quinta-feira, 17 de novembro de 2016

PAZ E SEGURANÇA! NETANYAHU E TRUMP...



​"Irmãos, relativamente aos tempos e às épocas, não há necessidade de que eu vos escreva; pois vós mesmos estais inteirados com precisão de que o Dia do Senhor vem como ladrão de noite. Quando andarem dizendo: Paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vêm as dores de parto à que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão”
I Tessalonicenses 1:1-3

O post hoje é curto, mas importante...
O Jornal Jerusalém Post informa em sua edição de hoje que Netanyahu declarou algo singelo para os estudantes de profecia bíblica!
Em um vídeo enviado para veiculação na Assembleia Geral das Federações judaicas da América do Norte, na última terça feira, Netanyahu afirma que quer trabalhar com Trump nos “interesses gêmeos de paz e segurança"...
A matéria está em inglês, mas mesmo quem não fala o idioma pode constatar a veracidade da fonte.


Sim, nada demais com esta frase.
Sim, muita coisa nesta frase.
O primeiro ministro poderia pedir, por exemplo, algo como: “paz e saúde”, “paz e amor”, “paz e prosperidade”, “prosperidade e segurança”, “saúde e segurança”, “paz para as nações”, “segurança para os povos”...
Mas não!
Mais uma vez, paz e segurança como um "mantra" de um cumprimento bíblico profético.
Que tem sido declarado por diversos líderes nos últimos anos...
Se você fizer sua pesquisa, encontrará ainda mais...


Mas que, agora, porque envolve o novo presidente americano, Donald Trump, que disse apoiar Jerusalém como capital de Israel.
Sim, para mim, este momento com Trump trás uma nova temperatura.
Trump!
Para quem Netanyahu pede apoio para o novo templo.
Que é amigo de Putin, que é favorável ao novo templo.


De quem Nixon disse, em carta, que venceria a eleição a presidente dos EUA se concorresse um dia!


Trump que assume o poder no interessante ano de 2017 para Israel.
O que fará Trump em seu mandato que é tão importante e profético?
Porque estes “gêmeos” aparecem sempre?
Porque novamente agora, e envolvendo Trump e Israel?
Paz e segurança mais uma vez?
Bem, quem usa estas palavras, pelas posições que ocupam, sabem muito bem o que estão dizendo...
Bem, creio que é porque o Senhor está querendo chamar nossa atenção, porque Ele reina sobre tudo, e reina, inclusive, sobre o que eles estão dizendo,..
Como digo sempre: veja os sinais!
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

O TEMPLO, PUTIN, TRUMP E A PROFECIA BÍBLICA


Uma das maiores discussões escatológicas dos que amam profecia bíblica é a questão da reconstrução o terceiro Templo de Jerusalém...
Este tema é tão importante que até Edir Macedo entrou na polêmica ao construir uma réplica de proporções exatas ao original aqui em São Paulo... 
Construção espetacular, é um edifício que não faz o menor sentido em nossos dias, nem para cristãos verdadeiros, muito menos para judeus... 
Será que esta construção de Edir terá ainda algum significado profético para os nossos dias? 
Bem... deixe isso para lá ou para o futuro...
O motivo do post é porque o tema da reconstrução do Templo em Israel está fervilhando nestes dias!
Conteúdo dos mais polêmicos, foi reaquecido nesta semana com a eleição de Trump para a presidência dos Estados Unidos, pelo fato que ele apoiou Jerusalém como capital de Israel, diferentemente de Obama e de Hilary.
Tratei disso no post anterior, que se tornou rapidamente um dos mais lidos da história do Blog. Se quiser ler, acesse o post clicando aqui.
E também porque Putin já havia se manifestado simpático à causa.
Isso fez com que o Sinédrio Nascente se manifestasse publicamente pedindo que Trump e Putin apóiem a reconstrução do Templo. Como "Ciros" contemporâneos...
Você vai encontrar mais sobre isso neste post do ótimo blog do Julio Severo, traduzindo artigo do site "Breaking News Israel".
Este pedido do Sinédrio ecoou pelo mundo como uma trombeta (trump?) apocalíptica. 
Sites, blogs, pastores especialistas em profecia bíblica e outros estudiosos, foram imediatamente eletrificados por este tema ser abordado com tanta intensidade nestes dias tão proféticos...
E assim, os que creem na reconstrução, e os que descartam esta possibilidade, ocuparam suas tribunas eletrônicas e púlpitos das igrejas para apresentar suas razões e contra razões.
E, claro, isso me leva a fazer o mesmo neste espaço. 
Faço porque entendo ser uma honra estar vivo nestes dias, para ver tantas profecias bíblicas se cumprirem diante de meus olhos e me levar a ter a convicção que estamos nos últimos dias...
E mais do que isso, poder ter a oportunidade de contribuir para que outros também formem suas próprias opiniões, baseados em textos bíblicos, é demais de motivador.
Pessoalmente, penso ser difícil firmar uma posição contrária à reconstrução do templo.
Podemos ter divergência quanto à sua função, e veremos isso à luz dos textos bíblicos que apresento mais à frente no post.
Iniciando com o óbvio, sim, é claro que Deus não precisa de um lugar específico para ser adorado e encontrado pelos que se achegam diante dEle...
Ele habita no coração dos que recebem Seu Filho, como lemos aqui:

Efésios 3:18-19 “... a fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus”.

Sim, em Cristo podemos ser tomados da plenitude de Deus, sem necessidade de um endereço físico e isso é claro. Mas esta é a revelação que temos apenas pelo Espírito Santo, O Qual os judeus ainda rejeitam, porque rejeitam a Jesus Cristo como O Messias, e assim não recebem esta revelação nos seus corações...
Ainda aguardam Sua vinda e, por este motivo, ainda entendem que é essencial terem um templo para se relacionarem plenamente com Ele...
Vemos no registro de Lucas em Atos, da morte de Estevão, que isso não é novo...
Quando da conclusão de seu maravilhoso sermão, pregado justamente perante o Sumo Sacerdote e Sinédrio da época, Estevão afirmou que Deus não habita em obras humanas (e o segundo templo estava de pé naqueles dias...), e os confrontou com o fato que eles rejeitavam o Espírito Santo... 
A partir deste momento de sua pregação, eles se enfureceram de tal forma, que o mataram por "blasfêmia", por apedrejamento! Veja o texto:

Atos 7:48-58 “Entretanto, não habita o Altíssimo em casas feitas por mãos humanas; como diz o profeta: O céu é o meu trono, e a terra, o estrado dos meus pés; que casa me edificareis, diz o Senhor, ou qual é o lugar do meu repouso? Não foi, porventura, a minha mão que fez todas estas coisas? Homens de dura cerviz e incircuncisos de coração e de ouvidos, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim como fizeram vossos pais, também vós o fazeis. Qual dos profetas vossos pais não perseguiram? Eles mataram os que anteriormente anunciavam a vinda do Justo, do qual vós agora vos tornastes traidores e assassinos, vós que recebestes a lei por ministério de anjos e não a guardastes. Ouvindo eles isto, enfureciam-se no seu coração e rilhavam os dentes contra ele. Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, fitou os olhos no céu e viu a glória de Deus e Jesus, que estava à sua direita, e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé à destra de Deus. Eles, porém, clamando em alta voz, taparam os ouvidos e, unânimes, arremeteram contra ele. E, lançando-o fora da cidade, o apedrejaram”.

E o texto segue mais um pouco, e vemos em Atos 8:1 que "Saulo consentia em sua morte"... 
Mas atraído por Jesus, ele abriu o coração ao Espírito Santo, recebeu Sua revelação e depois, não mais Saulo, mas Paulo, o apóstolo, escreveu aos Coríntios que sim, o nosso corpo é o santuário do Espírito Santo! Santuário, não feito por mãos humanas... Veja:

I Coríntios 6:19-20 “Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”.

Portanto, nós que cremos em Jesus Cristo como Senhor, O Messias, O Ungido, sabemos disso, porque fomos comprados por preço para a Sua glória! Mas isso não é claro para os judeus desde aqueles dias.
Mas prosseguindo...
Vamos para  a profecia de Daniel, um dos textos mais importantes da Bíblia para nossos dias, e veremos que fica claro (pelo menos para mim...), que em algum momento no futuro, o anticristo fará uma aliança com muitos, dando início à "última semana profética de Daniel"...
Esta aliança incluirá Israel, com certeza, e creio que entre outras medidas de "proteção a Israel", facilitará para que seja reconstruído este templo... E, provavelmente, em um Monte do Templo pacificado, dividindo Jerusalém como capital de Israel e do Estado Palestino... (Será? Bem, é a minha opinião...).

Daniel 9:27 “Ele fará firme aliança com muitos, por uma semana; na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; sobre a asa das abominações virá o assolador, até que a destruição, que está determinada, se derrame sobre ele”.

Mas na verdade, o engano virá, porque o templo não será para eles, judeus, adorarem a Deus, mas, sim, para que ele, o anticristo, seja adorado como Deus neste templo reconstruido... 
O Senhor Jesus lança ainda mais luz sobre este texto (em meu entendimento), no sermão profético:

Mateus 24:15-21 “Quando, pois, virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel, no lugar santo (quem lê entenda), então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes; quem estiver sobre o eirado não desça a tirar de casa alguma coisa; e quem estiver no campo não volte atrás para buscar a sua capa. Ai das que estiverem grávidas e das que amamentarem naqueles dias! Orai para que a vossa fuga não se dê no inverno, nem no sábado; porque nesse tempo haverá grande tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais”.

Alguns que creem na visão preterista e alegórica de interpretar profecia bíblica (escola que respeito, mas da qual divirjo) que entende que este texto já se cumpriu quando da destruição do segundo templo, por volta do ano 70 d.c.
Neste caso, teríamos que aceitar que naquele tempo já teria havido uma "tribulação sem igual. como nunca houve nem jamais haverá" segundo as palavras de Jesus.
Bem, se compararmos "apenas" com o Holocausto da segunda guerra, veremos que houve tribulação maior para os judeus do que quando da destruição do templo (minha opinião), pois, além de tudo, estavam fora da sua terra.... E além disso (creio), ainda não aconteceram os demais sinais proféticos dados pro Jesus na sequencia do capítulo 24 do evangelho de Mateus.
Portanto, (creio) aquela profecia não se cumpriu ainda... mas (SEI) se cumprirá em breve.
Entretanto como não lemos claramente Jesus afirmar que esta "abominação" desoladora acontecerá em um templo, nem Daniel afirmar que será no "templo" na sua profecia, paira a dúvida se estamos mesmo falando do terceiro templo ou não... 
Será?
Bem, diante de todo o movimento político atual, não me parece mais uma questão de SE será edificado um terceiro templo, mas sim, QUANDO...
Eu pessoalmente, creio que será reconstruído...
Mas será que ele vai cumprir este papel profético apresentado por Jesus e referenciando a Daniel?
Será que, embora reconstruído, não seja esta a abominação desoladora que ocorrerá?
Pela profecia sabemos que algo abominável vai ocorrer, em "um lugar santo", que não sabemos aonde será ou como, mas sabemos que será realizada pelo anticristo, quebrando também, simultaneamente, um tipo de acordo ou aliança com Israel.
Eu creio que, reconstruído o templo, não o será para Deus, que não precisa dele, nem pediu sua edificação, mas reconstruído para o anticristo, pelo engano. Porque ele precisa...
Quanto aos estudantes e especialistas de escatologia que negam a reedificação, creio que terão uma dificuldade grande de negar este templo SE ele vier mesmo a ser edificado em alguns meses ou anos à frente...
Se não for reedificado, tudo ficará solucionado diante de outros eventos proféticos futuros.
Mas enquanto isso, o Instituto do Templo tem tudo preparado para sua reconstrução imediata.
Aliás, se você quiser, pode até mesmo fazer este “tour virtual” pelo "futuro" templo agora!


Será que suas reconstrução terá seu inicio já nos próximos meses?
Será que levará, ainda, alguns anos?
Porque será que tantos não conseguem nem mesmo ver o que está acontecendo diante de nossos olhos?
E você, consegue ver?
Veja os sinais...
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

O CÓDIGO DA BÍBLIA E A ELEIÇÃO DE TRUMP...


Bem, espero que não me apedreje ainda, mas sim, eu acredito no "Código da Bíblia".
Desde que li o primeiro livro sobre os experimentos do matemático israelense Eliyahu Rips, escrito pelo jornalista americano Michael Drosnin, fiquei fascinado. Já li os outros dois...
A possibilidade de encontrarmos no texto hebraico bíblico original a revelação da eterna Sabedoria e Presciência de Deus, escondendo e revelando informações sobre pessoas e fatos importantes da história da humanidade, era por demais de espetacular...
Escondidos no meio do texto bíblico, cifrados por uma fórmula numérica impossível de ser descoberta até nossos dias, apenas com computadores de alta capacidade de processamento, estavam os principais fatos da nossa história.
Embora a lógica original tivesse sido descoberta supostamente por Isaac Newton, que teria percebido que a palavra TORA (Lei em hebraico) aparecia no texto hebraico original do pentateuco em saltos simétricos de determinado número fixo de letras, era possível com recurso de cálculos manuais...
A origem da descoberta veio pela observação que a palavra TORA aparecia em seu sentido normal de leitura em Gênesis e Êxodo, no sentido reverso em Números e Deuteronômio, e centralizada em Levíticos, apontando assim para a centralidade da Lei nos cinco livros de Moisés. 
Algo impossível para a mente humana fabricar ou falsificar, pois esta disribuição das letras ocorre com no meio das palavras que compõe o texto narrativo original...
Os autores do livro divulgaram a descoberta que fatos relevantes da história estavam escondidos da mesma maneira, e registraram a fórmula matemática de saltos equidistantes após se sujeitarem a exames feitos por matemáticos e outros, que poderiam autenticar o experimento.
Sei que muitos de vocês já conhecem o "Código da Bíblia", mas como nem todos conhecem, optei por fazer esta breve introdução.
Sei que muitos torcem o nariz para isso, e respeito. Sei que é tema controverso...
Mas eu acredito, porque entendo que apenas a insondável e inalcançável mente do Senhor poderia esconder fatos históricos em meio ao texto da Palavra, milhares de anos antes de acontecerem!
Sim, esta descoberta reforça o meu entendimento da grandiosidade da Sabedoria do Senhor, e confirma que Ele reina sobre todas as pessoas, as que nEle creem e as que o rejeitam e até mesmo blasfemam, bem como sobre todos os eventos ao longo de toda a história da humanidade...
Mas até então, o autor do livro e descobridor do Código e outros rabinos especialistas no sistema, conseguiam apenas comprovar que fatos passados já estavam registrados antes que acontecessem...
Mas o desejo do homem de saber o futuro, fez com que todos passassem a tentar prever o futuro, misturando kaballah e outros recursos, o que, com certeza, não é o que deveriam fazer diante de Deus, Tentaram transformar o Código em uma "bola de cristal" ou um "orãculo"....
E até então não conseguiam, e muitas previsões falharam, porque não era possível administrar todas as variáveis futuras para fazer “perguntas” para o texto hebraico original.
E eu nem creio que esta é a idéia do Senhor, permitir ser possível prever o futuro desta maneira...
Creio que apenas a profecia bíblica deve ser estudada e compreendida em seu texto literal bíblico.
Também creio que pela revelação dO Espírito Santo, o que está no texto e já está disponível para entendermos em nossos dias, recebemos... O que somente será liberado mais adiante, aguardamos...
Mas parece que para esta eleição, assunto que, embora importante para o mundo, é secundário diante da profecia do Senhor para o futuro próximo, foi liberada uma descoberta! Ou não?
Mesmo que não seja Deus o Autor deste código, e esta profecia seja um chute, bem, o fato é que o rabino Mattihayu Glazerson fez, supostamente, a descoberta da previsão da vitória de Trump no código da Bíblia em julho deste ano... Quando parecia impossível prever tal vitória. Será?

Em vídeo publicado em 6 de julho, o Rabino já apontava a vitória de Trump pelo "Código"

Por algum motivo, O Senhor permitiu esta descoberta vir à luz....
Descoberta que não altera em nada a profecia bíblica clássica e inspirada pelo Espírito Santo, revelada nos livros proféticos da Bíblia, que podem ser lidos de maneira normal, por qualquer pessoa, e não por códigos que poucos podem entender e manusear...
Sim, uma coisa não tem nada a ver com a outra...
Mas, mesmo que seja uma fraude este experimento do rabino postado em julho apontando a vitória de Trump, até ontem a maioria dos formadores de opinião e especialistas americanos, predominantemente davam a vitória de Hillary como certa...
O que será que aconteceu?
Talvez Hillary pregando abertamente o aborto como politica pública e plataforma de seu governo, e deixando claro que pessoas "teriam que mudar sua convicção religiosa" acerca do fato, passou do ponto diante de Deus...


"RELIGIOUS BELIEFS HAVE TO BE CHANGED"...
Hillary: "Crenças religiosas precisam ser mudadas"... Pergunto: Até que ponto? Qual agenda?

Até porque quem teria que mudar sua fé, seriam, obviamente, os cristãos...
Sim, nenhum dos dois é candidato “santo”, mas parece que ela passou do ponto com todo o conteúdo dos seus e-mails investigados (?) pelo FBI, e, no caso específico que destaco, com esta declaração que afronta muito mais a "crença religiosa" que deveria ser predominantemente defendida pelos cristãos que creem na Palavra de Deus, e sabem que aborto é assassinato de bebês.
E o que vai acontecer agora?
Bem, Trump tem uma posição muito importante e profética para nós que cremos na Bíblia!
Ele apóia a tese de Jerusalém ser a capital de Israel, mesmo em um momento em que a UNESCO, de maneira ridícula e vergonhosa, diz que Israel não tem nada a ver com os sites históricos do Monte do Templo, do muro das Lamentações além de outros locais... 
Uma decisão sem amparo histórico nem bíblico, mas "normal" para organismos ligados à ONU, sempre em sua constante posição anti Israel...
Sim, esta posição pró Israel e "profética" de Trump é bem melhor que a de Obama e Hillary que preferiam a divisão de Israel em Jerusalém para que venha a ser metade capital de Israel, metade do Estado Palestino, contrariando frontalmente a vontade do Senhor... 
Embora saibamos que esta divisão vá acontecer em algum e seja uma das principais causas do Juízo que virá...

Joel 3:2 "... congregarei todas as nações e as farei descer ao vale de Josafá; e ali entrarei em juízo contra elas por causa do meu povo e da minha herança, Israel, a quem elas espalharam por entre os povos, repartindo a minha terra entre si."

O Senhor prometeu abençoar os que abençoam Israel, e amaldiçoar os que o amaldiçoam... 
Ainda que Israel de hoje não seja mais o povo original espiritualmente dos áureos tempos bíblicos, esta palavra do Senhor ainda está válida...
O rabino também já vê Trump como um “tipo” do Rei Persa Ciro, a quem O Senhor desperta em Isaías 45 para apoiar o povo de Israel a construir o seu segundo templo... será que Trump terá este papel nestes dias para apoiar a reconstrução do terceiro? Neste caso, que papel seria este?
Se isso for assim, estaríamos já em um período "pré Grande Tribulação"? Será?
Bem, o que sei é que neste ano de 5777 segundo o calendário hebraico, teremos Trump tomando posse exatamente no dia em que completará 70 anos, 7 meses e 7 dias!
E ele é uma "trombeta" (Trump) ressoando pelas nações hoje...reações das mais diversas ecoam...
Afinal, lembro que estamos às portas do interessante ano de 2017, conforme escrevi aqui, ano que não, não será do fim do mundo, mas sim, será um ano importante e profético para observarmos tudo o que possa acontecer em relação a Israel, pois a maioria das datas lhe dizem respeito...
Ou não?
Afinal, apenas a título de mais uma curiosidade interessante, pouco antes do início do ano, teremos uma Super Lua agora em Novembro, em meio a três super luas em três meses, algo absolutamente raro...E mais raro ainda será a maior em quase 70 anos, ou seja, a última foi em 1948...
E que ano interessante e profético este de 1948, quando Israel voltou a existir como nação!
Israel, nação que segue o calendário lunar, que celebra as festas do Senhor a partir da observação da lua, e que tem como seu tipo bíblico a lua...
Sim, a super lua deste mês é mais uma coincidência...
Ou Deus está procurando chamar a atenção de Israel?
Até por que o período da grande tribulação vindouro é conhecido na Palavra como a "angústia de Jacó", ou seja, será um período em que O Senhor encerra a época da graça, que diz respeito à Igreja, e volta a tratar com Israel, até o Juízo...
Bem, não há como saber ainda... precisamos aguardar e acompanhar.
O que digo sempre é que temos muitas coisas para observar, pois muitas coisas estão acontecendo diariamente que parecem fazer parte do cenário profético.
Você não consegue ver?
Veja os sinais!
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

OS PODERES DOS CÉUS SERÃO ABALADOS!


A interpretação alegórica usada para entender o livro do Apocalipse teve seu lugar anos atrás, quando, porque ainda não era tempo, poucas coisas aconteciam no cenário profético.
Israel nem mesmo havia voltado a existir enquanto nação, e, portanto, o cenário dos últimos dias não estava pronto. Seus protagonistas não podiam ainda aparecer em cena.
Além disso, porque algumas das coisas escritas no livro eram incompreensíveis e até mesmo impossíveis aos olhos das pessoas que viveram dezenas ou centenas de anos atrás, é compreensível a origem e desenvolvimento desta escola de estudo profético.
Falar naqueles dias, por exemplo, de um terremoto que muda ilhas e montes de lugar, parecia algo além da compreensão daqueles irmãos que estudavam nos tempos antigos.Se alegórico, viável...
Entretanto, para nós que hoje sabemos pela tecnologia de GPS que sim, isso é possível, este detalhe profético ganha novas cores, e nos leva a ficarmos ainda mais maravilhados com a Sabedoria do Senhor, "que anuncia o fim desde o princípio"... 
E nos fortalece a convicção ao comprovar verdades bíblicas proféticas escritas há dois mil anos, pela tecnologia disponível em nossos dias.
Quero enfatizar este ponto, porque há um conceito que tem aquecido meu coração nos últimos dias que é exatamente este que dá o título ao post. 
A declaração de Jesus, sobre aqueles dias futuros, quando “... os poderes dos céus serão abalados”...
Esta frase do Senhor dita há dois mil anos, explicando o que vai acontecerem algum momento futuro, é impressionante e assustadora!
Mas também, científica, como podemos entender apenas em nossos dias...

Lemos sobre este momento em Mateus 24:29 e Marcos 13:24 com quase a mesma redação:
Mateus 24:29 “Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados”.
Marcos 13:24 “Mas, naqueles dias, após a referida tribulação, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados”.

Já Lucas explica com mais clareza, e nos dá mais detalhes:
Lucas 21:25-26 “Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; sobre a terra, angústia entre as nações em perplexidade por causa do bramido do mar e das ondas; haverá homens que desmaiarão de terror e pela expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo; pois os poderes dos céus serão abalados”.

Aqui vemos que O Senhor diz que todas estas coisas relatadas no verso se darão porque “os poderes dos céus serão abalados”!
Gosto de comparar textos bíblicos que tratam de um mesmo assunto para encontrar mais informações sobre um tema. Se compararmos a frase de Jesus com este texto de Habacuque, teremos a impressão que, além de escurecerem, o sol e a lua vão passar por uma paralização em sua órbita, o que, com certeza, afetará outros planetas de nosso sistema.
Poderes do “nosso céu” sendo abalados...
Leia o texto de Habacuque falando, no contexto da ira, que o sol e a lua vão parar!

Habacuque 3:11 “O sol e a lua param nas suas moradas...”.

Veja que Jó também, de alguma maneira, já tinha esta revelação!
Jó 9:5-7 “Ele é quem remove os montes, sem que saibam que ele na sua ira os transtorna; quem move a terra para fora do seu lugar, cujas colunas estremecem; quem fala ao sol, e este não sai, e sela as estrelas.”

Ele fala de montes e a própria terra removidos de seus lugares, e o sol nem mesmo sai!
Sei que você pode achar isso apenas uma figura de linguagem usada por Habacuque e Jó, mas não será possível quando comparamos estes textos com o de Isaías:

Isaías 28:21 “Porque o SENHOR se levantará, como no monte Perazim, e se irará, como no vale de Gibeão, para realizar a sua obra, a sua obra estranha, e para executar o seu ato, o seu ato inaudito”.

Você sabe ou lembra o que aconteceu em Gibeão?
Vamos para Josué 10:12-13 “Então, Josué falou ao SENHOR, no dia em que o SENHOR entregou os amorreus nas mãos dos filhos de Israel; e disse na presença dos israelitas: Sol, detém-te em Gibeão, e tu, lua, no vale de Aijalom. E o sol se deteve, e a lua parou até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está isto escrito no Livro dos Justos? O sol, pois, se deteve no meio do céu e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro”.

Sim... o Senhor no Juízo (este é o contexto do texto profético de Isaías) Se levantará como em Gibeão, na espetacular batalha liderada por Josué, quando o sol e a lua pararam nos céus!
Ou seja, o que lemos em Habacuque fala sobre algo que vai acontecer, porque o mesmo foi profetizado por Isaías, referenciando o que já aconteceu nos dias de Josué, acerca do tempo do Juízo.
O sol e a lua serão LITERALMENTE parados...
Sim, por que ambos serão parados, entendemos que os poderes dos céus serão abalados! 
E esta será a causa do que acontecerá na terra! Veja o texto de Isaías:
Isaías 13:13 “Portanto, farei estremecer os céus; e a terra será sacudida do seu lugar, por causa da ira do SENHOR dos Exércitos e por causa do dia do seu ardente furor”.

A ordem dos atos é clara: Porque os céus são abalados, a terra sofrerá as consequências, a tal ponto, que será sacudida do seu lugar.” 
Não faz sentido pensar que algo aconteça na terra e afete os céus... 
Mas faz todo o sentido saber que o que acontece nos céus afeta a terra. 
Afinal, o sol e a lua influenciam a terra, fisicamente, de diversas maneiras. 
O campo magnético dos demais planetas também. Tudo está interligado, como sabemos hoje, mas estes profetas não sabiam antes, senão pela revelação do Espírito Santo de Deus!
Veja então, que, se prestarmos atenção em todos estes textos reunidos, vamos entender que, antes de acontecer algo aqui, algo acontecerá nos céus, com o sol, a lua e as estrelas. 
Os poderes dos céus serão, de alguma maneira, abalados!
E depois, como consequência disso, algo acontecerá na terra...
Este fato astronômico será observável na terra, por astrônomos, físicos e outros...
E este fato astronômico permitirá que os especialistas da terra entendam a tragédia que virá!
E quando virá... quanto tempo teremos antes de sermos atingidos por seus efeitos... 
Semanas? Dias? Horas?
Organizar a sequência de eventos assim nos torna mais fácil entender como será possível que as multidões já estarão apavoradas pelas ondas do mar, e estarão todos nos montes escarpados e lugares altos do planeta para se proteger do que virá!
Aliás, multidão que reunirá desde reis e até mesmo escravos. Sim, todas as classes sociais, e todos procurando se esconder, porque sabem que algo os alcançará!
O que poderia produzir um evento assim, senão a certeza, dada pela mídia, de que não haverá o que fazer para impedir uma catástrofe, e que todos deverão procurar abrigo em lugares altos?
Claro também que, em minha opinião, neste momento muitos da “elite” irão para seus bunkers, pois estes se prepararam já, por muito tempo, para este momento...
Leia o texto de Apocalipse 6:12-17 “Vi quando o Cordeiro abriu o sexto selo, e sobreveio grande terremoto. O sol se tornou negro como saco de crina, a lua toda, como sangue, as estrelas do céu caíram pela terra, como a figueira, quando abalada por vento forte, deixa cair os seus figos verdes, e o céu recolheu-se como um pergaminho quando se enrola. Então, todos os montes e ilhas foram movidos do seu lugar. Os reis da terra, os grandes, os comandantes, os ricos, os poderosos e todo escravo e todo livre se esconderam nas cavernas e nos penhascos dos montes e disseram aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós e escondei-nos da face daquele que se assenta no trono e da ira do Cordeiro, porque chegou o grande Dia da ira deles; e quem é que pode suster-se?”

Bem, meu objetivo não é assustar você, mas sim, alertar todos quantos eu puder alertar para o fato que as palavras de Jesus são literais, e que sim, O Juízo virá.
Que sim, muita coisa vai acontecer com o planeta terra, e que estes eventos serão uma consequência do que acontecerá nos céus!
Talvez, algo que possa ser percebido até mesmo com alguma antecedência maior, se for causado por algo que não faz parte do cenário normal...
Algo como um corpo celeste novo, (ou "antigo'?), embora desconhecido...
Lembre-se que quando Jesus nasceu, houve uma convergência astronômica tão especial e única nos céus, que os magos astrônomos, acostumados a observar o céu, souberam que algo tinha acontecido!
Sabiam que o filho de um Rei havia nascido, porque “viram Sua estrela no céu...”!
Considere que, provavelmente, enquanto Jesus estava na cruz do Calvário, um fato astronômico estranho também aconteceu, pois é impossível haver um eclipse com 3 horas de duração...
Mateus 27:35 “Desde a hora sexta até à hora nona, houve trevas sobre toda a terra”.

Algo escureceu o sol, e não foi a lua, porque escureceu toda a terra por 3 horas!
Claro está que estamos falando que ocorreu um fenômeno astronômico. Não acha?
Posso então, por inferência pensar que em Sua vinda, haverá algo espantoso no céu... ou não?
Bem, eu penso que sim...

Avançando no conteúdo deste post...
Lucas, em seu relato tão preciso, nos relata no mesmo capítulo, depois de apresentar a declaração de Jesus sobre o fato que os poderes dos céus serão abalados, nos dá outra informação importante!
E uma promessa associada a uma exortação!
A informação importante é que não, Ele não vai manter o céu e a terra como os conhecemos.
A terra e o céu vão passar... mas As Suas Palavras não passarão! Aleluia!
Mas com muita clareza Ele adverte aos que nEle cremos a cuidarmos de nossas vidas, do nosso coração, para não amarmos nem o pecado nem o mundo...
Porque?
Porque apenas os que agirem assim serão pegos de surpresa naquele Dia!
Os que vigiarem, estarão seguros!
Lucas 21:33-36 “Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão. Acautelai-vos por vós mesmos, para que nunca vos suceda que o vosso coração fique sobrecarregado com as consequências da orgia, da embriaguez e das preocupações deste mundo, e para que aquele dia não venha sobre vós repentinamente, como um laço. Pois há de sobrevir a todos os que vivem sobre a face de toda a terra. Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem”.

Veja que no fim do texto encontramos esta importante promessa, que é uma exortação!
Vigiar e orar para poder escapar de todas estas coisas que vão acontecer!
Será que isso significa que quem não vigiar e orar não vai escapar?
Bem, vamos por partes...
A palavra grega para “possais” de “possais escapar”, poderia ser melhor traduzida como “dignos” de escapar!
Para que isso fique bem claro, porque é muito importante, veja o que nos apresenta o comentarista STRONG: A palavra traduzida como “possais” é a palavra grega καταξιοω “kataxioo” de 2596 e 515 v 1) considerar digno, julgar digno, dignificar

Na verdade, a King James em inglês usa a palavra “digno” de escapar!
“Watch ye therefore, and pray always, that ye may be accounted worthy to escape all these things that shall come to pass, and to stand before the Son of man”.

A Amplified Bible também...
“Keep awake then and watch at all times [be discreet, attentive, and ready], praying that you may have the full strength and ability and be accounted worthy to escape all these things [taken together] that will take place, and to stand in the presence of the Son of Man”.

A Reina Valera também...
“Velad pues, orando en todo tiempo, que seáis tenidos por dignos de evitar todas estas cosas que han de venir, y de estar en pie delante del Hijo del hombre”.

A Almeida Corrigida e Revisada também...
“Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem”.

Porque isso é tão importante? Porque há uma exortação clara dada por Jesus, que é contrária a muito do que se tem ensinado por aí...
Não parece que o arrebatamento que livra de “todas estas coisas que virão” é para todo e qualquer cristão. O arrebatamento, aparentemente, não faz parte do “pacote da salvação”, senão que é apenas para aqueles que estão vigiando e orando, e assim são achados dignos de escapar...
Veja Paulo aos Tessalonicenses, falando praticamente as mesmas coisas que Jesus falou!
I Tessalonicenses 5:4-11 “Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que esse Dia como ladrão vos apanhe de surpresa; porquanto vós todos sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite, nem das trevas. Assim, pois, não durmamos como os demais; pelo contrário, vigiemos e sejamos sóbrios. Ora, os que dormem, dormem de noite, e os que se embriagam é de noite que se embriagam. Nós, porém, que somos do dia, sejamos sóbrios, revestindo-nos da couraça da fé e do amor e tomando como capacete a esperança da salvação; porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos em união com ele. Consolai-vos, pois, uns aos outros e edificai-vos reciprocamente, como também estais fazendo”.

Jesus nos convida a sermos achados dignos de escapar... Escapar do que?
Do que estarão vendo que vai acontecer... o movimento todo, primeiro nos céus, e depois, na terra... as informações do que irá acontecer em seguida com o planeta...
Lucas 21:28 “Ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça; porque a vossa redenção se aproxima”.

Sim, de alguma maneira vamos poder perceber que O Dia se aproxima!
E devemos levantar nossa cabeça para ver que Jesus vai aparecer nos céus, com seus anjos, neste momento! E precisamos estar preparados... vigiando... orando... crendo!
Sim, precisamos estar atentos!
Em comunhão com Cristo, santificando a vida, confessando pecados, e pregando para os que estiverem à nossa volta!
Porque? Quem não agir assim, embora salvo não será arrebatado?
Bem, os textos que apresento aqui dão esta impressão.
Ou não?
Agora pergunto... quem teria interesse em desafiar este texto, e decidir que “não tem nada a ver, vivo como quero, e Jesus vai me levar naquele dia mesmo assim, porque sou salvo”...
Bem, me parece que apenas quem é tão carnal que acha que é tão bom que merece ser poupado da tribulação apenas porque acha que é salvo...
Será mesmo?
Por outro lado, creio que quem tem temor real diante do Senhor, que sabe que precisa avançar em seu processo de santificação por que esta é a vontade do Senhor, entenderá perfeitamente o que estou falando aqui.
E saberá que mesmo que eu esteja errado, esta é a melhor maneira para se viver, porque produz eterno peso de glória, redunda em galardão eterno, tesouros eternos que glorificarão a Cristo, O Senhor, naquele Dia!
Bem queridos... parece que as coisas vão acelerando à nossa volta.
Dia a dia... Sinais no céu, mudanças, informações...
Tudo parece mudar.
Você não consegue ver?
Veja os sinais...
Deus abençoe!


Haroldo Maranhão

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

AS ELEIÇÕES, AS DISTRAÇÕES E O CURSO DESTE MUNDO


Bem, concluímos parcialmente as eleições de 2016.
Aqui em São Paulo e em alguns lugares a eleição já foi decidida, mas em outros lugares haverá segundo turno.
Para muitos, a sede de mudanças foi saciada.
Para outros, o gosto amargo.
Para outros tantos, as eleições passam, pessoas e ideologias são trocadas, mas permanece a clara sensação de que “nada muda”... 
Entre os quais me enquadro, como eu creio já há algum tempo.
Afinal, nas últimas quatro décadas já tivemos aqui anos de direita e anos de esquerda...
Hoje já nem sei mais se temos direita aqui.
Quando eu era adolescente, o que hoje é considerado direita, era esquerda... E hoje a direita quase que nem existe mais aqui. Ou existe?
Alguns dirão que sim, e dirão que estou errado... Outros discordarão.
Pouco importa...
O que sei é que todos presidentes deste país já foram substituídos de seus cargos em meio a grande clamor popular por mudanças, que levaram a cabo tais mudanças...
Alguns lembram. Outros sabem. Alguns nunca ouviram ou leram... mas foi algo assim.
Já tivemos desde que existo: Abaixo a ditadura. Diretas já. Fora Sarney. Fora Collor. Fora Itamar. Fora FHC. Fora Lula. Fora Dilma. E já se ouve fora Temer...
Já tivemos até dois impeachments neste curto prazo...
Daqui a seis anos, tenho certeza, ouviremos: Fora “fulano” (quem quer que seja)...
E minha convicção aprofunda em que os sistemas políticos e/ou ideológicos são absolutamente insuficientes para resolver os problemas das pessoas em suas expectativas, porque não há poder em governos humanos para mudar o mundo em nenhum lugar do planeta, pouco importando a ideologia! Porque?
Bem, eu fundamento esta minha posição neste texto:
“... nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais”. Efésios 2:2-3
Sim, esta minha convicção “política” (polêmica, concordo) tem sido formada com base neste texto (entre outros) em que lemos a revelação de Paulo que o nosso mundo tem um “curso”...
E este “curso” teve seu início no Éden, ou para ser preciso, do lado de fora do Éden, no momento imediato em que o homem foi expulso do Jardim pelo seu pecado.
E este curso leva tudo e todos deste sistema onde nascemos para a perdição, para longe de Deus... para a morte. Sim, este curso arrasta toda a humanidade, composta por filhos dos filhos dos filhos dos filhos de Adão e Eva...
Que são chamados por Paulo no verso de “filhos da desobediência”, e também “filhos da ira”, os quais seguem o “príncipe da potestade do ar” e são influenciados por este espírito.
Quer creiam ou não creiam, entendam ou não entendam, saibam ou não saibam.
Estão no mesmo lugar em que andávamos os que hoje somos de Cristo, não por que somos melhores que alguém... na verdade somos os piores, mas entendemos isso...
E agora, arrependidos, perdoados e convertidos, somos chamados a um esforço intenso e constantes para nos movermos no sentido contrário do “curso” deste mundo....
Sim, toda a humanidade nasce imersa neste “curso”, cujas “águas espirituais” conduzem a tudo e a todos para o Juízo, para a Ira de Deus, a ser derramada no fim dos tempos.
Sim, os filhos da desobediência que permanecerem sendo levados pelo “curso deste mundo” não tem esperança e nem percebem... vivem a vida diária natural, e discutem seus grandes temas como se isso fosse tudo... mas estão caminhando ao encontro da a ira de Deus; pois suas práticas diárias os conduzem a isso. Paulo tratou disso repetidas vezes:
“Ninguém vos engane com palavras vãs; porque, por essas coisas, vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência”. Efésios 5:6
“... por estas coisas é que vem a ira de Deus [sobre os filhos da desobediência].” Colossenses 3:6
Recomendo que leia o contexto destes versos.
E sim, estas pessoas em meio a suas discussões buscam encontrar soluções para consertar o que veem de errado através de soluções humanas e naturais, como por exemplo, filosofias, ideologias e valores, sistemas e, claro, propondo mudanças em meio a debates, conflitos, lutas, e até revoluções, conforme seu pensamento, valores e limites.
Assim, já vimos ao longo dos anos, ascensão e queda de monarquias, impérios, ditaduras, democracias. Em meio a tantas guerras e revoluções, com grupos procurando estabelecer a supremacia de seu determinado pensamento.
Fica claro pelos textos bíblicos que o príncipe da potestade do ar, satanás, continua conduzindo a humanidade a seu termo...
E fica claro que ele atua assim, desde o princípio da história da humanidade, quando o “pecado entrou por um homem, e pelo pecado a morte”... (Romanos 5:12).
E ele vem conduzindo o mundo, ao longo do tempo, inspirando, seduzindo e enganando os “filhos da desobediência”, sem que estes nem mesmo percebam, para a perdição.
E uma das práticas de satanás nesta condução da história se dá quando ele ou um de seus espíritos do engano ocupam o lugar por trás das cadeiras ou tronos dos governantes...
E assim farão em qualquer sistema de governo, até que sejam todos julgados e destituídos desta posição, naquele Dia! Veja nos textos a seguir:
Isaías 24:21 “Naquele dia, o SENHOR castigará, no céu, as hostes celestes, e os reis da terra, na terra”.
Salmo 110:5 “O Senhor, à tua direita, no dia da sua ira, esmagará os reis”.
Mais claro ainda como em Isaías 14:4 em diante, quando fala com o rei da Babilônia, mas com o próprio satanás “por trás dele”, e ainda em Ezequiel 28 quando fala do príncipe de Tiro, o rei de Tiro, e novamente Lúcifer “por trás deles”...
Todos estes textos mostram uma “simbiose de poder” espiritual “mesclado” com poder natural, e um duplo cumprimento de juízo vindouro aos governos humanos e ao governo espiritual por trás deles.
Modelo simbiótico que terá seu ápice no futuro governo global do anticristo, conforme lemos em Apocalipse 13:2-4.
E isso ocorre porque a origem dos governos humanos teve seu início em rebelião ao governo do Senhor como Rei! Até mesmo Israel agiu assim quando rejeitou os filhos de Samuel. Veja:
I Samuel 8:6-7 “Quando, porém, disseram: “Dá-nos um rei para que nos lidere”, isso desagradou a Samuel; então ele orou ao Senhor. E o Senhor lhe respondeu: “Atenda a tudo o que o povo está lhe pedindo; não foi a você que rejeitaram; foi a mim que rejeitaram como rei”.
Mas sim, embora satanás esteja por trás de sistemas de governos influenciando os governantes humanos, todos eles recebem autoridade dada por Deus para exercerem seus governos, mesmo que malignos.
Romanos 13:1 “​ Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas”.
Sim, até mesmo Pilatos, como exemplo mais contundente, foi estabelecido em posição de autoridade por Deus, para crucificar a Seu Filho! E foi declarado pelo próprio Jesus em Sua última conversa com Pilatos.
João 19:8-11 “Pilatos, ouvindo tal declaração, ainda mais atemorizado ficou, e, tornando a entrar no pretório, perguntou a Jesus: Donde és tu? Mas Jesus não lhe deu resposta. Então, Pilatos o advertiu: Não me respondes? Não sabes que tenho autoridade para te soltar e autoridade para te crucificar? Respondeu Jesus: Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fosse dada; por isso, quem me entregou a ti maior pecado tem”.
Sim, os governos humanos seguem o curso deste mundo, mas cumprem a vontade de Deus, porque Ele reina mesmo sobre os que O rejeitam, zombam, desobedecem!
Tremendo isso, não?
Bem, meu ponto hoje é que este nosso mundo não vai melhorar através de nenhum modelo político, pois não haverá justiça social nem solução completa para o bem-estar das pessoas através de nenhum sistema humano de governo.
Este mundo não tem recuperação, pois a Bíblia diz!
Deus vai precisar reconstruir o mundo como o conhecemos, e o fará, porque vai julgar este sistema antes de refazer e restaurar todas as coisas segundo Seu projeto original!
“Esperando e apressando a vinda do Dia de Deus, por causa do qual os céus, incendiados, serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão. Nós, porém, segundo a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, nos quais habita justiça”.
II Pedro 3:12-13
Sim, naquele Dia a Sua Santidade e Seus atos de Justiça serão manifestos!
“Quem não temerá e não glorificará o teu nome, ó Senhor? Pois só tu és santo; por isso, todas as nações virão e adorarão diante de ti, porque os teus atos de justiça se fizeram manifestos”. Apocalipse 15:4
Enquanto não chegamos naqueles Dia, a Igreja de Jesus Cristo que está no mundo, mas não é do mundo, é responsável por anunciar este Reino vindouro, e trabalhar em sua preparação...
Se não entendermos que este é o nosso papel, vamos nos frustrar com Deus quando ele não melhorar este mundo através da troca dos governantes...  Seremos iguais aos demais...
Se não entendermos nosso papel, vamos focar no que não devemos, ou seja, no passageiro.
Se não entendermos nosso papel, não vamos fazer o que devemos, ou seja, pregar O Reino eterno!
Sim, em relação a este mundo, nós devemos ser sujeitos as autoridades (Romanos 13:1-2), obedientes aos que governam (Tito 3:1-2) e sujeitos às instituições de governo (I Pedro 2:13-14). Devemos orar pelos governantes de qualquer ideologia que estejam no poder! (II Timóteo 2:1-4). Devemos escolher os melhores candidatos para votar, e cumprir nosso papel...
Mas em relação a Deus, enquanto no mundo, devemos entender que não somos daqui.
Nossa cidadania é maior... nosso papel é outro. Veja a declaração clara e explícita de Jesus!
“Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal. Eles não são do mundo, como também eu não sou. santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade”. João 17:15-17
Veja a revelação do Apóstolo Paulo!
“Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas”; Filipenses 3:19-20
Sim, nossa Pátria está nos céus, e não aqui...
Qual deve ser o nosso foco?
Veja o que Jesus está fazendo até hoje, usando o casamento por figura: “Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito”. Efésios 5:25-27
Sim... precisamos nos entregar a Cristo para sermos preparados e aceitos como Sua Noiva!
Precisamos que Ele nos purifique pela Palavra, para estarmos prontos para aquele Dia!
Não vamos transformar o mundo pela política ou ideologia mas precisamos fazer parte da Sua obra de transformação espiritual das pessoas que quiserem, pela pregação do evangelho, para que a vida de Cristo se manifeste naqueles que O receberem.
É nisso que devemos investir toda a nossa energia e força.
Não perca tempo na discussão de política, ideologia ou sistemas de governo mesmo que a sua preocupação sincera seja justiça social real e duradoura... Pregue o evangelho!
“Alegremo-nos, exultemos e demos-lhe a glória, porque são chegadas as bodas do cordeiro, cuja esposa a si mesma já se ataviou, pois lhe foi dado vestir-se de linho finíssimo, resplandecente e puro. Porque o linho finíssimo são os atos de justiça dos santos”.
Apocalipse 19:7-8
Sim, precisamos praticar toda sorte de atos de justiça para estarmos corretamente vestidos naquele Dia.
Entenda que o mundo que conhecemos não tem solução.
Será julgado, condenado, destruído e refeito!
Mas para as pessoas que vivem no mundo há uma única esperança!
A salvação eterna em Jesus Cristo!
Nós, como parte da igreja de Cristo devemos ter uma visão única. Um objetivo único...
Focar nesta pregação para aquele Dia!
Além de nos preparar, preparar as pessoas para aquele Dia. Nada é mais importante!
Este é o chamado daqueles que estão em Cristo!
Queridos, as trevas já têm nos apresentado distrações demais...
As discussões políticas e ideológicas que entraram dentro da igreja são apenas mais uma...
Não faz sentido entrar nas discussões deste sistema político pois fazemos parte de um Sistema mais alto! Somos chamados a nos manifestar como cidadãos do Reino Eterno do Senhor!
II Pedro 1:3-11 “Visto como, pelo seu divino poder, nos têm sido doadas todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude, pelas quais nos têm sido doadas as suas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas vos torneis co-participantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo, por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento; com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade; com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor. Porque estas coisas, existindo em vós e em vós aumentando, fazem com que não sejais nem inativos, nem infrutuosos no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo. Pois aquele a quem estas coisas não estão presentes é cego, vendo só o que está perto, esquecido da purificação dos seus pecados de outrora. Por isso, irmãos, procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação e eleição; porquanto, procedendo assim, não tropeçareis em tempo algum. Pois desta maneira é que vos será amplamente suprida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo”.
Não rebaixe seu chamado e sua posição, em Nome de Jesus!
Tudo isso são artimanhas do inimigo para nos distrair, dividir, e sobrecarregar...
Você não consegue ver?
Veja os sinais...
Deus abençoe.


Haroldo Maranhão