terra. Então, sabereis que eu, o SENHOR, disse isto e o fiz, diz o SENHOR". 

A Palavra do Senhor se cumpriu, como sempre se cumpre, porque Ele mesmo vela por Sua Palavra, e também porque o cenário profético em algum momento tinha que se cumprir...
Os estudiosos de profecia bíblica antes de 1948 tinham um grave problema para lidar, para uma melhor compreensão da agenda dos últimos dias, pela ausência de Israel em sua terra.
Não havia como formar um cenário profético mais claro, nem como passar a pensar de alguma forma que o tempo estava sendo abreviado. Havia apenas um exercício de se tentar entender alegoricamente as figuras proféticas, e/ou mesmo comparar Hitler, ou a peste negra, ou ainda chuvas de meteoros e terremotos com os conteúdos apresentados na Bíblia. 
Ainda assim chegaram a conclusões admiráveis, possíveis somente pela revelação do Espírito Santo a santos homens e mulheres que estudaram a Bíblia com sinceridade... 
Mas ainda não era a hora...
Sem Israel restabelecido em sua terra de herança, não havia cenário profético possível, porque muito do que ocorre na profecia bíblica dos últimos dias diz respeito a eles... 
A angústia de Jacó (Jeremias 30:7) é pano de fundo para a Grande Tribulação, e a profecia de virem a existir como nação em “um só dia” (Isaías 66:8) precisava se cumprir antes...
Sim, creio que o cenário profético está cada dia mais pronto a partir de Israel restabelecido, e entendo que devemos observar os fatos políticos, tecnológicos e astronômicos ao redor, como marcadores de tempo muito mais claros, e dados por Deus para chamar a nossa atenção para o avançado da hora.
A TETRAD como escrevi aqui, não poderia ser considerada um marcador de tempo sem Israel na sua terra. Afinal, as Festas de Páscoa e Tabernáculos dizem (gritam?) algo a Israel, que conhece muito bem as Festas que a Igreja deveria conhecer melhor...
O ano profético de 2017, como escrevi aqui,  não seria considerado um marcador de tempo sem Israel em sua terra.
As excentricidades de Trump comprando a briga para mudar a capital para Jerusalém, como escrevi aqui, e agendar sua inauguração para o próprio dia 14 é algo importante profeticamente porque pode literalmente por fogo no mundo...
Também sua posição em declarar apoio à reconstrução do Templo, como escrevi aqui, em um post muito lido, também é incendiária.
Até mesmo agora, recentemente, subiu a temperatura ao anunciar a saída do equivocado (?) acordo nuclear com o Irá. 
Afinal todos estes movimentos geram como efeito colateral ameaças contra Israel, e somente podem estar acontecendo diante de nossos olhos, porque estão de volta a sua terra...
Ou não? 
A questão da moeda tecnológica em blockchain, abraçada agora pelo Goldman Sachs e outros bancos americanos em breve, não seria considerada um marcador de tempo, para o avanço da moeda digital e única, profética, como ainda estou acompanhando com muita atenção para este ano de 2018, e escrevi aqui, sem Israel estar em sua terra.
Enfim, até o próprio dia 14, e a partir dele, há muita coisa para acompanharmos. 
Afinal, líderes terroristas ameaçaram Israel de atentados até o dia do seu aniversário. Imagino que dia 14 será um dia de alerta máximo por lá. Será que algo vai acontecer?
Será que embaixadas de países de menor força política como a Guatemala e Paraguai que se estabelecerão lá até o final do mês, poderiam ser alvos alternativos para causar uma comoção mundial e ameaçar os Estados Unidos?
Bem, aguardemos os próximos dias. Agora falta muito pouco tempo para sabermos...
E, claro, o fato de passarmos por todos estes marcadores de tempo sem que algo aconteça não significa que nada aconteceu, porque não necessariamente algo deveria acontecer nestas datas porque não são bíblicas...
O que importa, a meu ver, é que o fato de passarmos por todos esses claros marcadores de tempo nos leva a poder entender que faltam cada dia menos deles para percebermos que chegou "A Hora"...
Afinal, sinais ao redor não faltam. Não consegue ver?
Veja os sinais...

Deus abençoe,

Haroldo Maranhão